Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

Bem-estar financeiro: por que é importante e como alcançá-lo?

O bem-estar financeiro é benéfico não apenas para a saúde das finanças, mas também para o equilíbrio psicológico e social. 

Afinal, dívidas e problemas relacionados a dinheiro geram desconfortos que impactam negativamente outras áreas da vida. 

O cenário contemporâneo – marcado pelo desemprego, altos custos de produtos e serviços essenciais, sem contar os imprevistos – levanta dúvidas em relação à melhor forma de lidar com as finanças e sobre como conquistar o bem-estar financeiro.

Quer saber como atingir essa meta de forma simples? Então, confira neste artigo algumas dicas para alcançar a tranquilidade nas finanças.

Bem-estar financeiro: entenda o conceito 

O bem-estar financeiro é o conceito de uma condição em que a vida financeira encontra-se estabilizada, possibilitando que todas as obrigações relacionadas ao dinheiro sejam cumpridas.

Essa posição é desejada por todas as pessoas, uma vez que oferece segurança em relação ao futuro, além da possibilidade de executar projetos sem maiores preocupações quanto a recursos financeiros. 

Por outro lado, o estresse financeiro caracteriza-se como uma situação em que as questões associadas ao dinheiro causam diversos problemas e impactam de forma negativa a qualidade de vida.

Viver sob essa circunstância é bastante desafiador, pois uma pessoa nessas condições pode apresentar comportamentos de irritação, desmotivação e descrença em relação aos projetos, além da queda do padrão de vida e da baixa produtividade no trabalho. 

Por que é importante alcançar o bem-estar financeiro? 

O estresse relacionado à vida financeira proporciona várias situações desagradáveis. Algumas delas são: 

  • Receio de demissão do emprego. O medo de ser demitido impacta a qualidade de vida e a execução das tarefas diárias no trabalho, por conta da tensão sobre a possibilidade de faltar dinheiro para suprir até mesmo as necessidades básicas.
  • Dívidas. A sucessão de dívidas pode levar a uma situação de inadimplência e prejudicar as finanças mensais.
  • Impossibilidade de dar andamento a projetos. A vida financeira desequilibrada dificulta a realização de projetos, metas e até planos pessoais – viagens, aquisição de produtos, realização de cursos de capacitação profissional, lazer etc.

O bem-estar financeiro, por outro lado, permite:

  • Lidar com imprevistos. Atrasos no pagamento, trocar o pneu do carro, substituir um móvel quebrado etc. são problemas de fácil resolução. 
  • Desfrutar de momentos de lazer sem preocupação com o dinheiro. Torna-se possível realizar viagens, ir ao shopping e a restaurantes, entre outros.
  • Executar planos individuais e familiares. Reformar a casa, trocar o automóvel, pagar a faculdade dos filhos, iniciar o próprio empreendimento e investir em cursos são exemplos de atividades que o bem-estar financeiro permite.

Vale frisar que o bem-estar financeiro não é uma posição que apenas pessoas com altos salários e poder aquisitivo elevado podem alcançar: aliás, muitos indivíduos possuem renda elevada e, mesmo assim, encontram-se diante de desequilíbrios em suas finanças. 

Portanto, independentemente do status social, adquirir o equilíbrio financeiro é fundamental para ter uma vida mais tranquila e realizada.

E como conquistar essa condição? 

Veja, a seguir, os pilares que sustentam o bem-estar financeiro.

Controle das finanças: organização da renda mensal

O controle das finanças é indispensável para obter o bem-estar financeiro – e essa técnica é simples, uma vez que demanda apenas a organização do orçamento, considerando o volume de dinheiro que entra mensalmente.

Por meio desse planejamento, é possível observar o quanto pode ser gasto durante o mês e, assim, evitar dívidas e transtornos relacionados à falta de dinheiro.

Reserva de emergência para lidar com imprevistos

Situações não planejadas podem ocorrer em qualquer momento. Por esse motivo, é importante construir uma reserva de emergência.

Conservar uma parcela da renda mensal por alguns meses consecutivos, para lidar com os imprevistos – despesas médicas, manutenção do automóvel, demissão do emprego, entre outras situações – é uma forma de não comprometer a renda, caminhando para o bem-estar financeiro. 

Pagamento de dívidas

Um dos motivos que levam as pessoas (mesmo aquelas que contam com altos rendimentos) ao estresse financeiro é o não pagamento de dívidas.

Em razão disso, um passo para conquistar uma vida financeira saudável é pagar as contas em dia.

Esse compromisso evita gastos desnecessários com multas, juros, inadimplência ou transtornos para renegociação de débitos.

Estabelecer objetivos

O bem-estar financeiro está relacionado ao estabelecimento de objetivos claros em relação às finanças. Esses propósitos podem ser aumento do patrimônio, início de algum empreendimento, aquisição de novos imóveis etc. 

Vejamos um exemplo. O objetivo de alguém é alcançar uma determinada quantia de dinheiro no período de 12 meses: para isso, uma alternativa é investir em títulos de renda fixa – em que é possível prever a rentabilidade da aplicação –, ou em ativos de renda variável – investimentos mais arriscados, mas com possibilidade de lucros mais altos.

Nesse sentido, indica-se que as metas para alcançar o propósito final sejam decretadas após a constituição de uma boa reserva financeira. Além disso, é importante se organizar para cumprir todas as etapas, a fim de alcançar o objetivo final.

Planejamento do futuro 

Não é indicado esperar chegar a uma idade avançada para, então, começar a lidar com questões que envolvem finanças.

Por isso, planejar o futuro e investir em alternativas para usufruir a aposentadoria com tranquilidade é essencial para evitar transtornos pertinentes a problemas financeiros. 

Clique neste link e veja como a Magnetis pode te ajudar a planejar (e aproveitar) uma aposentadoria saudável. 

Deseja um plano claro para alcançar seus objetivos? Baixe o app para iOS ou Android.

Andressa Siqueira, CFP®
Andressa Siqueira, CFP®

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019. Possui as certificações CEA pela ANBIMA e de planejadora financeira CFP®, trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor