Ainda vale a pena investir em renda fixa? Depende.

por Luciano Tavares

É boa ou má a notícia de que o Copom baixou a taxa Selic de 10,25% para 9,25% ao ano?

Do ponto de vista da atividade econômica, é uma boa notícia.

São os menores juros desde agosto de 2013. Juros menores incentivam a roda da economia a girar. Empresas investem, pessoas têm menos receio de tomar crédito.

Mas é má notícia para quem tem dinheiro em investimentos de renda fixa?

Temos recebido muitas dúvidas sobre o tema.

Ainda vale investir em renda fixa depois da queda dos juros?

Vou dividir minha resposta em três tópicos:

  • Depende de como está a inflação.
  • Depende de qual é o seu investimento de renda fixa.
  • A hora da diversificação.

Depende de como está a inflação

O Banco Central só está reduzindo a Selic porque a inflação também caiu de forma considerável.

É importante o investidor de renda fixa não esquecer do conceito de rentabilidade real, ou seja, quanto o investimento rendeu em comparação com a inflação.

A renda fixa está com um retorno real muito interessante. Em alguns casos, até maior do que quando a Selic estava mais alta!

Tome por exemplo as carteiras de renda fixa da Magnetis e o Tesouro Selic 2021.

A rentabilidade absoluta foi maior no primeiro trimestre do que no segundo trimestre.

Mas quando comparamos com a inflação e falamos de rentabilidade real, o quadro se inverte:

Rentabilidade acima da inflação

Ativo

Primeiro trimestre

Segundo trimestre

Tesouro Selic 2021

2,06%

2,39%

Magnetis risco 1

2,17%

2,44%

Magnetis risco 2

2,25%

2,44%

Fica claro que, em termos reais, o investidor de renda fixa não está perdendo dinheiro, pelo contrário, está colhendo um desempenho ainda melhor.

Vale dizer que, apesar do aumento dos impostos sobre os combustíveis, os analistas de mercado não esperam que ocorra um grande impacto na inflação.

Todas as projeções de inflação consideradas pelo Banco Central mostram uma inflação dentro do objetivo de 4,5% ao ano ou menor.

Depende de qual é o seu investimento de renda fixa

A renda fixa é sempre uma boa opção - mas desde que você esteja aplicando em um bom investimento.

Com a queda da Selic, em muitos casos até a poupança passa a ganhar de fundos de renda fixa!

Se você tem aplicação em fundo de renda fixa que cobra 1% ao ano ou mais de taxa de administração, você já está perdendo esse jogo para a poupança, como bem resumiu essa reportagem do Estadão.

E, você sabe, nos grandes bancos é quase impossível achar um bom fundo de renda fixa com taxa de administração menor que 1% ao ano.

Mais do que nunca é importante que as pessoas busquem novos ares para seus investimentos.

O principal fundo de renda fixa que recomendamos na Magnetis é prova de que existem bons fundos por aí, pois tem 0,3% ao ano de taxa de administração e retorno - já descontadas taxas de impostos - de 100% do CDI.

A hora da diversificação

Voltando à pergunta: Ainda vale investir em renda fixa depois da queda dos juros?

  • Sim, ainda vale - e sempre vai valer - desde que você tenha bons produtos de renda fixa, com baixo custo de administração e boa rentabilidade líquida.
  • Se você está em um fundo com taxa de administração de 1% ao ano ou mais, até a poupança está melhor. É hora de buscar alternativas melhores!
  • A renda fixa nunca sai de moda. Qualquer investidor precisa dela. Mesmo os mais agressivos devem deixar suas reservas de emergência em renda fixa.

Agora, se você quer retornos mais robustos, não adianta ficar só na previsibilidade da renda fixa: aí que entra a diversificação com renda variável na medida certa.

Nós da Magnetis somos uma consultoria de investimentos especialista em diversificação.

Se você ainda não diversifica seus investimentos, essa é uma boa hora para começar!

No trimestre passado, com toda turbulência causada pela crise política e JBS, a diversificação mostrou sua força na prática. Deixo o convite para você ler mais sobre isso no nosso blog:

Selic, JBS, inflação: quanto renderam as Carteiras Magnetis no 2° trimestre de 2017

4 dúvidas e preocupações sobre investimentos depois da delação da JBS

Luciano

Luciano Tavares é fundador e CEO da Magnetis. Administrador de carteiras credenciado pela CVM e planejador financeiro CFP ®, tem mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro.

Avaliar o post
  • Bruno Cunha Mello

    Caso eu queira diversificar mais, como faço para mudar meu nível de risco? No momento tenho Risco 2

    • Olá Bruno!
      Sim, é possível alterar o nível de risco da sua carteira. Esta alteração é feita internamente por nós aqui da equipe. Antes de efetuar a mudança nós buscamos entender com você se houve alguma mudança no seu objetivo ou perfil de risco para te ajudar na tomada de decisão.

      Nosso time de Consultoria de Investimentos entrará em contato com você para te ajudar. Um abraço!