Banco Inter vale a pena? Saiba como é abrir conta e investir [Desafio Fintech]

por Malena Oliveira | 23/05/2019

Banco Inter vale a pena? Saiba como é abrir conta e investir

Se você já pesquisou sobre os bancos digitais, deve ter ouvido falar do Banco Inter. Conta-corrente digital grátis, cartão de crédito sem anuidade e investimentos com taxa zero são alguns dos serviços que ele oferece. Mas como será que eles funcionam na prática?

A Magnetis é uma fintech especializada em investimentos. Nosso CEO, Luciano Tavares, lançou em 2016 uma série para testar os serviços que empresas digitais oferecem e tirar a dúvida: vale a pena deixar de usar os serviços dos grandes bancos? Assim nasceu o Desafio Fintech.  

A grande pergunta do desafio é: dá para resolver as questões do dia a dia sem depender de um banco tradicional? É isso o que vamos ver aqui! 😉

Não vou dar spoilers por enquanto, mas prometo que você vai ver neste post:

  • o que é o Banco Inter?
  • o Banco Inter é confiável?
  • como funciona o Banco Inter?
  • como abrir uma conta-corrente digital no Banco Inter?
  • como sacar e depositar dinheiro no Banco Inter?
  • vale a pena investir no Banco Inter?
  • Banco Inter ou Nubank: qual é melhor?

Neste desafio, eu falo da minha experiência com a conta-corrente e os investimentos no Banco Inter e dou algumas dicas para montar a reserva de emergência.  

Aproveite para tirar suas dúvidas e, caso não encontre alguma resposta, deixe sua pergunta nos comentários ao fim do post. Vamos começar?

O que é o Banco Inter?

Fundado como a financeira Intermedium em 1994, o Banco Inter é hoje um dos principais bancos digitais do Brasil. A empresa pertence à família Menin, dona da construtora MRV, e é patrocinadora oficial do São Paulo Futebol Clube (SPFC).

Inicialmente, as especialidades eram crédito imobiliário e crédito consignado. Em 2008, obteve a licença junto ao Banco Central para se tornar um banco e mudou o nome para Banco Intermedium.

Em 2014, a empresa lançou uma conta-corrente gratuita que podia ser movimentada por computador ou smartphone. Porém, somente em 2016 o processo de abertura passou a ser 100% online, na esteira de novas regras implementadas pelo Banco Central.

Em 2017,  encurtou o nome para Banco Inter e passou a ter ações negociadas na bolsa de valores (BIDI4). Hoje, tem mais de 2 milhões de correntistas.

O Banco Inter é confiável?

O Banco Inter é uma instituição autorizada a operar no Brasil pelo Banco Central. Isso significa que ele precisou passar por uma série de verificações e está sujeito à fiscalização periódica.

Além disso, por oferecer investimentos, o banco também precisou obter uma licença da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que também faz avaliações periódicas sobre as atividades nesse ramo.

O banco também é associada ao Fundo Garantidor de Créditos (FGC). O fundo privado garante a devolução de até R$ 250 mil em investimentos e depósitos para cada cliente do banco em caso de falência.

Porém, como todas as transações são feitas online, segurança é algo que exige mais atenção.

Vazamento já atingiu 20 mil clientes

Em maio de 2018, um vazamento de dados atingiu cerca de 20 mil correntistas. Na época, o banco acabava de lançar suas ações na bolsa de valores.

Após investigações, o banco admitiu a falha na segurança. Também fez um acordo com o Ministério Público para pagar R$ 1,5 milhão em indenização a órgãos que combatem crimes virtuais.

O banco afirmou que uma pessoa autorizada compilou dados sensíveis, como CPF, e-mail, endereço e código de segurança do cartão (CVV).

Depois, eles foram usados por hackers em uma tentativa de extorsão. Como não houve sucesso, as informações foram divulgadas na web.

É verdade que, depois do vazamento, o banco trabalhou em melhorias para reforçar a segurança. Uma das principais é o i-Safe, um código gerado a partir do app para celular para autorizar transações.

Cuidar da sua segurança nunca é demais. Por isso, aqui vão algumas dicas:

  • jamais compartilhe dados pessoais com quem você não confia;
  • tome um cuidado especial com os locais em que você armazena documentos, especialmente o seu CPF e dados bancários (números de conta-corrente e cartão de crédito e débito);
  • preste atenção no seu celular! Ele é usado para liberar todas as suas transações. Por isso, evite compartilhá-lo com terceiros, inclusive com crianças.

Como funciona o Banco Inter?

O Banco Inter oferece serviços 100% online, que podem ser acessados por computador ou app para celular. Alguns deles são:

  • conta-corrente digital gratuita;
  • cartão de crédito e débito;
  • investimentos: renda fixa, renda variável, fundos de investimento, previdência privada e grupos de investimento;
  • portabilidade de salário;
  • câmbio (compra e venda de moeda estrangeira);
  • empréstimo;
  • seguros;
  • consórcio.

Para ter acesso, é preciso solicitar a abertura de conta e aguardar a aprovação do banco. Como em todas as demais instituições desse tipo, há casos em que o cadastro pode ser rejeitado.

A sede do banco fica em Belo Horizonte (MG), mas ele não possui agências físicas. Todo atendimento é feito por e-mail, chat ou telefone.

Agora, você deve estar se perguntando: como é possível depositar e sacar dinheiro da conta digital? É isso o que veremos nos próximos tópicos.

Como abrir uma conta-corrente digital no Banco Inter?

Para abrir uma conta no Banco Inter, é necessário baixar o aplicativo do banco. Os documentos necessários são:

  • documento pessoal de identificação com foto (RG ou carteira de motorista);
  • documento do marido ou da esposa (caso você seja casado ou casada);
  • comprovante de residência;
  • assinatura.

Basta tirar uma foto ou subir um arquivo já salvo com esses documentos. Depois de submetê-los, é necessário esperar a aprovação da sua conta.

Abrir conta no Banco Inter

(Banco Inter: tela de abertura de conta)

A conta oferece ainda um cartão de crédito sem anuidade. Para solicitá-lo, é necessário esperar a abertura da conta.

O pedido pode ser feito pelo próprio aplicativo e demanda uma análise de crédito para aprovação do limite.

Após esse processo, o cartão leva cerca de uma semana para ser emitido e chegar até você, caso seja aprovado.

