Cadastro positivo: o que são e para que servem essas informações sobre você

por Malena Oliveira | 27/12/2019

Cadastro positivo: entenda para que ele serve
Faça Acontecer: evento online e gratuito para você atingir suas metas

Milhões de brasileiros receberam recentemente um SMS comunicando sobre a abertura de seu cadastro positivo. Mas do que se trata? Será que isso oferece alguma vantagem para as suas finanças pessoais? Ou será algum tipo de golpe?

Se você recebeu a seguinte mensagem, não há motivo para se preocupar: “O seu Cadastro Positivo foi aberto nos birôs Boa Vista, Quod, Serasa e SPC Brasil. Mais detalhes: brasilnopositivo.com.br”

Essa comunicação, que foi enviada também por carta ou e-mail, cumpre a Lei do Cadastro Positivo, sancionada em abril deste ano e regulamentada em julho.

A partir de agora, todas as pessoas que fizeram empréstimo, financiamento, cartão de crédito ou tiveram algum boleto para pagar serão incluídas nesse cadastro. Isso, é claro, se elas estiverem em dia com as suas contas.

A seguir, você vai entender melhor o que é o cadastro positivo, como consultar essas informações e quais as vantagens que esse serviço oferece. Acompanhe!

O que é o cadastro positivo?

O cadastro positivo é um conjunto de informações sobre o histórico de pagamentos das pessoas que estão em dia com as suas contas. Portanto, trata-se de um registro do bom pagador.

Dessa maneira, nele não entram as pessoas que estão com nome sujo: pessoas endividadas ou com pagamentos atrasados. Elas integram o cadastro negativo.

A partir do histórico de pagamentos, é gerada uma nota chamada de score de crédito.

Ela vai de 0 a 1000 a indica a probabilidade de uma pessoa dar calote. Quanto mais alta é a pontuação, menos chance a pessoa tem de ficar inadimplente.

O cadastro positivo existe desde 2011 e era opcional antes da aprovação da lei. Para fazê-lo, as pessoas precisavam se registrar nos chamados birôs de crédito, dos quais falaremos mais no próximo tópico.

A partir de novembro de 2019, os bancos começaram a enviar informações para esses birôs e as pessoas passaram a ser comunicadas sobre isso.

Se você ainda não recebeu nenhuma comunicação e está com as contas em dia, não se preocupe! Essas comunicações estão sendo feitas de forma progressiva e devem atingir 120 milhões de pessoas no total.

É possível solicitar a saída desse cadastro a qualquer momento. Basta fazer o pedido para qualquer um dos birôs. Vamos ver mais sobre isso a seguir:

O que é um birô de crédito?

Antes de conceder crédito, empréstimo ou financiamento para alguém, os bancos sempre consultam diversas fontes de informação sobre o histórico da pessoa.

O principal objetivo é entender qual é o risco de inadimplência, ou seja, a probabilidade de o cliente não pagar a conta.

Há empresas especializadas em coletar esse tipo de informação. Elas são chamadas de birôs de crédito.

No caso do cadastro positivo, a lei obriga essas empresas a compartilhar informações umas com as outras.

Assim, se você pedir para ter seus dados excluídos em um dos birôs, eles também serão apagados nos demais.

Veja a seguir mais informações sobre os quatro birôs de crédito que existem no Brasil:

1 – SPC Brasil

O SPC Brasil é um dos birôs mais antigos no Brasil. A fama é tão grande que a expressão ter o nome no SPC acabou virando sinônimo de endividamento.

A instituição está ligada à CNDL, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas. Essa entidade reúne as principais empresas de comércio do Brasil.

2 – Serasa

Principal concorrente do SPC, a Serasa atua no mercado brasileiro há mais de 50 anos. Seu nome também se tornou sinônimo de endividamento no Brasil.

3 – Boa Vista

A Boa Vista foi fundada em 2010 para gerir o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). A entidade reúne associações comerciais de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Porto Alegre.

4 – Quod

A Quod é uma empresa criada pelos cinco maiores bancos brasileiros: Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Santander. Diferente das demais, seu foco é o cadastro positivo.

Como consultar o seu cadastro positivo?

O cadastro positivo ainda não foi completamente implementado. Isso significa que nem todos conseguirão consultá-lo por enquanto.

No entanto, até janeiro de 2020 os dados devem ficar disponíveis para as instituições.

Para consultá-lo, basta entrar no site de qualquer um dos birôs de crédito e:

  • informar nome, e-mail e CPF;
  • criar um login e senha.

Após essa etapa, você terá acesso a uma área logada exclusiva que reúne todas as suas informações.

Nela, é possível contestar as informações lançadas nessa plataforma, caso haja alguma divergência.

Os registros do seu cadastro positivo aparecem da seguinte forma:

(exemplo de consulta ao cadastro positivo no site da Boa Vista)

Como consultar o seu score de crédito?

Também é possível consultar o seu score de crédito junto aos birôs. Para isso, basta fazer um cadastro em qualquer um desses sites e seguir o passo a passo:

  • informar nome, e-mail e CPF;
  • criar um login e senha.

Pronto! Seu score de crédito deve aparecer nas telas seguintes, como no exemplo abaixo:

(exemplo de score de crédito no site da Boa Vista)

Quais as vantagens desse cadastro?

O cadastro positivo pode facilitar a vida de quem está em busca de crédito, seja para um empréstimo, um financiamento ou até para a emissão de cartão.

O compartilhamento das informações agiliza a consulta e torna mais rápida a resposta dos bancos para solicitações desse tipo.

É claro, fazer parte do cadastro positivo não garante crédito aprovado. Essa análise depende também de outros critérios, como renda, idade da pessoa, número de dependentes, valor solicitado e finalidade da operação.

Agora que você sabe mais sobre o cadastro positivo, que tal entender se a sua situação financeira é considerada saudável? Baixe grátis a nossa Planilha de Controle de Gastos e descubra!

Avaliar o post