Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

10 lições de grandes investidores para você investir melhor

Nada como acompanhar quem já tem prática, para aprender a fazer melhor ainda – e o mesmo vale quando falamos de finanças. Pensando nisso, apresentamos lições de grandes investidores, para que você fique ainda mais seguro na hora de aplicar o seu dinheiro.

Veja como os maiores investidores trabalham e aplique essas dicas na sua gestão!

Harry Max Markowitz

Markowitz é o criador da teoria moderna de portfólio de investimentos, pela qual recebeu o Prêmio Nobel de Economia em 1990. Essa teoria revolucionou a elaboração das carteiras, com base na busca pelo melhor retorno aliado à menor exposição ao risco possível.

É dele a primeira lição que apresentamos aqui.

1. Não pulverize

Markowitz alerta para a importância de diferenciar diversificação de pulverização. A pulverização ocorre quando o investidor espalha o dinheiro em ativos com comportamentos similares e de alta correlação.

Essa não é uma estratégia inteligente, já que um problema no mercado financeiro afeta a carteira como um todo, impactando os rendimentos.

Para diversificar, os ativos devem ter baixa correlação. Assim, uma crise em determinado setor impacta apenas uma parte do seu capital, e o resto se mantém protegido.

Warren Buffett

Com uma fortuna estimada em mais de 100 bilhões de dólares, conhecer a história e o método de investir de Buffett é indispensável para quem quer aumentar o patrimônio.

O filantropo americano traz dois conhecimentos importantes para os investidores.

2. Foque no longo prazo

Buffett acredita muito no poder dos juros compostos e em como o dinheiro pode se multiplicar quando aplicado em bons ativos, por bastante tempo.

Assim, ele defende que é possível esperar por retornos consistentes no futuro, desde que sejam tomadas as decisões corretas.

Buffett também fala que os acionistas devem ter a postura de sócios das empresas, mesmo que tenham adquirido uma pequena cota. A análise deve ser feita como se a compra fosse da empresa toda.

3. Vá contra a corrente

Uma das atitudes mais difíceis do investidor é adotar uma postura contrária à da maioria.

O mercado tende a alternar momentos de otimismo e pessimismo, o que impacta os valores dos ativos, e Buffett defende que é preciso identificar oportunidades e assumir um posicionamento diante dessas oscilações.

Essa postura pode abrir oportunidades de aquisição de ativos que estejam na baixa, por exemplo.

George Soros

George Soros, conhecido como um especulador com perfil extremamente arrojado, é um investidor disposto a correr riscos e que conhece as ameaças do mundo das ações.

Soros traz conhecimentos importantes sobre como proteger o investimento e se comportar diante dos altos e baixos do mercado.

4. Diversifique os seus investimentos

Justamente por ser um investidor muito agressivo, Soros é um fiel praticante do lema “não coloque todos os ovos na mesma cesta”.

Ele sabe muito bem como diversificar os investimentos, estratégia que você já conhece para diluir ainda mais a margem de perdas.

5. Controle as suas emoções

Outro aspecto essencial em um grande investidor, e muito bem dominado por George Soros, é o controle das próprias emoções.

Investir deve ser visto como uma atividade racional. Encará-lo como diversão pode ser um erro para quem quer investir com inteligência e conseguir bons retornos.

Peter Lynch

O norte-americano Peter Lynch foi o gestor do maior fundo de ações do mundo, o Fidelity Magellan Fund. Sob a administração dele, o fundo teve uma média anual de 29% de retorno, um valor bastante interessante.

É dele o sexto ensinamento que apresentamos.

6. Foque no longo prazo

A principal mentalidade adotada por Lynch em investimentos é que o bom rendimento acontece no longo prazo, se o dinheiro estiver aplicado nas empresas certas. Isso acontece graças aos juros compostos.

Para Lynch, os investidores perdem mais dinheiro focando na análise de curto prazo do que nas oscilações do mercado.

Aprendemos com ele que, se você escolher bons ativos, não deve se preocupar com eventuais quedas. A melhor estratégia é deixar o dinheiro ali, pois esses números se recuperam e os juros compostos farão o trabalho de aumentar o seu patrimônio.

Luiz Barsi Filho

Barsi Filho é atualmente um dos maiores investidores brasileiros e sua metodologia é bem adaptada à realidade nacional. Por isso, vale a pena conferir dois importantes ensinamentos defendidos por ele.

7. Seja um investidor consistente

Mais de 99% das pessoas que operam na bolsa de valores têm um perfil trader, ou seja, buscam negociar suas ações para obter lucro.

No entanto, quem realmente ganha são os investidores que pensam a longo prazo. As pessoas que avaliam os ativos com profundidade são as que conseguem retornos muito melhores, pois usam critérios objetivos e encaram os investimentos de maneira racional e disciplinada.

8. Desenhe a sua meta

Avalie quanto você pode aplicar e pense no quanto você precisa para alcançar a sua meta. Com base nesses dois pontos, procure identificar papéis dentro do seu perfil de risco, a fim de ter uma noção clara de quanto tempo levará até o retorno esperado.

Lírio Parisotto

Parisotto teve uma verdadeira jornada para se tornar um dos maiores investidores brasileiros. O ex-agricultor, nascido no interior do Rio Grande do Sul, teve como primeiro empreendimento a Videolar, empresa que foi líder no mercado nacional de produção de CDs e DVDs.

Com o capital adquirido por meio desse negócio, Parisotto conseguiu o montante necessário para aplicar na bolsa, acumulando acertos, mas também erros que se tornaram aprendizados.

Confira uma grande lição desse investidor.

9. Evite entrar em IPOs

Os IPOs são as ofertas públicas de ações, que ocorrem quando as empresas abrem seu capital na bolsa.

Como essas empresas chegam com grande publicidade, costumam cobrar mais caro pelas cotas, o que prejudica o investidor iniciante.

Jim Simons

Considerado o “mago” das finanças, Jim Simons fundou a Renaissance Technologies, responsável pela gestão do Medallion Fund, um dos fundos de hedge mais rentáveis da história.

E é justamente esse fundo que traz uma lição importante de investimentos.

10. Adote a análise quantitativa como estratégia

Simons acredita que as decisões sobre investimentos devem ser tomadas com base em uma análise totalmente racional e que cada ativo financeiro segue um padrão de comportamento o qual pode ser explorado pelo investidor, a fim de realizar as melhores escolhas.

Para isso, ele utiliza algoritmos e softwares para identificar os negócios ideais, com foco em dados puros e concretos.

Entenda como a Magnetis pode te ajudar a investir

Apresentamos aqui 10 lições muito importantes para quem quer trabalhar os investimentos com mais propriedade. Mas, ao escolher a Magnetis, você conta com ainda mais vantagens para investir mais e melhor

Com profissionais especializados e alta expertise, aplicamos as melhores práticas à sua carteira. Além disso, temos como aliada uma tecnologia de ponta, capaz de avaliar mais de 20 mil ativos e escolher os mais indicados para o seu portfólio, dentro do seu perfil de investidor e com foco nas suas metas.

Quer fazer o seu patrimônio crescer com inteligência e segurança? Venha conhecer a Magnetis!

Andressa Siqueira, CEA
Andressa Siqueira, CEA

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019, possui certificação CEA pela ANBIMA e trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor