Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

C6 Bank: o que é? Como funciona? Mostramos para você!

Quem se interessa pelo universo dos bancos digitais tem algumas opções de plataformas que podem cuidar do seu dinheiro. Entre elas, o C6 Bank é uma que tem despertado curiosidade.

Fundado por ex-sócios do BTG Pactual, o banco C6 teve a licença de funcionamento concedida em janeiro de 2019 pelo Banco Central. Em março, ele começou a operar em fase beta, apenas para funcionários e clientes convidados. Então, em agosto de 2019, o banco passou a funcionar oficialmente para o público.

Veja mais: Que tal fazer uma análise completa da sua carteira de investimentos? Clique e peça grátis o seu diagnóstico!

Aqui na Magnetis, lançamos em 2016 uma série para testar os serviços das empresas digitais: o Desafio Fintech. A grande proposta desse desafio é identificar se é possível viver sem depender de um grande banco.

Já testamos seguros, opções de conta-corrente digital, cartão de crédito, investimentos e diversos outros serviços. Agora, neste post, vamos ver como é a abertura de uma conta no C6 Bank e o que essa nova fintech oferece.

Confira a seguir e tire suas dúvidas!

O que é C6 Bank?

O C6 Bank (ou Banco C6) é um banco digital que foi fundado em março de 2018 pelos ex-executivos do banco BTG Pactual. São eles: Marcelo Kalim, Carlos Fonseca, Leandro Torres e Luiz Marcelo Calicchio.

A sede da instituição fica em São Paulo, mas o banco também tem um escritório em Nova Iorque. É na sede internacional que o banco desenvolve um sistema para empréstimos e detecção de fraudes em parceria com o Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Como já vimos, a licença para a fintech operar saiu em 2019, e só quem recebia um convite exclusivo podia testar os serviços do banco. Esses foram os chamados beta testers, que experimentaram em primeira mão os recursos que a plataforma oferece.

Pouco mais de dois anos após iniciar suas operações, o banco digital já conta com mais de 2 milhões de clientes. Tal número é muito expressivo, e tem ajudado a consolidar o nome da instituição.

A Magnetis testou os serviços do C6 Bank desde o seu início. Assim, mostramos algumas das funcionalidades que estão disponíveis na instituição financeira, que oferece um atendimento 100% online, ou seja, sem a necessidade de agências físicas.

Acompanhe a seguir!

Quais são os serviços que o C6 Bank oferece?

Como toda fintech, o C6 Bank oferece diversos serviços com tarifa zero para os clientes.Os principais deles são:

  • conta-corrente sem taxas;
  • pagamento de boletos;
  • saques gratuitos;
  • investimentos de renda fixa (CDBs);
  • transferência de dinheiro por WhatsApp ou SMS (C6 Kick);
  • transferência de dinheiro via boletos;
  • cartão de crédito e débito;
  • adesivo com código QR para ser usado no carro, e que permite passar em pedágios sem pegar fila (C6 Taggy);
  • conta PJ;
  • programa de recompensas;
  • atendimento 24 horas.

Em longo prazo, o banco ainda promete lançar produtos como:

  • previdência privada;
  • seguros;
  • câmbio (compra e venda de moeda estrangeira).
(tela de login do app do C6 Bank)

Como funciona o C6 Bank?

O C6 oferece uma conta digital grátis com saques sem tarifa na rede Banco 24 Horas. Não há agências físicas da instituição, assim como acontece com os concorrentes Nubank, Banco Inter e Original.

Veja os principais detalhes sobre o banco a seguir.

Abertura de conta

Abrir uma conta no C6 Bank é um processo bem simples. Basta fazer o download do aplicativo, passar por uma verificação de segurança e completar o cadastro. Durante esse processo é preciso informar os seguintes dados:

  • nome, documentos pessoais e assinatura;
  • dados profissionais;
  • renda mensal e patrimônio.

Depois desse passo a passo, o cliente pode escolher abrir uma conta pessoal (CPF) ou uma conta para sua empresa (conta para MEI com CNPJ).

