Saiba como funciona uma assessoria de investimentos

por Fernando Reis

A assessoria de investimentos é um serviço personalizado de recomendação de investimentos para um investidor com pouco tempo ou experiência no mercado. Este serviço funciona como uma alternativa a grandes bancos ou corretoras tradicionais, por oferecer uma experiência melhor a um custo acessível.

Contar com esse tipo de serviço garante uma série de vantagens ao investidor, entre elas maior segurança, flexibilidade, acesso a produtos financeiros de acordo com perfil de risco. No entanto, para que ele seja realmente vantajoso, alguns detalhes devem ser considerados.

Pensando nisso, escrevemos este artigo para te ajudar a descobrir as principais características da assessoria de investimentos, como ela funciona e outras informações que você precisa conhecer antes de contratar esse tipo de serviço. Confira!

A diferença entre assessoria de investimentos e bancos

Imagine que você queira começar a investir, mas não tem muito conhecimento sobre o assunto. Você vai ao seu banco e o seu gerente lhe oferece uma série de opções para aplicar o seu dinheiro. Mesmo sem entender muito bem, você aceita a recomendação, afinal o gerente é especialista no assunto.

No entanto, é exatamente neste ponto que você pode estar caindo em uma grande enrascada! Afinal, como saber se realmente aquela recomendação é a melhor para você? Você confia o suficiente no seu gerente ou na instituição bancária que ele representa? E se existissem opções melhores de investimentos? Como você teria acesso? Teria a tranquilidade de aplicar seu dinheiro em algo que você não conhece?

Essas são algumas das muitas questões pontuais que você pode se fazer. Afinal, quando se trata da relação com o seu dinheiro, todo cuidado é pouco. Então, o caminho mais fácil é sempre ir na direção dos grandes bancos, consolidados com anos de experiência e que passam a sensação de estabilidade e segurança. Por ter todo este "poder", estas instituições costumam cobrar altas taxas de seus clientes, nem sempre de forma clara. Porém existe uma diferença fundamental entre os serviços de uma assessoria de investimentos e investir por meio de um banco: conflito de interesses.

Enquanto as instituições financeiras visam captar cada vez mais clientes, muitas vezes motivados por metas ou comissões, a assessoria de investimentos protege os investidores do possível conflito de interesses que possa existir, pois a recomendação é totalmente isenta de comissões ou metas. Isto é possível graças ao uso da tecnologia, que facilita o trabalho de recomendação e consequentemente permite que um serviço de maior qualidade seja oferecido a pequenos investidores.


A recomendação de investimentos de grandes bancos é limitada, porque ele só vai oferecer produtos emitidos por ele mesmo. Nem sempre se preocupando com rentabilidade dos investimentos oferecidos e principalmente se o produto de investimento é o mais recomendado para o perfil e necessidade do investidor. É exatamente desta forma que se dá o conflito de interesses, já a assessoria de investimentos segue exatamente o contrário.

O assessor de investimentos é um especialista no assunto e vai buscar os melhores ativos financeiros, que podem estar em diversos bancos, corretoras ou outras instituições. Em seguida, ele vai lhe orientar sobre as melhores opções para você aplicar o seu dinheiro, tudo isso com segurança e facilidade. Quer entender melhor como este serviço funciona? Continue a leitura!

Como funciona uma assessoria de investimentos?

É importante destacar que existem tipos diferentes de assessorias de investimentos. Em algumas assessorias tradicionais, o cliente pode ir até um escritório conversar com um assessor, e ter um atendimento diferenciado. Mas embora seja bem mais vantajosa que o banco, geralmente esse serviço é mais caro do que um assessoria online.

O serviço de uma assessoria de investimento online é baseado em inovação, e na união das finanças a tecnologia. Graças a esta junção, este mercado consegue atender melhor investidores que estão presos a poupança ou recomendações ruins de grandes bancos. Por não ter necessidade de um atendimento físico, este tipo de assessoria consegue ter um custo bastante reduzido. Isso não significa que a qualidade é prejudicada, pelo contrário. É tudo focado em otimizar ao máximo a experiência do pequeno investidor; trazendo flexibilidade, segurança e o acesso a melhores investimentos. Mas como utilizar estes serviços tão inovadores?


O primeiro passo para começar a acessar os serviços de um assessoria de investimentos é realizar uma simulação em uma plataforma online. Esta primeira etapa consiste em preencher um questionário com algumas perguntas básicas. As respostas são importantes para que o plano de investimentos, que nada mais é que a recomendação dos investimentos, seja o mais adequado possível para o investidor.