Por último, o banco também oferece uma conta digital gratuita para pessoa jurídica (PJ). O processo de abertura é semelhante à conta digital para pessoa física e também exige um processo de análise.

Como sacar dinheiro do Banco Inter?

Apesar de o banco não ter agência física, é possível sacar dinheiro na rede Banco24Horas, que tem terminais eletrônicos em todo o Brasil.

Não há tarifas para o saque mas, segundo o banco, há um limite diário de R$ 3 mil por operação.

Como depositar dinheiro no Banco Inter?

Para depositar dinheiro, é necessário gerar um boleto no aplicativo ou no internet banking.

Depois, basta pagá-lo em casas lotéricas ou qualquer correspondente bancário que aceite pagamentos, inclusive agências de outros bancos. O valor leva pelo menos um dia útil para ficar disponível na conta. 

Também é possível fazer depósito por cheque ou transferência bancária. Vale lembrar que o banco oferece TEDs gratuitas para outros bancos, mas nem sempre o contrário acontece.

Vantagens da conta digital do Banco Inter

  • abertura e movimentação de conta 100% online;
  • transferência de dinheiro (TED) gratuita;
  • cartão de crédito sem anuidade;
  • atendimento por chat, email e telefone.

Desvantagens da conta digital do Banco Inter

  • não existem agências físicas e nem caixas eletrônicos: depositar dinheiro físico exige um pouco mais energia do que nos bancos tradicionais;
  • débito automático: ainda não há muitos convênios com instituições. Pode ser que você não consiga cadastrar alguma de suas contas.

Vale a pena investir no Banco Inter?

Muitas pessoas nos perguntam quais são os melhores investimentos, pois indicar as opções faz parte do nosso trabalho. Por isso, fizemos a nossa avaliação.

Vamos ver a partir de agora quais são as alternativas disponíveis na plataforma e quando vale a pena investir em cada uma delas.

O primeiro passo é acessar a aba de investimentos, chamada de Plataforma Aberta Inter (PAI Investimentos).

Depois, é necessário preencher um questionário para avaliar seu perfil de investidor (suitability). Essa etapa é que vai determinar quais aplicações estarão disponíveis para você.

Se você não tiver acesso a alguma das alternativas que vamos mostrar aqui, não se preocupe. Elas podem não ser adequadas para você.

O ideal é buscar a ajuda de um profissional de investimentos para entender o que realmente vale a pena no seu caso.

Banco Inter investimentos

(Banco Inter: tela inicial da conta-corrente digital)

Poupança do Banco Inter vale a pena?

Se você já conhece um pouco mais sobre o universo dos investimentos, já sabe que o rendimento da poupança é o menor do mercado: hoje a caderneta rende 4,55% ao ano.

Como a poupança é um investimento regulado pelo governo, não há nenhuma diferença entre a poupança do Banco Inter, a poupança da Caixa, a poupança do Itaú, a poupança do Bradesco, a poupança do Banco do Brasil e assim por diante.

Assim, só vale a pena investir na poupança se você movimentar esse dinheiro com muita frequência. 

Caso você consiga manter alguma quantia aplicada por pelo menos 30 dias, já existem outras alternativas que compensam, como veremos a seguir.

Tesouro Direto no Banco Inter vale a pena?

Por ser um programa do governo, o Tesouro Direto tem as mesmas taxas de rendimento no Banco Inter vistas em outras instituições. E, assim como a maioria das corretoras independentes e até grandes bancos, também oferece taxa zero.

O processo para acessar a plataforma de compra e venda de títulos públicos é feita pelo internet banking. Basta acessar a aba Investimentos >> Cadastro Tesouro Direto e fazer a liberação clicando em um botão.

Em seguida, você receberá um e-mail com sua senha de acesso e já poderá comprar e vender seus títulos.

Banco Inter Investimentos

(Banco Inter: aba de investimentos no internet banking)

Previdência privada do Banco Inter vale a pena?

O Banco Inter também oferece investimentos em fundos de previdência privada. Os planos são feitos por meio de uma parceria com a Icatu Seguros, atualmente a maior gestora independente de previdência privada do Brasil.

Cada plano leva em consideração os valores que você pode investir, em quanto tempo você quer retirar o dinheiro e se você deseja fazer um saque único ou ter uma renda mensal.

Além disso, a forma como você paga o seu Imposto de Renda também conta. Por isso, há opções mais indicadas para quem faz a declaração simples (planos do tipo VGBL) e alternativas mais adequadas para quem faz a declaração completa (planos do tipo PGBL).

A análise do seu perfil e a contratação do plano podem ser feitos pelo aplicativo e podem ser feitos no mesmo dia.

Mas como a previdência privada tem muitas particularidades, é bastante difícil compará-la com outros investimentos.

Mas é claro, se você fizer um plano que, por algum motivo, não serve mais para você, sempre é possível fazer a portabilidade gratuita para outra instituição.

Investimentos de renda fixa do Banco Inter

Os seguintes investimentos de renda fixa estão disponíveis no aplicativo, com uma aplicação mínima a partir de R$ 100:

  • poupança;
  • Tesouro Direto;
  • CDB liquidez diária que rende 100% do CDI;
  • CDBs de outros bancos que rendem a partir de 98,5% do CDI e que têm diferentes prazos de vencimento;
  • LCI DI: investimentos isentos de Imposto de Renda (IR) emitidos pelo próprio banco para financiar o mercado imobiliário. Têm garantia do FGC;
  • LCI IGPM: tipo de LCI que paga uma taxa prefixada, mais o acumulado do IGPM (índice usado em reajustes de aluguel) no período;
  • LCI IPCA: tipo de LCI que paga uma taxa prefixada, mais o acumulado do IPCA (índice oficial de inflação) no período;
  • LCA: investimentos isentos de Imposto de Renda (IR) emitidos pelo próprio banco para financiar o agronegócio. Têm garantia do FGC;
  • CRI/CRA: investimentos emitidos por empresas e comercializados pela plataforma do banco. Não têm garantia do FGC;
  • Debêntures: títulos de renda fixa emitidos por empresas. Não têm garantia do FGC
  • grupos de investimentos: o banco oferece a possibilidade de investir em um grupo de até 50 pessoas. Quanto maior é o número, maior é a rentabilidade das aplicação. os investimentos são de renda fixa e têm prazos variados. Falaremos deles mais adiante.

Para investir em qualquer uma dessas aplicações, basta acessar a plataforma e escolher a sua opção.

