Aposentadoria privada x Aposentadoria pública: por que guardar dinheiro para o futuro?

por Malena Oliveira

A maioria das pessoas deseja ter segurança financeira e garantir um futuro tranquilo. Porém, guardar dinheiro nem sempre é um hábito comum. Não é à toa que muitas pessoas ainda confiam totalmente na aposentadoria pública, não conhecendo as opções que a previdência privada oferece. 

No entanto, se a sua intenção é manter o mesmo padrão de vida depois de parar de trabalhar, é fundamental se informar sobre as modalidades de aposentadoria privada que existem no mercado.

Ao contar somente com a previdência do INSS, você corre o risco de passar a sua melhor idade em condições financeiras indesejadas. Isto é, tendo uma renda menor do que a que você precisa para bancar os seus gastos.

Isso porque a aposentadoria pública dificilmente pode manter um estilo de vida confortável, principalmente se você ganha acima da média do mercado.

Nesse aspecto, é muito importante entender melhor sobre aposentadoria privada e a aposentadoria pública. Veja a seguir!

Quais são os riscos de contar somente com a aposentadoria pública?

A previdência social dificilmente conseguirá contemplar todos os brasileiros, a menos que passe por mudanças profundas.

Segundo o IBGE, daqui a 20 anos, nosso país terá mais idosos do que crianças. Isso significa que teremos uma proporção menor de contribuintes (pessoas que pagam INSS) e uma porcentagem maior de pensionistas (pessoas que recebem aposentadoria pública e outros benefícios).

Em outras palavras, se o país atualmente já sofre para bancar quem está aposentado hoje, imagine no futuro, quando chegar a sua hora de obter esse direito.

Nesse aspecto, é importante que as pessoas planejem sua própria aposentadoria, garantindo assim a sua segurança financeira no futuro.

Quais são as vantagens de investir na aposentadoria privada?

A aposentadoria privada oferece diversas vantagens para quem deseja ter uma vida financeira tranquila e estável após encerrar suas atividades profissionais. Entre os principais benefícios, estão:

Segurança financeira para longo prazo

Ao investir na aposentadoria privada, você está garantindo a tranquilidade do seu futuro.

Isso porque esse tipo de aposentadoria conta com um planejamento que prevê as próximas décadas. Você pode escolher quanto quer ganhar lá na frente e, a partir daí, se empenhar no acúmulo de capital.

Enquanto na aposentadoria pública você simplesmente paga o INSS sem saber ao certo quanto receberá no futuro, na aposentadoria privada, você está investindo em segurança para o longo prazo.

Garantia de um bom padrão de vida

Um dos problemas da previdência social é que ela não garante que você receberá uma aposentadoria suficiente para manter o seu padrão de vida atual.

Entretanto, quando você investe na aposentadoria privada, é possível garantir um bom padrão de vida. Com isso, é possível se aposentar e aproveitar o tempo livre da maneira que preferir, sem precisar se preocupar em fazer novos cortes de gastos.

Consistência no acúmulo de capital

Devido à falta de educação financeira de uma maneira geral, muitas pessoas crescem sem o hábito de poupar dinheiro. Assim, aquelas menos disciplinadas podem enfrentar dificuldades ao se aposentar. Afinal, é possível que não acumulem dinheiro suficiente para viver com tranquilidade.

Uma das vantagens da aposentadoria privada é que você escolhe quanto quer guardar todos os meses. Então, passa a ter um compromisso com os pagamentos fixos mensais, que se tornam uma obrigação positiva.

Como os investimentos podem ajudar na sua aposentadoria?

Ao contrário do que muita gente pensa, a previdência privada não é a única maneira de construir sua própria aposentadoria. Você pode utilizar uma estratégia de investimentos para planejar sua renda futura após parar de trabalhar.

Em uma gestora de recursos que conta com diferentes carteiras de ativos, você tem a oportunidade de planejar sua aposentadoria de maneira personalizada para o seu perfil. Há diversas oportunidades de aplicação de longo prazo rentáveis e flexíveis, permitindo que você invista com segurança e ainda obtenha um excelente retorno.

Veja a seguir alguns tipos de investimentos que podem compor uma carteira de investimentos diversificada com foco em aposentadoria:

Renda Fixa

Com a renda fixa, você prevê seus rendimentos e ainda conta com opções cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Assim, dá para garantir a segurança do seu dinheiro e ainda ter boa rentabilidade, sem correr grandes riscos.

Renda variável

Mais arrojada, a renda variável lida com aplicações mais voláteis, ou seja, ativos que variam de preço mais rapidamente. Os riscos são maiores, mas a rentabilidade pode ser significativamente melhor, principalmente, no longo prazo.

Carteira diversificada

No mercado financeiro, é muito comum ouvir o ditado: "Não coloque todos os ovos na mesma cesta". Na prática, isso significa que o ideal é não concentrar todos os seus investimentos em uma mesma aplicação.

Mas também não significa que você deve dividir o seu dinheiro entre diversos investimentos, sem nenhum critério.

Uma carteira diversificada é aquela montada de acordo com o seu perfil e os seus objetivos, equilibrando aplicações que preservam o seu patrimônio ao mesmo tempo em que permitem rentabilidade maior. Aliás, já explicamos aqui no blog o que é uma carteira diversificada e como montar a sua.

Como discutimos neste artigo, contar com a previdência pública não é a melhor opção. Com disciplina e a orientação correta, qualquer pessoa pode se organizar para investir e planejar sua própria aposentadoria privada.

E aí? Gostou de saber mais sobre aposentadoria pública e aposentadoria privada? Se você quiser conhecer as opções disponíveis para você, veja nosso post: tudo que você precisa saber sobre Previdência Privada!

Luciano

Malena Oliveira é jornalista especializada em Finanças Pessoais e redatora na Magnetis.

Aposentadoria privada x Aposentadoria pública: por que guardar dinheiro para o futuro?
Avaliar o post