Na plataforma da Magnetis, por exemplo, o questionário é bem simples e interativo. Com poucos cliques o investidor literalmente monta o seu plano junto com a empresa.

Magnetis: questionário de simulação

Depois desta etapa, o investidor terá acesso ao seu plano de investimentos personalizado, onde a assessoria de investimentos apresentará as melhores opções para aplicar o seu dinheiro. Além disso, o investidor ainda recebe o contato de um consultor de investimentos especializado. Este é um diferencial que permite não só esclarecer dúvidas, mas conhecer ainda mais quem quer investir.


Com o plano de investimentos pronto, o investidor deverá abrir uma conta em uma corretora integrada a assessoria de investimentos (local onde serão encontrados os mais variados tipos de investimento existentes em diversos bancos, empresas ou demais instituições) e posteriormente enviar dinheiro para ela.

Posteriormente à escolha e abertura de conta na corretora e a efetiva aplicação dos recursos em ativos, em que a assessoria de investimentos orientou é chegado o momento de acompanhar as movimentações realizadas.Para isso, será disponibilizado um acesso exclusivo ao painel da assessoria de investimentos, para que você possa acompanhar, em tempo real, a evolução e a rentabilidade de todos os seus ativos. Tudo em uma só tela. E o melhor, os investimentos ficam constantemente monitorados por especialistas, e caso precisem ser rebalanceados tudo isto também é feito de forma automática. Ou seja, você não precisa se preocupar com nada.


Todo o processo é realizado de forma bastante transparente e clara, com a certeza de que seus investimentos estão seguros.

Muitas pessoas têm medo de investir o seu dinheiro com a ajuda de uma assessoria, no entanto, esse receio é gerado pela falta de conhecimento. Esse tipo de empresa simplesmente faz a mediação entre o investidor e os emissores dos investimentos, como um banco. Os títulos não ficam em posse da assessoria de investimentos ou da corretora, mas sim registrados no seu CPF. Assim, se uma delas vier a fechar as portas, os valores aplicados permanecerão intactos, pois eles não estão na conta da corretora, mas sim nos títulos em que você aplicou.


Por que utilizar os serviços de uma assessoria de investimento?

A assessoria de investimentos auxilia você a administrar o seu patrimônio financeiro. O assessor de investimentos estuda, analisa, pesquisa e indica os melhores e mais rentáveis ativos disponíveis no mercado financeiro, sejam eles títulos de renda fixa, variável. No caso de uma assessoria de investimentos automatizada (como a Magnetis), graças a tecnologia empregada, é possível acessar milhares de ativos no mercado e escolher os melhores para o investidor, o que é impossível de ser feito por um profissional tradicional do mercado financeiro.Esse serviço também é importante para garantir que o investidor tenha as menores taxas existentes no mercado em comparação as praticadas por grandes bancos. Além disso, tudo é feito de forma rápida, simples, descomplicada e sem conflito de interesses.


Uma assessoria de investimentos também auxiliará você a identificar um dentre os perfis de investidor e assim, indicar as melhores aplicações que você pode realizar.

Basicamente, existem 3 perfis de investidores, o conservador, que não tem tolerância a riscos. Quem prefere ter um rendimento previsível nos seus ativos do que ter a possibilidade de perder dinheiro, mesmo se ela for mínima.

O investidor arrojado é aquele que não se importa em correr riscos, desde que, tenha uma expectativa de ganhos consideráveis. O moderado é aquele que reúne as características de ambos os perfis. Ele até corre certo risco, mas não tanto quanto o arrojado. Pode ser mais cauteloso em alguns momentos, mas não deixa que isso prejudique os seus ganhos. Mas não se preocupe se você ainda não sabe o seu, você pode descobrir.

Outro diferencial da assessoria de investimentos é o atendimento personalizado. Nada de se comunicar com um robô ou atendentes frios e pouco preocupados com suas próximas metas e comissões. Contratando esse serviço você poderá contar com profissionais altamente qualificados e experientes no assunto.

Gostou deste artigo sobre a assessoria de investimentos? Agora, que tal  testar como uma delas funciona na prática? Faça uma simulação gratuita na plataforma da Magnetis e descubra o seu perfil de investidor.

Fernando Reis é administrador e Analista de Marketing de Conteúdo da Magnetis.

5 (100%) 4 votes