Como resgatar investimentos antes do prazo no Banco Inter

Muitas pessoas têm dúvidas sobre se vale a pena resgatar investimentos antes do prazo de vencimento.

No caso das aplicações de renda fixa, como CDB, LCI e LCA, é possível fazer o saque antecipado. Porém, isso só é recomendado caso você tenha alguma emergência.

Quando você liquida um investimento antes do prazo, seja no Tesouro Direto ou em renda fixa, você recebe só uma parte da rentabilidade contratada até aquele momento. A única exceção é o CDB com liquidez diária.

O mecanismo acaba funcionando como uma penalidade, já que o acordo inicial (manter a aplicação até o vencimento) foi quebrado. 

Além disso, nem todas as instituições aceitam esse resgate. Assim, só é possível resgatar antes do prazo:

  • investimentos no Tesouro Direto;
  • investimentos de renda fixa junto ao banco emissor;
  • investimentos negociados no mercado secundário.

O Banco Inter oferece essa possibilidade para seus correntistas, mas é necessário entrar em contato para avaliar as condições.

Investimentos de renda variável do Banco Inter

O aplicativo do Banco Inter possui um home broker, que é uma plataforma que acessa o sistema da bolsa de valores.

Por meio dele, é possível comprar, vender e acompanhar qualquer ativo negociado na B3, a bolsa brasileira.

A taxa de corretagem é zero, assim como a tarifa de custódia. É possível investir em:

  • ações;
  • opções de ações;
  • fundos de investimento imobiliário;
  • ETFs;
  • derivativos e outros.
Banco Inter home broker

(tela do home broker do Banco Inter no celular)

(Banco Inter: tela do home broker no computador - clique na imagem para ampliar)

Fundos de investimento do Banco Inter

O Banco Inter também oferece um cardápio de fundos de investimento para seus correntistas, de acordo com o perfil de cada pessoa. Há, por exemplo:

  • fundos de renda fixa;
  • fundos de ações;
  • fundos multimercado.

Recentemente, o banco também começou a ofertar o que ele chama de cashback de fundos de investimento. Isso nada mais é do que uma prática conhecida no mercado como devolução de rebate.

Rebate é o que uma instituição recebe por comercializar fundos de investimento de outras empresas.

É algo semelhante ao que acontece no supermercado: a empresa compra itens de fornecedores e coloca os produtos na prateleira para o consumidor final.

Cada supermercado tem um tipo de negociação diferente com seus fornecedores, e daí o desconto pode ser maior ou menor.

Como você já deve ter percebido, essa negociação interfere diretamente no preço final dos itens. No caso dos investimentos, ela influencia a rentabilidade das aplicações.

Quando há a devolução desse rebate, significa que a instituição está transferindo para o fundo o desconto que ela recebeu na negociação, em um processo semelhante ao cashback. Logo, o fundo tem uma rentabilidade um pouco maior.

Essa prática não é nova. A Magnetis, por exemplo, devolve o rebate para seus fundos de investimento desde julho de 2017, quando mudamos a estrutura de nossas carteiras.

É verdade que nem todas as corretoras praticam a devolução do rebate em fundos de investimento. Porém, essa é uma tendência que promete se consolidar nos próximos anos.

Grupo de investimento do Banco Inter: como funciona? Vale a pena?

O Banco Inter é uma das poucas instituições no Brasil que hoje oferece a possibilidade de investir em grupo.

Funciona da seguinte maneira: uma pessoa pode criar um grupo de investimento ou pode pedir para fazer parte de um já existente. Cada grupo pode ter até 50 integrantes.

Cada pessoa investe individualmente nas aplicações de renda fixa do banco e, assim, o dinheiro dos participantes não se mistura. Quanto mais membros um grupo de investimentos tiver, maior será a rentabilidade que o banco oferecerá nas suas aplicações.

Nesse caso, dependendo da rentabilidade oferecida, um grupo de investimentos pode ser mais vantajoso do que investir sozinho ou sozinha. É claro, sempre valem os cuidados básicos de segurança.

Banco Inter ou Nubank: qual é melhor?

Quando se fala em conta digital, um nome bastante famoso é o Nubank, apesar de existirem outras opções igualmente interessantes nesse ramo. 

Aqui na Magnetis, nós recebemos muitas dúvidas sobre como é investir nessas duas empresas. Então, eu resolvi comparar: o que é melhor: Banco Inter ou Nubank?

Muitos posts em sites e fóruns já deram conta de falar sobre as diferenças entre a conta corrente e o cartão de crédito que cada um oferece. 

Como também já fizemos um Desafio Fintech também sobre a NuConta, podemos explorar mais detalhes. Vamos começar?

NuConta ou CDB do Banco Inter?

Como você viu anteriormente, o Banco Inter oferece um CDB com liquidez diária que rende 100% do CDI.

Se você já viu o nosso post sobre a NuConta, sabe que as aplicações na conta digital do Nubank também rendem a mesma coisa.

Mas o que isso significa, na prática? Um investimento que rende 100% do CDI é aquele que entrega o valor total dessa taxa​, que hoje está em 6,4% ao ano.

No entanto, pode acontecer de alguém confundir as rentabilidades e acreditar que a NuConta rende mais.

Isso porque ela mostra o ganho líquido do investimento desde a aplicação inicial, já descontando impostos.

Rendimento da Nuconta

(rendimento líquido acumulado da NuConta)

No caso do CDB do Banco Inter, é necessário acessar a aba de Investimentos >> Minha Carteira >> Renda Fixa >> Saldo

Só então você poderá ver detalhes como valor bruto e valor líquido do seu investimento, além dos impostos e a taxa de rentabilidade.

CDB do Banco Inter: qual é o rendimento?

(detalhes de uma aplicação no CDB de liquidez diária do Banco Inter)

Então, a conclusão é que tanto o CDB do Banco Inter quanto a NuConta rendem exatamente a mesma coisa. A diferença é a maneira como essas informações são mostradas na tela dos aplicativos.

Porém, o maior diferencial do Banco Inter em relação à NuConta é a garantia do FGC.

Apesar de o Nubank já ter a licença do Banco Central para atuar como banco, sua conta digital é uma conta de pagamentos e, portanto, não tem FGC. Sua função é basicamente servir como caixa para o pagamento do cartão. 

Como montar a sua reserva de emergência no Banco Inter?

