Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Neon: tudo o que você precisa saber sobre esse banco digital

Se você se interessa pelo universo dos bancos digitais, já deve ter ouvido falar da Neon. 

O nome se refere tanto ao extinto Banco Neon (fechado definitivamente pelo Banco Central em dezembro de 2019) quanto à fintech Neon Pagamentos, que oferece conta digital, cartão de crédito e investimentos.

Sem tempo para ler? Que tal ouvir este conteúdo? Aperte o play ou faça o download a seguir:

A partir de agora, você vai entender qual é a diferença entre o banco e a fintech Neon Pagamentos. Vamos começar?

Quem é Neon?

Neon Pagamentos S.A. é o nome de uma fintech fundada em 2016 por Pedro Conrade. Sua precursora é uma empresa de pagamentos chamada Controlly.

No início, a fintech se uniu ao Banco Pottencial para oferecer uma conta digital completa.

O banco passou a se chamar Banco Neon, mas manteve operações separadas da fintech.

Veja mais: NuConta vale a pena? Saiba mais sobre a conta digital gratuita do Nubank!

O Banco Neon faliu?

Em maio de 2018, o Banco Central fechou o Banco Neon (antigo Banco Pottencial) por gestão irregular. Em dezembro de 2019, o BC cancelou a autorização que ele ainda tinha para operar.

As pessoas afetadas foram aquelas que tinham CDBs do Neon. Porém, o Fundo Garantidor de Créditos (FGC) foi acionado e devolveu o dinheiro dos correntistas em 14 dias

A Neon Pagamentos não foi afetada e continua funcionando normalmente. A empresa oferece conta-corrente digital, cartão de crédito e investimentos.

Em maio de 2018, a Neon fez uma parceria com o Banco Votorantim, que passou a cuidar da conta-corrente e dos investimentos oferecidos.

A partir de então, os clientes do antigo Banco Neon foram migrados para o Votorantim.

Veja mais: Testamos o C6 Bank! Veja detalhes sobre conta-corrente, cartões e investimentos

Como é abrir conta na fintech Neon?

A conta digital que a instituição oferece é 100% online e parcialmente gratuita. Para abrir uma conta é preciso:

  • baixar o aplicativo do banco para celular (sistemas Android ou iOS);
  • informar nome e CPF;
  • fazer um depósito inicial de R$ 10 para ativar a conta (o dinheiro fica disponível para ser usado pelo cliente depois).

A instituição não pede comprovação de renda e nem de endereço. Basta que a pessoa seja maior de 18 anos.

No entanto, a Neon tem liberdade para aceitar ou recusar cadastros conforme o seu interesse. O prazo de avaliação é de 7 dias úteis.

Quais são as tarifas da conta-corrente?

Em relação à conta-corrente digital, a instituição oferece duas modalidades de serviço:

Neon

A conta regular não possui taxa de abertura, manutenção ou encerramento. Ela oferece:

  • cartão de crédito sem anuidade;
  • transferência gratuita entre contas Neon;
  • transferência gratuita para outros bancos;
  • depósito gratuito via boleto;
  • 1 saque gratuito por mês na rede Banco 24h.

Quanto às demais tarifas, elas são:

  • R$ 6,90 por demais saques na rede Banco 24h;
  • 4% + IOF sobre o valor de cada compra internacional.

Neon+

A modalidade está disponível para os clientes que fazem pelo menos 10 compras com o cartão Neon por mês. É necessário solicitar a ativação pelo aplicativo.

Todas as operações na modalidade são gratuitas, independente da frequência. O saque na rede Banco 24h, porém, é cobrado a partir da 5ª retirada no mês. Cada operação também custa R$ 6,90.

Veja mais: Banco Inter vale a pena? Confira o nosso teste!

Cartão de crédito Neon vale a pena?

O cartão de crédito oferecido é internacional e possui bandeira Visa. A instituição oferece duas versões:

  • cartão físico: para compras presenciais;
  • cartão virtual: para assinaturas de serviços e compras online.

No caso das compras internacionais, a taxa é de 4% sobre o valor da compra, mais o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que hoje é de 6,38%.

E quanto aos investimentos?

A Neon oferece três mecanismos de investimento, todos em aplicações de renda fixa.

As aplicações são feitas em CDBs de liquidez diária, com investimento mínimo a partir de R$ 1.

Objetivos

O rendimento é progressivo e fica entre 95% e 101% do CDI, dependendo do tempo da aplicação.

Nessa modalidade, é necessário definir uma quantia para investir todo mês.

Investimento livre

Tal como na função Objetivos, o rendimento é progressivo e também fica entre 95% e 101% do CDI.

A diferença é que não é necessário fazer aplicações mensais. A ideia é que essa modalidade seja usada como reserva de emergência pelos clientes.

Arredondar Meus Centavos

A função permite arredondar para cima os valores gastos em compras e investir essa diferença em um CDB da instituição.

Por exemplo: se você faz uma compra de R$ 5,90 no cartão, o valor cobrado será de R$ 6.

Os R$ 0,10 de diferença serão acumulados até o valor mínimo de R$ 10 e, em seguida, serão transferidos para a modalidade Investimento Livre.

É possível ativar a função pelo aplicativo do banco e programá-la para multiplicar em até 10 vezes a diferença entre o valor da compra e o valor arredondado.

Vale a pena investir na Neon?

A instituição oferece soluções interessantes para quem quer se livrar das tarifas cobradas nos grandes bancos. Além disso, é uma alternativa para quem busca montar uma reserva de emergência.

Assim, a Neon é uma opção para quem está começando a investir e quer sair da poupança, pois suas aplicações já oferecem rendimento melhor.

Por outro lado, quem deseja fazer investimentos mais sofisticados precisa buscar outras alternativas, como as corretoras de valores ou as consultorias de investimento.

Agora que você entende melhor o que é a Neon e como ela funciona, que tal saber um pouco mais sobre como uma consultoria de investimentos pode ajudar você? Baixe grátis o Guia Completo sobre Consultoria de Investimentos e tire suas dúvidas!

Malena Oliveira

Especialista em Finanças Pessoais e membro do Grupo Consultivo de Educação Financeira da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

leia mais desse autor