Como a empresa pode ajudar seus colaboradores a sair das dívidas?

por Juliana Volpe | 24/01/2019

ajudar seus colaboradores a sair das dívidas

Os funcionários são os maiores parceiros que uma empresa pode ter. Afinal, é da sua atuação que dependem todas as operações da companhia, desde a concepção de uma ideia até quando o produto final chega aos seus clientes.

Por isso, o gestor mais atento sempre se preocupa com o bem-estar dos seus colaboradores, seja dentro da empresa ou fora do ambiente de trabalho. E essa tarefa pode envolver até mesmo questões relacionadas à vida financeira dos trabalhadores.

Afinal, problemas envolvendo dinheiro podem tirar a tranquilidade de qualquer um, afetando até mesmo seu desempenho profissional. Pensando nisso, preparamos este post para mostrar que a sua empresa pode ajudar seus colaboradores ensinando a eles como sair das dívidas. Acompanhe!

Promova ações de educação financeira na empresa

Contratar palestras, treinamentos e consultorias é uma prática comum em muitos negócios. Iniciativas assim são bem-vindas, pois ajudam a desenvolver as habilidades dos funcionários e, consequentemente, a melhorar os resultados da empresa.

O que muitos não sabem é que ações como essas também podem ser desenvolvidas com o objetivo de promover os conceitos de educação financeira entre os colaboradores.

Eventos assim são excelentes oportunidades para esclarecer temas relacionados a economia familiar e pessoal, gestão das finanças, noções de investimento etc. — especialmente quando conduzidos por especialistas da área financeira.

Tais iniciativas permitem que esses assuntos, que podem ser sensíveis a algumas pessoas, sejam abordados no ambiente de trabalho de uma forma leve e descontraída. Assim, as informações passadas podem ser absorvidas e incorporadas ao dia a dia dos funcionários de maneira mais fácil.

Negocie condições para financiamento de dívidas com o banco parceiro

Praticamente toda empresa tem um banco conveniado para realizar suas operações financeiras, como pagamento de funcionários e fornecedores, tomadas de crédito e recebimentos diversos. Então, por que não contar com o suporte dessa instituição para ajudar os colaboradores a sair das dívidas?

Para fazer isso, o ideal é procurar pelo gerente bancário que tem maior relacionamento com sua empresa e conhece suas particularidades mais a fundo. A partir dessas informações, ele poderá indicar as melhores condições de financiamento ou empréstimos que podem ser disponibilizados aos seus colaboradores, com juros reduzidos e prazos convenientes.

Na prática, as condições oferecidas podem depender do nível de relação existente entre empresa e instituição financeira. De qualquer forma, todo incentivo é válido no sentido de oferecer oportunidades viáveis aos seus colaboradores para que eles organizem suas finanças.

Vale lembrar que essas alternativas devem ser utilizadas com consciência pelos funcionários, preferencialmente após um bom planejamento. Assim, eles poderão honrar o novo compromisso com mais facilidade e evitar novas dívidas.

Considere a situação dos funcionários de maneira individual

Problemas envolvendo a situação financeira costumam carregar consigo detalhes muito particulares. Frequentemente, eles estão associados a questões de saúde, transtornos familiares e emocionais.

É fundamental, portanto, que o gestor demonstre o tato necessário para tratar desse assunto, evitando qualquer situação de constrangimento que o tema possa causar. Lembre-se de que a intenção é ajudar o colaborador e incentivá-lo a tomar as atitudes necessárias para mudar a situação, objetivo que só será atingido se sua confiança for conquistada nesse momento.

Com uma boa conversa, você poderá identificar os reais motivos que levaram o colaborador a perder controle sobre as próprias contas e definir as melhores estratégias para mudar esse cenário. Se achar necessário, procure pelo auxílio de alguém com mais experiência e habilidade para conduzir esse diálogo.

Além das situações adversas que deram origem ao descontrole financeiro, as consequências das dívidas aumentam o drama de alguns devedores. Não são raros os casos de pessoas que desenvolvem quadros de ansiedade, estresse, insônia e dores de cabeça. Tudo isso afeta significativamente a qualidade de vida de qualquer um.

Existem também casos em que o indivíduo sofre de algum transtorno que dificulta sua relação com o dinheiro, como comprar por impulso

Ajude no desenvolvimento de hábitos financeiros saudáveis para sair das dívidas

Ainda que a empresa se esforce para promover a educação financeira dos seus colaboradores com as dicas que passamos, muitos deles podem sentir dificuldade em aplicar essas práticas em casa, por conta própria. A solução para isso é trabalhar para desenvolver novos hábitos dentro do horário de expediente.

Para ajudar a reduzir os gastos cotidianos dos funcionários, uma boa dica é espalhar pelo local de trabalho dicas de conscientização. Além de incentivar hábitos de economia, como apagar as luzes ao sair de um cômodo ou retirar os equipamentos da tomada quando não estiverem em uso, pode ser uma boa estratégia informar uma estimativa de como isso pode impactar a conta de energia.

Você também pode avaliar a possibilidade de reservar determinados momentos para que os funcionários desenvolvam e analisem seu planejamento. Disponibilizar pessoal que tenha qualificação na área financeira para auxiliá-los nessa tarefa pode ser uma boa ideia, pois eles poderão prestar o suporte necessário para que os funcionários endividados definam seus planos.

Ofereça diferenciais para ajudar na vida financeira dos colaboradores

Todos sabemos como os auxílios oferecidos pela empresa constituem um fator importante para garantir o bem-estar dos funcionários. Alguns deles, inclusive, são regidos por leis e acordos coletivos, como o vale-transporte e o vale-alimentação.

No entanto, é possível ir além desses benefícios tradicionais, com vantagens que certamente impactarão de maneira positiva a organização financeira dos funcionários.

Um plano de assistência médica, por exemplo, pode evitar grandes gastos se o beneficiário ou seus familiares enfrentarem problemas de saúde. Existem empresas que ajudam até mesmo a financiar os estudos dos funcionários ou de seus filhos e na formação de fundos de previdência privada.

Dessa forma, ficará muito mais fácil para os seus funcionários não apenas se livrar das contas atrasadas, mas também desenvolver uma condição financeira sólida para os dias futuros. Ainda que isso represente um custo para a empresa, vale a pena avaliar os aspectos positivos que essas medidas representariam no dia a dia do seu negócio.

Ajudar seus colaboradores com questões financeiras pode ser o empurrão de que eles precisam para descobrir como sair das dívidas. Os benefícios para o seu negócio também serão significativos, já que funcionários sem preocupações apresentam melhor desempenho e motivação para trabalhar pela empresa.

Agora que você entendeu a importância desse tema, que tal conferir as nossas próximas dicas em primeira mão? Quer saber mais sobre como a sua empresa pode ajudar os seus colaboradores em seus desafios financeiro? Entre em contato com a Magnetis e obtenha todos os detalhes desse serviço!

Juliana Volpe é Gerente de Negócios na Magnetis.

Como a empresa pode ajudar seus colaboradores a sair das dívidas?
5 (100%) 1 vote[s]