Falamos bastante aqui no blog sobre a importância de manter uma reserva de emergência: aquele dinheiro que você separa para algum imprevisto ou oportunidade de última hora.

Mas onde investir esse dinheiro? O Banco Inter oferece algumas opções.

CDB liquidez diária

Como você viu no tópico anterior, o CDB de liquidez diária que o Banco Inter oferece rende 100% do CDI, ou seja, 6,4% ao ano. Isso significa um ganho de R$ 6,40 por ano a cada R$ 100 investidos.

Para você ter uma ideia, um CDB desse tipo nos grandes bancos paga, em média, 80% do CDI. Ou seja: R$ 5,12 por ano a cada R$ 100 investidos.

É claro, os cálculos acima foram feitos com base no rendimento bruto das aplicações. Caso você saque o dinheiro, terá de pagar Imposto de Renda de acordo com o tempo em que a quantia permaneceu investida, sendo:

imposto de renda sobre investimentos de renda fixa

Tesouro Selic

Um dos investimentos mais seguros do mercado, o Tesouro Selic é geralmente o primeiro investimento de quem sai da poupança.

E como você viu aqui, é perfeitamente possível investir nesse título público pela plataforma do Banco Inter.

O rendimento do Tesouro Selic acompanha a taxa básica de juros do país. Logo, ele rende cerca de 6,5% ao ano.

Acontece que a taxa de custódia do Tesouro Direto e o spread desse título diminuem um pouco o resultado final da aplicação.

Em termos de liquidez, esse investimento oferece a possibilidade de resgatar o dinheiro no mesmo dia.

Porém, isso só será possível caso seja respeitado o horário de negociações no Tesouro Direto (das 9h às 18h em dias úteis). Caso contrário, o dinheiro só será creditado para você no dia seguinte.

LCI ou LCA

Apesar de serem aplicações com liquidez no vencimento, sabia que é possível montar uma reserva de emergência com LCIs ou LCAs no Banco Inter?

Isso porque o prazo mínimo de vencimento dos títulos da plataforma é de 90 dias (três meses), com rentabilidade a partir de 90% do CDI.

LCI do Banco Inter: aplicação

(tela de aplicação em LCI do Banco Inter)

Como esse tempo é relativamente curto, é possível investir a reserva e aproveitar que esses investimentos são isentos de IR. Além disso, eles rendem mais do que a poupança e oferecem a mesma segurança.

Um ponto importante: você percebeu que a rentabilidade aumenta conforme o valor investido?

Preste atenção nisso! A garantia do FGC só vale para aplicações e depósitos até R$ 250 mil no banco. Ou seja: para contar com a proteção, você precisa investir abaixo desse valor.

Dessa maneira, outra forma de aumentar a sua rentabilidade é aumentar o prazo do investimento.

Nesse sentido, há opções com vencimento em 180 dias (6 meses), 360 dias (1 ano), 720 dias (2 anos) e assim por diante.  

Entretanto, para reserva de emergência, os investimentos mais indicados são aqueles que têm mais liquidez.

Outra opção que eu testei foi dividir a minha reserva em três partes e aplicar cada uma em um mês diferente.

Assim, eu criei uma espécie de renda mensal de emergência, com dinheiro caindo na minha conta todo mês.

Sim, fazer isso dá trabalho! Mas o rendimento é um pouco maior do que um CDB com liquidez diária em três meses.

Quem mostra isso é o próprio simulador de investimentos do Banco Inter.

Simulador de investimentos do Banco Inter: LCI 90 dias

(simulação de investimento de R$ 100 em LCI DI 90 do Banco Inter, que rende 90% do CDI e é isento de IR)

Simulador de investimentos do Banco Inter: CDB liquidez diária

(simulação de investimento de R$ 100 em CDB liquidez diária do Banco Inter, que rende 100% do CDI)

Mas é claro, esse esforço não é necessário se você não precisa do dinheiro disponível a qualquer momento. Pensando nisso, vamos ao próximo tópico.

Melhores investimentos para quem quer ter mais rentabilidade

Como vimos, o Banco Inter oferece muitas opções para quem quer investir com diferentes prazos. Mas para fazer a melhor escolha, é essencial ter seus objetivos em mente.

Afinal, um investimento para reserva de emergência tem características bem diferentes de uma aplicação para comprar a casa própria.

Por sua vez, construir e multiplicar seu patrimônio também exige uma estratégia diferente.

Se você tem objetivos que demandam mais dinheiro e levarão mais tempo para serem realizados, uma carteira diversificada pode ser ideal para você.

Essa é a solução que nós recomendamos para quem quer mais facilidade para cuidar de seu dinheiro e deseja aumentar o retorno de seus investimentos, mantendo o nível de risco mais adequado para seu perfil.  

Aqui na Magnetis, por exemplo, trabalhamos com diversificação de investimentos e opções para variados perfis (dos mais conservadores aos mais arrojados). Sempre consideramos os objetivos de médio e longo prazos dos nossos clientes.

Como montamos carteiras diversificadas, elas acabam sendo mais resistentes a mudanças na economia e capturam com mais segurança os momentos positivos do mercado.

Assim, o melhor resultado aparece no longo prazo. Quer tirar a prova? Faça aqui a sua própria simulação.

Uma ferramenta para conhecer mais sobre investimentos

O Banco Inter é uma plataforma que oferece diversas possibilidades para quem quer investir. Há desde aplicações mais tradicionais até investimentos mais arrojados.

No entanto, o banco não oferece um serviço de consultoria de investimentos para seus clientes. Todas as aplicações precisam ser feitas por conta própria.

Assim, se você está em busca de entender cada parte da sopa de letrinhas do mercado financeiro, vai encontrar bastante insumo na plataforma.

Porém, se você quiser fazer investimentos sem ter de se preocupar com siglas, prazos e taxas, existem outras opções que podem te atender melhor.

Volto a destacar: a diversificação é a estratégia mais recomendada para quem quer aumentar seu patrimônio ao longo do tempo

Isso porque ela protege sua carteira em tempos de turbulência no mercado e, dessa forma, gera retornos mais consistentes. 

Quer saber como começar a investir com diversificação? Confira aqui como a Magnetis pode te ajudar. 😉 E, claro, também esperamos seu comentário aqui no post!

Luciano

Malena Oliveira é jornalista especializada em Finanças pela B3 Educação e redatora na Magnetis.