Transferência bancária

Após o cadastro e o login no app do banco, você encontra uma tela com os principais atalhos da conta: extrato, pagamentos e transferências.

As transferências de dinheiro (TED) feitas a partir do banco são gratuitas. O código do C6 Bank para transferir dinheiro é o 336.

No entanto, o contrário pode acontecer. Dependendo da política de algum outro banco tradicional, podem existir tarifas para enviar dinheiro para a conta do C6.

(tela do aplicativo do C6 Bank)

Cartão de débito e crédito

A conta-corrente do C6 Bank também oferece um cartão internacional. Ele pode ser:

  • cartão de débito Mastercard;
  • cartão de crédito Mastercard internacional sem anuidade;
  • cartão de crédito Mastercard Carbon internacional com três meses de anuidade grátis. Nos demais meses, são 12 parcelas de R$ 85.

A anuidade do cartão de crédito pode chegar a zero com investimentos de R$ 150 mil em CDBs do banco. O valor fica dentro do limite da cobertura do FGC: R$ 250 mil por grupo bancário.

Investimentos

O banco digital também passou a oferecer CDBs em sua plataforma e em corretoras parceiras.Veja a seguir a lista das instituições nas quais é possível encontrar esses investimentos:

  • Easynvest;
  • Daycoval;
  • Genial;
  • Guide Investimentos;
  • Modal Mais;
  • XP Investimentos.

O investimento mínimo nas corretoras parceiras é de R$ 20 mil e a rentabilidade oferecida fica entre 110% do CDI e 117% do CDI. O vencimento desses títulos fica entre 1 ano e 3 anos.

Considerando as taxas oferecidas e os prazos, os CDBs do banco já estão entre os mais rentáveis do mercado atualmente.

Programa de pontos

Chamado Átomos, o programa de pontos do C6 Bank também é uma característica interessante que a fintech oferece aos seus clientes. Ele funciona assim: quem tem uma conta simples no C6 automaticamente tem acesso ao Plano C6, no qual é possível acumular pontos.

Os pontos são acumulados sempre que o cliente:

  • fizer pagamentos com o cartão de crédito ou débito;
  • fizer a portabilidade de salário pro C6 Bank.

A vantagem vem do fato de o acúmulo de pontos ir além do uso apenas do cartão de crédito, o que é sempre mais comum. O programa Átomos também possibilita a troca dos pontos por produtos como bebidas, artigos de decoração, produtos eletrônicos, entre outros.

desafio 52 semanas

É possível ter conta PJ no C6 Bank?

Como já adiantamos, é possível ter uma conta PJ (Pessoa Jurídica) no C6 Bank.A instituição financeira busca oferecer inovação e vantagens competitivas para todos os seus clientes, incluindo os profissionais autônomos.

Microempreendedores (MEI) e trabalhadores autônomos que têm CNPJ próprio podem optar por abrir uma conta PJ. Esse tipo de conta facilita algumas transações profissionais, por isso pode ser uma alternativa interessante para o trabalhador.

Assim como a conta-corrente comum do C6 Bank, a conta PJ não tem cobranças de taxas de nenhuma operação. Além disso, o cartão de crédito também não tem cobrança de anuidade.

A conta PJ do C6 Bank ainda oferece ao microempreendedor a possibilidade de adquirir uma maquininha de cartão, da própria C6. A aquisição também não inclui o pagamento de anuidade ou taxas de aluguel, apenas se o faturamento ultrapassar os R$ 5 mil.

Em resumo, quem optar pela conta PJ do banco digital tem direito a fazer até 100 TEDs gratuitas por mês. Existem ainda transferências gratuitas e ilimitadas entre contas do banco C6, além de todos os outros serviços disponíveis para a conta-corrente comum.

Qual é a diferença entre o C6 Bank e outros bancos digitais?

Por ser mais um banco digital, é comum clientes ficarem com dúvidas sobre qual é a diferença entre o C6 Bank e outras instituições similares.

