Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Ações Braskem: veja vantagens, projeções e mais!

Fazer a análise antes de investir em ações é fundamental para garantir que você conheça todos os riscos e potenciais de retorno envolvidos. Desta vez, analisaremos as ações da Braskem, uma companhia do ramo químico e petroquímico listada na bolsa de valores.

Confira a seguir o histórico da empresa, a atual situação das ações, as projeções futuras para os papéis e como comprar uma participação na Braskem.

O que são as ações da Braskem?

Comprar uma ação é adquirir uma fatia de uma empresa negociada na bolsa de valores. Comprando essa participação, você se torna sócio minoritário da companhia. No caso da Braskem, você se torna acionista da empresa brasileira de química e petroquímica.

Qual é o histórico da empresa?

A Braskem foi criada em 2002 e é uma das líderes brasileiras no setor de química e petroquímica. O Grupo Odebrecht, no ramo desde 1979, uniu-se ao Grupo Mariani para formar a Braskem a partir de seis petroquímicas. A Petrobras também tem participação na Braskem. 

A presença do Grupo Odebrecht e da Petrobras sugere possíveis riscos políticos, jurídicos e financeiros envolvendo a Braskem. A Petrobras pretende se desfazer de sua participação até o fim de 2020. Essa pode ser uma boa notícia ou apenas mais uma insegurança para seus acionistas quanto ao futuro controle da Braskem.

A companhia se consolidou no mercado de resinas termoplásticas, trabalhando com materiais como polietileno, polipropileno e PVC. A Braskem tem escritórios na América, na Europa e na Ásia. Atende clientes em mais de 70 países e afirma ser a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. 

Qual é a atual situação das ações da Braskem?

A Braskem tem ações negociadas no Brasil, nos Estados Unidos e na Espanha. As ações brasileiras da Braskem são negociadas por aqui na B3, a bolsa de valores brasileira. A Braskem oferece tanto ações ordinárias (ON) quanto preferenciais (PN).

As ações ordinárias, que dão poder de decisão em assembleias com acionistas, são compradas pelo código (ticker) BRKM3. Já as ações preferenciais, que dão preferência na distribuição de dividendos (fatias do lucro direcionadas para os acionistas), usam os códigos BRKM5 e BRKM6

A Braskem viu suas ações se desvalorizarem em relação ao valor registrado em 2019, mas a cotação unitária vem subindo no último mês. Em maio de 2020, cada papel da Braskem custa por volta de R$ 20. No começo de abril de 2020, cada papel rondava os R$ 16,50 (acompanhando a divulgação de seu balanço financeiro de 2019 e do primeiro trimestre de 2020). No começo de 2019, cada papel valia R$ 45.

Qual é o perfil de investidor para essas ações?

Quem opera com ações pode ter duas estratégias. A primeira é negociá-las no mesmo dia(day trade), em alguns dias ou semanas (swing trade) ou em alguns meses (position trade). A segunda é negociar com foco no longo prazo (buy and hold). 

A ação BRKM5 faz parte do Ibovespa, índice que reúne as ações com maior volume de negociação na B3. Isso dá a você mais facilidade de comprar e vender seus papéis, o que se conhece como liquidez. A liquidez é importante para as operações de trade. Já quem quer manter as ações em longo prazo pode ver a distribuição de dividendos como uma vantagem. Como vimos, a BRKM5 dá direito a dividendos.

No entanto, a geração de dividendos da Braskem vem diminuindo desde o pico observado em 2016. Naquele ano, a Braskem pagou um dividendo de R$ 2,50 por ação. Em 2019, o pagamento foi de R$ 0,83 por ação. Esse valor foi abaixo do visto em 2018 e 2017, mas acima dos valores de 2012 a 2015.

Vale a pena investir?

Quais são as projeções para o futuro e riscos das ações da Braskem? Para analisar se vale a pena investir em qualquer ação, duas formas de avaliar papéis são muito usadas: a análise fundamentalista e a análise técnica

A análise fundamentalista foca os fundamentos da empresa. A análise técnica olha o sobe e desce das ações e usa conceitos de estatística para descobrir se as ações vão valorizar ou desvalorizar.