Se você já pesquisou sobre os bancos digitais, deve ter ouvido falar do Banco Inter. Conta-corrente digital grátis, cartão de crédito sem anuidade e investimentos com taxa zero são alguns dos serviços que ele oferece. Mas como será que eles funcionam na prática?

A Magnetis é uma fintech especializada em investimentos. Nosso CEO, Luciano Tavares, lançou em 2016 uma série para testar os serviços que empresas digitais oferecem e tirar a dúvida: vale a pena deixar de usar os serviços dos grandes bancos? Assim nasceu o Desafio Fintech.

A grande pergunta do desafio é: dá para resolver as questões do dia a dia sem depender de um banco tradicional? É isso o que vamos ver aqui! 😉

Não vou dar spoilers por enquanto, mas prometo que você vai ver neste post:

 

Neste desafio, eu falo da minha experiência com a conta-corrente e os investimentos no Banco Inter e dou algumas dicas para montar a reserva de emergência.

Aproveite para tirar suas dúvidas e, caso não encontre alguma resposta, deixe sua pergunta nos comentários ao fim do post. Vamos começar?

O que é o Banco Inter?

Fundado como a financeira Intermedium em 1994, o Banco Inter é hoje um dos principais bancos digitais do Brasil. A empresa pertence à família Menin, dona da construtora MRV, e é patrocinadora oficial do São Paulo Futebol Clube (SPFC).

Inicialmente, as especialidades eram crédito imobiliário e crédito consignado. Em 2008, obteve a licença junto ao Banco Central para se tornar um banco e mudou o nome para Banco Intermedium.

Em 2014, a empresa lançou uma conta-corrente gratuita que podia ser movimentada por computador ou smartphone. Porém, somente em 2016 o processo de abertura passou a ser 100% online, na esteira de novas regras implementadas pelo Banco Central.

Em 2017,  encurtou o nome para Banco Inter e passou a ter ações negociadas na bolsa de valores (BIDI4). Hoje, tem mais de 2 milhões de correntistas.

O Banco Inter é confiável?

O Banco Inter é uma instituição autorizada a operar no Brasil pelo Banco Central. Isso significa que ele precisou passar por uma série de verificações e está sujeito à fiscalização periódica.

Além disso, por oferecer investimentos, o banco também precisou obter uma licença da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que também faz avaliações periódicas sobre as atividades nesse ramo.

O banco também é associada ao Fundo Garantidor de Créditos (FGC). O fundo privado garante a devolução de até R$ 250 mil em investimentos e depósitos para cada cliente do banco em caso de falência.

Porém, como todas as transações são feitas online, segurança é algo que exige mais atenção.

Vazamento já atingiu 20 mil clientes

Em maio de 2018, um vazamento de dados atingiu cerca de 20 mil correntistas. Na época, o banco acabava de lançar suas ações na bolsa de valores.

Após investigações, o banco admitiu a falha na segurança. Também fez um acordo com o Ministério Público para pagar R$ 1,5 milhão em indenização a órgãos que combatem crimes virtuais.

O banco afirmou que uma pessoa autorizada compilou dados sensíveis, como CPF, e-mail, endereço e código de segurança do cartão (CVV).

Depois, eles foram usados por hackers em uma tentativa de extorsão. Como não houve sucesso, as informações foram divulgadas na web.

É verdade que, depois do vazamento, o banco trabalhou em melhorias para reforçar a segurança. Uma das principais é o i-Safe, um código gerado a partir do app para celular para autorizar transações.

Cuidar da sua segurança nunca é demais. Por isso, aqui vão algumas dicas:

  • jamais compartilhe dados pessoais com quem você não confia;
  • tome um cuidado especial com os locais em que você armazena documentos, especialmente o seu CPF e dados bancários (números de conta-corrente e cartão de crédito e débito);
  • preste atenção no seu celular! Ele é usado para liberar todas as suas transações. Por isso, evite compartilhá-lo com terceiros, inclusive com crianças.

Como funciona o Banco Inter?

O Banco Inter oferece serviços 100% online, que podem ser acessados por computador ou app para celular. Alguns deles são:

  • conta-corrente digital gratuita;
  • cartão de crédito e débito;
  • investimentos: renda fixa, renda variável, fundos de investimento, previdência privada e grupos de investimento;
  • portabilidade de salário;
  • câmbio (compra e venda de moeda estrangeira);
  • empréstimo;
  • seguros;
  • consórcio.

Para ter acesso, é preciso solicitar a abertura de conta e aguardar a aprovação do banco. Como em todas as demais instituições desse tipo, há casos em que o cadastro pode ser rejeitado.

A sede do banco fica em Belo Horizonte (MG), mas ele não possui agências físicas. Todo atendimento é feito por e-mail, chat ou telefone.

Agora, você deve estar se perguntando: como é possível depositar e sacar dinheiro da conta digital? É isso o que veremos nos próximos tópicos.

Como abrir uma conta-corrente digital no Banco Inter?

Para abrir uma conta no Banco Inter, é necessário baixar o aplicativo do banco. Os documentos necessários são:

  • documento pessoal de identificação com foto (RG ou carteira de motorista);
  • documento do marido ou da esposa (caso você seja casado ou casada);
  • comprovante de residência;
  • assinatura.

Basta tirar uma foto ou subir um arquivo já salvo com esses documentos. Depois de submetê-los, é necessário esperar a aprovação da sua conta.

Abrir conta no Banco InterAbrir conta no Banco Inter

(Banco Inter: tela de abertura de conta)

A conta oferece ainda um cartão de crédito sem anuidade. Para solicitá-lo, é necessário esperar a abertura da conta.

O pedido pode ser feito pelo próprio aplicativo e demanda uma análise de crédito para aprovação do limite.

Após esse processo, o cartão leva cerca de uma semana para ser emitido e chegar até você, caso seja aprovado.

Por último, o banco também oferece uma conta digital gratuita para pessoa jurídica (PJ). O processo de abertura é semelhante à conta digital para pessoa física e também exige um processo de análise.

Como sacar dinheiro do Banco Inter?

Apesar de o banco não ter agência física, é possível sacar dinheiro na rede Banco24Horas, que tem terminais eletrônicos em todo o Brasil.

Não há tarifas para o saque mas, segundo o banco, há um limite diário de R$ 3 mil por operação.

Como depositar dinheiro no Banco Inter?