Em uma pesquisa rápida sobre os serviços e vantagens oferecidos pelas fintechs do Brasil, por exemplo, vemos que o C6 Bank não cobra por saques. O Banco Inter também não cobra pelos saques realizados, já o Nubank, por exemplo, debita R$ 6,50 por saque realizado na rede Banco24Horas.

Outra diferença é que o C6 Bank oferece CDB de 118% do CDI. No caso do Nubank, o CDB máximo é de 100%.

O crédito pessoal também é um ponto diferente entre as fintechs. No caso, o C6 não oferece a modalidade aos seus clientes. Ele conta com cheque especial pré-aprovado para clientes do cartão C6 e Carbon, mas a promessa da instituição é de mudar isso em breve.

Por fim, a taxa de juros do rotativo do cartão de crédito no C6 Bank é uma das mais altas. A multa é de 2% sobre o saldo devedor + 10,7% ao mês + IOF. A taxa rotativa do Banco Inter fica em aproximadamente 7,7% ao mês. A do Nubank varia entre 2,75% e 14% ao mês. E a do Neon é de 9,9% ao mês.

Existem riscos em ter uma conta no C6 Bank?

Por ser um banco digital recente, algumas pessoas podem se perguntar se há riscos de abrir uma conta no C6 Bank. Porém, tal receio não tem fundamento. Assim como outras fintechs, o C6 Bank é seguro e já tem deixado milhares de clientes satisfeitos pelo Brasil.

Também com base nas avaliações do site Reclame Aqui, considerado um mecanismo de análise da reputação das empresas, o C6 Bank é seguro. As taxas da instituição são competitivas, e há vários serviços e benefícios que ajudam no dia a dia do cliente.

Vale ressaltar que, em comparação com outras instituições, os serviços oferecidos pelo C6 Bank são mais diversificados.

Em relação aos investimentos, o C6 Bank permite investimentos em renda fixa: CDB com 100% de liquidez diária do CDI. Alguns desses investimentos podem gerar mais de 100% do CDI, porém, a liquidez não é diária.

É importante lembrar que, para definir se os rendimentos de um investimento são adequados, é preciso analisar os objetivos de quem está aplicando.

Assim como as demais instituições, o C6 Bank também pode apresentar problemas, é claro. Contudo, a instituição tende a ser bem completa e com benefícios que contemplam tanto Pessoas Físicas quanto Jurídicas.

Vale a pena abrir conta no C6 Bank?

Em resumo, o C6 Bank é mais uma opção de banco digital para os clientes brasileiros. Ele pode ser interessante especialmente para quem precisa fazer transferências bancárias gratuitas e operações básicas do dia a dia, como pagamento de contas.

A fintech pode ser uma boa opção para quem não quer pagar taxas de TED quando precisar mover dinheiro da conta da sua corretora, por exemplo. Há ainda a vantagem de contar com benefícios como o programa de pontos e, especialmente, os saques gratuitos.

Com a opção de conta PJ, o C6 Bank também se tornou uma alternativa vantajosa para microempreendedores que procuram abrir uma conta empresarial. Para quem utiliza a maquininha de cartão, a vantagem de aderir ao banco digital é ainda maior.

Apesar de ainda ter déficit sobre algumas ofertas requisitadas pelos clientes, como um pacote de financiamentos, o C6 Bank cumpre o que propõe até agora.

Desse modo, podemos concluir que o C6 Bank vale a pena, caso você queira utilizar as operações financeiras que o banco oferece. Entretanto, existem inúmeras opções no mercado, por isso é interessante pesquisar outras alternativas antes de tomar uma decisão final.

Agora que você conhece um pouco mais sobre o C6 Bank e suas principais características, que tal entender como investir na bolsa sem perder dinheiro? Com o webinar específico da Magnetis, você tira dúvidas sobre questões como Circuit Breaker e confere se vale realmente a pena investir na bolsa.

Aplicativo Magnetis
Malena Oliveira

Especialista em Finanças Pessoais e membro do Grupo Consultivo de Educação Financeira da Anbima.

leia mais desse autor