Focaremos a análise fundamentalista da ação BRKM5. Alguns indicadores financeiros devem fazer parte das suas reflexões. O mais conhecido é o Preço sobre Lucro (P/L), que mostra quantos anos você levaria para recuperar o valor investido apenas com a distribuição de dividendos. 

No momento de escrita deste artigo, o PL da Braskem está em -5,66. Um P/L negativo acontece quando a empresa tem prejuízo. É preciso avaliar o que levou a companhia a esse resultado para saber se vale a pena comprar pensando no P/L futuro.

Historicamente, as ações da Braskem se correlacionaram com seus lucros. Essa relação não trouxe bons frutos aos seus acionistas recentemente. A Braskem divulgou que fechou 2019 com um prejuízo de R$ 2,8 bilhões, três vezes maior do que o esperado por analistas. 

Junto à atividade econômica lenta e à queda na demanda pelos produtos da Braskem, temos uma unidade fechada em Alagoas e a consequente dependência de importações. Esses fatores trouxeram inseguranças quanto aos resultados da Braskem nos últimos meses e não têm data certa para estabilização.

Seguindo esse raciocínio, a valorização dos papéis não é um cenário provável para além da melhora vista em abril. Vale acompanhar as previsões de especialistas sobre aumento ou queda no lucro mais perto do fechamento do segundo trimestre de 2020.

Por que vale a pena consultar um especialista?

Como você viu anteriormente, o preço unitário das ações da Braskem variou bastante ao longo do último ano. Chamamos esses altos e baixos de volatilidade, que é uma característica do mercado de ações: você pode ter maiores lucros, mas também maiores prejuízos.

A melhor maneira de maximizar rendimentos e minimizar riscos é montar uma carteira diversificada de aplicações financeiras de acordo com seu perfil de tolerância à volatilidade. Quanto mais tolerante, maior a porcentagem permitida de ações na carteira. 

Diversifique até mesmo dentro da classe de ações, comprando papéis de empresas sólidas em segmentos diferentes. Pondere bem os riscos de colocar seu dinheiro em ações, inclusive as da Braskem, antes de fazer uma aplicação financeira do tipo.

Montar uma carteira com ativos complementares (ou seja, quando um se valoriza, o outro tende a desvalorizar) não é um trabalho simples. Muito menos escolher as empresas certas para comprar ações. Tanto a análise fundamentalista quanto a técnica pedem o acompanhamento de métricas financeiras e conhecimentos estatísticos ou matemáticos.

É por isso que consultar um especialista pode ser a melhor saída. Ele garantirá que sua carteira esteja de acordo com oportunidades de valorização, com sua tolerância à volatilidade e com seu prazo de retirada dos investimentos.

Aplicativo Magnetis

Como comprar ações da Braskem?

Depois de avaliar que este é um bom momento para comprar ações da Braskem, você precisa abrir uma conta em um banco ou corretora de valores. Pesquise a solidez da instituição e a avaliação dos usuários antes de contratar seus serviços. Verifique também as taxas cobradas, como a de corretagem.

A instituição financeira deve oferecer o home broker, uma plataforma online para negociar a compra e venda de papéis. Você envia dinheiro para essa conta e pode usá-lo por meio do home broker. É possível adquirir ações ordinárias e preferenciais da Braskem, ou investir indiretamente nelas por meio do Ibovespa.

A análise de vantagens e projeções de cada ação torna sua carteira mais segura contra quedas e mais preparada para aproveitar subidas no mercado acionário. As ações da Braskem apresentaram grande volatilidade, resultados financeiros decepcionantes e dividendos abaixo da média da empresa em 2019.

Agora que você analisou as ações da Braskem, quer dar o próximo passo no mundo das finanças? Então, faça uma simulação de aplicações de acordo com seus objetivos!

Mariana Congo

Mari Congo tem paixão por explicar coisas difíceis de forma fácil. É jornalista, educadora financeira, especialista em finanças pessoais e investimentos e gerente de comunicação na Magnetis.

leia mais desse autor