Para depositar dinheiro, é necessário gerar um boleto no aplicativo ou no internet banking.

Depois, basta pagá-lo em casas lotéricas ou qualquer correspondente bancário que aceite pagamentos, inclusive agências de outros bancos. O valor leva pelo menos um dia útil para ficar disponível na conta.

Também é possível fazer depósito por cheque ou transferência bancária. Vale lembrar que o banco oferece TEDs gratuitas para outros bancos, mas nem sempre o contrário acontece.

Vantagens da conta digital do Banco Inter

  • abertura e movimentação de conta 100% online;
  • transferência de dinheiro (TED) gratuita;
  • cartão de crédito sem anuidade;
  • atendimento por chat, email e telefone.

Desvantagens da conta digital do Banco Inter

  • não existem agências físicas e nem caixas eletrônicos: depositar dinheiro físico exige um pouco mais energia do que nos bancos tradicionais;
  • débito automático: ainda não há muitos convênios com instituições. Pode ser que você não consiga cadastrar alguma de suas contas.

Vale a pena investir no Banco Inter?

Muitas pessoas nos perguntam quais são os melhores investimentos, pois indicar as opções faz parte do nosso trabalho. Por isso, fizemos a nossa avaliação.

Vamos ver a partir de agora quais são as alternativas disponíveis na plataforma e quando vale a pena investir em cada uma delas.

O primeiro passo é acessar a aba de investimentos, chamada de Plataforma Aberta Inter (PAI Investimentos).

Depois, é necessário preencher um questionário para avaliar seu perfil de investidor (suitability). Essa etapa é que vai determinar quais aplicações estarão disponíveis para você.

Se você não tiver acesso a alguma das alternativas que vamos mostrar aqui, não se preocupe. Elas podem não ser adequadas para você.

O ideal é buscar a ajuda de um profissional de investimentos para entender o que realmente vale a pena no seu caso.

Banco Inter investimentosBanco Inter investimentos

(Banco Inter: tela inicial da conta-corrente digital)

Poupança do Banco Inter vale a pena?

Se você já conhece um pouco mais sobre o universo dos investimentos, já sabe que o rendimento da poupança é o menor do mercado: hoje a caderneta rende 4,55% ao ano.

Como a poupança é um investimento regulado pelo governo, não há nenhuma diferença entre a poupança do Banco Inter, a poupança da Caixa, a poupança do Itaú, a poupança do Bradesco, a poupança do Banco do Brasil e assim por diante.

Assim, só vale a pena investir na poupança se você movimentar esse dinheiro com muita frequência. 

Caso você consiga manter alguma quantia aplicada por pelo menos 30 dias, já existem outras alternativas que compensam, como veremos a seguir.

Tesouro Direto no Banco Inter vale a pena?

Por ser um programa do governo, o Tesouro Direto tem as mesmas taxas de rendimento no Banco Inter vistas em outras instituições. E, assim como a maioria das corretoras independentes e até grandes bancos, também oferece taxa zero.

O processo para acessar a plataforma de compra e venda de títulos públicos é feita pelo internet banking. Basta acessar a aba Investimentos >> Cadastro Tesouro Direto e fazer a liberação clicando em um botão.

Em seguida, você receberá um e-mail com sua senha de acesso e já poderá comprar e vender seus títulos.

Banco Inter InvestimentosBanco Inter Investimentos

(Banco Inter: aba de investimentos no internet banking)

Previdência privada do Banco Inter vale a pena?

O Banco Inter também oferece investimentos em fundos de previdência privada. Os planos são feitos por meio de uma parceria com a Icatu Seguros, atualmente a maior gestora independente de previdência privada do Brasil.

Cada plano leva em consideração os valores que você pode investir, em quanto tempo você quer retirar o dinheiro e se você deseja fazer um saque único ou ter uma renda mensal.

Além disso, a forma como você paga o seu Imposto de Renda também conta. Por isso, há opções mais indicadas para quem faz a declaração simples (planos do tipo VGBL) e alternativas mais adequadas para quem faz a declaração completa (planos do tipo PGBL).

A análise do seu perfil e a contratação do plano podem ser feitos pelo aplicativo e podem ser feitos no mesmo dia.

Mas como a previdência privada tem muitas particularidades, é bastante difícil compará-la com outros investimentos.

Mas é claro, se você fizer um plano que, por algum motivo, não serve mais para você, sempre é possível fazer a portabilidade gratuita para outra instituição.

Investimentos de renda fixa do Banco Inter

Os seguintes investimentos de renda fixa estão disponíveis no aplicativo, com uma aplicação mínima a partir de R$ 100:

  • poupança;
  • Tesouro Direto;
  • CDB liquidez diária que rende 100% do CDI;
  • CDBs de outros bancos que rendem a partir de 98,5% do CDI e que têm diferentes prazos de vencimento;
  • LCI DI: investimentos isentos de Imposto de Renda (IR) emitidos pelo próprio banco para financiar o mercado imobiliário. Têm garantia do FGC;
  • LCI IGPM: tipo de LCI que paga uma taxa prefixada, mais o acumulado do IGPM (índice usado em reajustes de aluguel) no período;
  • LCI IPCA: tipo de LCI que paga uma taxa prefixada, mais o acumulado do IPCA (índice oficial de inflação) no período;
  • LCA: investimentos isentos de Imposto de Renda (IR) emitidos pelo próprio banco para financiar o agronegócio. Têm garantia do FGC;
  • CRI/CRA: investimentos emitidos por empresas e comercializados pela plataforma do banco. Não têm garantia do FGC;
  • Debêntures: títulos de renda fixa emitidos por empresas. Não têm garantia do FGC
  • grupos de investimentos: o banco oferece a possibilidade de investir em um grupo de até 50 pessoas. Quanto maior é o número, maior é a rentabilidade das aplicação. os investimentos são de renda fixa e têm prazos variados. Falaremos deles mais adiante.

Para investir em qualquer uma dessas aplicações, basta acessar a plataforma e escolher a sua opção.

Como resgatar investimentos antes do prazo no Banco Inter

Muitas pessoas têm dúvidas sobre se vale a pena resgatar investimentos antes do prazo de vencimento.

No caso das aplicações de renda fixa, como CDB, LCI e LCA, é possível fazer o saque antecipado. Porém, isso só é recomendado caso você tenha alguma emergência.

Quando você liquida um investimento antes do prazo, seja no Tesouro Direto ou em renda fixa, você recebe só uma parte da rentabilidade contratada até aquele momento. A única exceção é o CDB com liquidez diária.

O mecanismo acaba funcionando como uma penalidade, já que o acordo inicial (manter a aplicação até o vencimento) foi quebrado.

Além disso, nem todas as instituições aceitam esse resgate. Assim, só é possível resgatar antes do prazo:

  • investimentos no Tesouro Direto;
  • investimentos de renda fixa junto ao banco emissor;
  • investimentos negociados no mercado secundário.

O Banco Inter oferece essa possibilidade para seus correntistas, mas é necessário entrar em contato para avaliar as condições.

Investimentos de renda variável do Banco Inter

O aplicativo do Banco Inter possui um home broker, que é uma plataforma que acessa o sistema da bolsa de valores.

Por meio dele, é possível comprar, vender e acompanhar qualquer ativo negociado na B3, a bolsa brasileira.

A taxa de corretagem é zero, assim como a tarifa de custódia. É possível investir em:

  • ações;
  • opções de ações;
  • fundos de investimento imobiliário;
  • ETFs;
  • derivativos e outros.

Banco Inter home brokerBanco Inter home broker

(tela do home broker do Banco Inter no celular)

(Banco Inter: tela do home broker no computador – clique na imagem para ampliar)

Fundos de investimento do Banco Inter

O Banco Inter também oferece um cardápio de fundos de investimento para seus correntistas, de acordo com o perfil de cada pessoa. Há, por exemplo:

  • fundos de renda fixa;
  • fundos de ações;
  • fundos multimercado.

Recentemente, o banco também começou a ofertar o que ele chama de cashback de fundos de investimento. Isso nada mais é do que uma prática conhecida no mercado como devolução de rebate.

Rebate é o que uma instituição recebe por comercializar fundos de investimento de outras empresas.

É algo semelhante ao que acontece no supermercado: a empresa compra itens de fornecedores e coloca os produtos na prateleira para o consumidor final.

Cada supermercado tem um tipo de negociação diferente com seus fornecedores, e daí o desconto pode ser maior ou menor.

Como você já deve ter percebido, essa negociação interfere diretamente no preço final dos itens. No caso dos investimentos, ela influencia a rentabilidade das aplicações.

Quando há a devolução desse rebate, significa que a instituição está transferindo para o fundo o desconto que ela recebeu na negociação, em um processo semelhante ao cashback. Logo, o fundo tem uma rentabilidade um pouco maior.

Essa prática não é nova. A Magnetis, por exemplo, devolve o rebate para seus fundos de investimento desde julho de 2017, quando mudamos a estrutura de nossas carteiras.

É verdade que nem todas as corretoras praticam a devolução do rebate em fundos de investimento. Porém, essa é uma tendência que promete se consolidar nos próximos anos.

Grupo de investimento do Banco Inter: como funciona? Vale a pena?

O Banco Inter é uma das poucas instituições no Brasil que hoje oferece a possibilidade de investir em grupo.

Funciona da seguinte maneira: uma pessoa pode criar um grupo de investimento ou pode pedir para fazer parte de um já existente. Cada grupo pode ter até 50 integrantes.

Cada pessoa investe individualmente nas aplicações de renda fixa do banco e, assim, o dinheiro dos participantes não se mistura. Quanto mais membros um grupo de investimentos tiver, maior será a rentabilidade que o banco oferecerá nas suas aplicações.

Nesse caso, dependendo da rentabilidade oferecida, um grupo de investimentos pode ser mais vantajoso do que investir sozinho ou sozinha. É claro, sempre valem os cuidados básicos de segurança.

Banco Inter ou Nubank: qual é melhor?

Quando se fala em conta digital, um nome bastante famoso é o Nubank, apesar de existirem outras opções igualmente interessantes nesse ramo.

Aqui na Magnetis, nós recebemos muitas dúvidas sobre como é investir nessas duas empresas. Então, eu resolvi comparar: o que é melhor: Banco Inter ou Nubank?

Muitos posts em sites e fóruns já deram conta de falar sobre as diferenças entre a conta corrente e o cartão de crédito que cada um oferece.

Como também já fizemos um Desafio Fintech também sobre a NuConta, podemos explorar mais detalhes. Vamos começar?

NuConta ou CDB do Banco Inter?

Como você viu anteriormente, o Banco Inter oferece um CDB com liquidez diária que rende 100% do CDI.

Se você já viu o nosso post sobre a NuConta, sabe que as aplicações na conta digital do Nubank também rendem a mesma coisa.

Mas o que isso significa, na prática? Um investimento que rende 100% do CDI é aquele que entrega o valor total dessa taxa​, que hoje está em 6,4% ao ano.

No entanto, pode acontecer de alguém confundir as rentabilidades e acreditar que a NuConta rende mais.

Isso porque ela mostra o ganho líquido do investimento desde a aplicação inicial, já descontando impostos.

Rendimento da NucontaRendimento da Nuconta

(rendimento líquido acumulado da NuConta)

No caso do CDB do Banco Inter, é necessário acessar a aba de Investimentos >> Minha Carteira >> Renda Fixa >> Saldo.

Só então você poderá ver detalhes como valor bruto e valor líquido do seu investimento, além dos impostos e a taxa de rentabilidade.

CDB do Banco Inter: qual é o rendimento?CDB do Banco Inter: qual é o rendimento?

(detalhes de uma aplicação no CDB de liquidez diária do Banco Inter)

Então, a conclusão é que tanto o CDB do Banco Inter quanto a NuConta rendem exatamente a mesma coisa. A diferença é a maneira como essas informações são mostradas na tela dos aplicativos.

Porém, o maior diferencial do Banco Inter em relação à NuConta é a garantia do FGC.

Apesar de o Nubank já ter a licença do Banco Central para atuar como banco, sua conta digital é uma conta de pagamentos e, portanto, não tem FGC. Sua função é basicamente servir como caixa para o pagamento do cartão.

Como montar a sua reserva de emergência no Banco Inter?

Falamos bastante aqui no blog sobre a importância de manter uma reserva de emergência: aquele dinheiro que você separa para algum imprevisto ou oportunidade de última hora.

Mas onde investir esse dinheiro? O Banco Inter oferece algumas opções.

CDB liquidez diária

Como você viu no tópico anterior, o CDB de liquidez diária que o Banco Inter oferece rende 100% do CDI, ou seja, 6,4% ao ano. Isso significa um ganho de R$ 6,40 por ano a cada R$ 100 investidos.

Para você ter uma ideia, um CDB desse tipo nos grandes bancos paga, em média, 80% do CDI. Ou seja: R$ 5,12 por ano a cada R$ 100 investidos.

É claro, os cálculos acima foram feitos com base no rendimento bruto das aplicações. Caso você saque o dinheiro, terá de pagar Imposto de Renda de acordo com o tempo em que a quantia permaneceu investida, sendo:

imposto de renda sobre investimentos de renda fixaimposto de renda sobre investimentos de renda fixa

Tesouro Selic

Um dos investimentos mais seguros do mercado, o Tesouro Selic é geralmente o primeiro investimento de quem sai da poupança.

E como você viu aqui, é perfeitamente possível investir nesse título público pela plataforma do Banco Inter.

O rendimento do Tesouro Selic acompanha a taxa básica de juros do país. Logo, ele rende cerca de 6,5% ao ano.

Acontece que a taxa de custódia do Tesouro Direto e o spread desse título diminuem um pouco o resultado final da aplicação.

Em termos de liquidez, esse investimento oferece a possibilidade de resgatar o dinheiro no mesmo dia.

Porém, isso só será possível caso seja respeitado o horário de negociações no Tesouro Direto (das 9h às 18h em dias úteis). Caso contrário, o dinheiro só será creditado para você no dia seguinte.

LCI ou LCA

Apesar de serem aplicações com liquidez no vencimento, sabia que é possível montar uma reserva de emergência com LCIs ou LCAs no Banco Inter?

Isso porque o prazo mínimo de vencimento dos títulos da plataforma é de 90 dias (três meses), com rentabilidade a partir de 90% do CDI.

LCI do Banco Inter: aplicaçãoLCI do Banco Inter: aplicação

(tela de aplicação em LCI do Banco Inter)

Como esse tempo é relativamente curto, é possível investir a reserva e aproveitar que esses investimentos são isentos de IR. Além disso, eles rendem mais do que a poupança e oferecem a mesma segurança.

Um ponto importante: você percebeu que a rentabilidade aumenta conforme o valor investido?

Preste atenção nisso! A garantia do FGC só vale para aplicações e depósitos até R$ 250 mil no banco. Ou seja: para contar com a proteção, você precisa investir abaixo desse valor.

Dessa maneira, outra forma de aumentar a sua rentabilidade é aumentar o prazo do investimento.

Nesse sentido, há opções com vencimento em 180 dias (6 meses), 360 dias (1 ano), 720 dias (2 anos) e assim por diante.

Entretanto, para reserva de emergência, os investimentos mais indicados são aqueles que têm mais liquidez.

Outra opção que eu testei foi dividir a minha reserva em três partes e aplicar cada uma em um mês diferente.

Assim, eu criei uma espécie de renda mensal de emergência, com dinheiro caindo na minha conta todo mês.

Sim, fazer isso dá trabalho! Mas o rendimento é um pouco maior do que um CDB com liquidez diária em três meses.

Quem mostra isso é o próprio simulador de investimentos do Banco Inter.

Simulador de investimentos do Banco Inter: LCI 90 diasSimulador de investimentos do Banco Inter: LCI 90 dias

(simulação de investimento de R$ 100 em LCI DI 90 do Banco Inter, que rende 90% do CDI e é isento de IR)

Simulador de investimentos do Banco Inter: CDB liquidez diáriaSimulador de investimentos do Banco Inter: CDB liquidez diária

(simulação de investimento de R$ 100 em CDB liquidez diária do Banco Inter, que rende 100% do CDI)

Mas é claro, esse esforço não é necessário se você não precisa do dinheiro disponível a qualquer momento. Pensando nisso, vamos ao próximo tópico.

Melhores investimentos para quem quer ter mais rentabilidade

Como vimos, o Banco Inter oferece muitas opções para quem quer investir com diferentes prazos. Mas para fazer a melhor escolha, é essencial ter seus objetivos em mente.

Afinal, um investimento para reserva de emergência tem características bem diferentes de uma aplicação para comprar a casa própria.

Por sua vez, construir e multiplicar seu patrimônio também exige uma estratégia diferente.

Se você tem objetivos que demandam mais dinheiro e levarão mais tempo para serem realizados, uma carteira diversificada pode ser ideal para você.

Essa é a solução que nós recomendamos para quem quer mais facilidade para cuidar de seu dinheiro e deseja aumentar o retorno de seus investimentos, mantendo o nível de risco mais adequado para seu perfil.  

Aqui na Magnetis, por exemplo, trabalhamos com diversificação de investimentos e opções para variados perfis (dos mais conservadores aos mais arrojados). Sempre consideramos os objetivos de médio e longo prazos dos nossos clientes.

Como montamos carteiras diversificadas, elas acabam sendo mais resistentes a mudanças na economia e capturam com mais segurança os momentos positivos do mercado.

Assim, o melhor resultado aparece no longo prazo. Quer tirar a prova? Faça aqui a sua própria simulação.

Uma ferramenta para conhecer mais sobre investimentos

O Banco Inter é uma plataforma que oferece diversas possibilidades para quem quer investir. Há desde aplicações mais tradicionais até investimentos mais arrojados.

No entanto, o banco não oferece um serviço de consultoria de investimentos para seus clientes. Todas as aplicações precisam ser feitas por conta própria.

Assim, se você está em busca de entender cada parte da sopa de letrinhas do mercado financeiro, vai encontrar bastante insumo na plataforma.

Porém, se você quiser fazer investimentos sem ter de se preocupar com siglas, prazos e taxas, existem outras opções que podem te atender melhor.

Volto a destacar: a diversificação é a estratégia mais recomendada para quem quer aumentar seu patrimônio ao longo do tempo.

Isso porque ela protege sua carteira em tempos de turbulência no mercado e, dessa forma, gera retornos mais consistentes. 

Quer saber como começar a investir com diversificação? Confira aqui como a Magnetis pode te ajudar. 😉 E, claro, também esperamos seu comentário aqui no post!

LucianoLuciano

Malena Oliveira é jornalista especializada em Finanças pela B3 Educação e redatora na Magnetis.

Banco Inter vale a pena? Saiba como é abrir conta e investir [Desafio Fintech]
5 (100%) 141 vote[s]