X
Magnetis Week

a black friday da

Magnetis Logo
Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

O cartão Digio é bom? Conheça os principais prós e contras!

Hoje, existem muitas opções de cartões de crédito. O meio de pagamento também está cada vez mais acessível, com emissoras focando a digitalização de processos e derrubando barreiras de entrada. Um dos exemplos dessa nova onda é o Banco Digio. Mas será que o cartão Digio é bom?

Mostraremos detalhes de como o cartão de crédito Digio funciona, com suas vantagens e desvantagens. Também veremos para quem esse meio de pagamento vale a pena. Vamos lá?

O que é o cartão Digio e como funciona?

O Digio é um dos participantes da onda dos neobanks. Como um banco digital, busca facilitar o acesso da população a serviços bancários e dispensa agências físicas ou contratos em papel. O Digio surgiu do Banco CBSS, administrado pela holding Elopar (que tem acionistas como o Banco do Brasil e o Bradesco). 

O lançamento do cartão de crédito Digio aconteceu em 2016. Para pedi-lo, o usuário deve preencher seus dados e solicitar um convite pelo site. Então, passa por uma análise de cadastro e de crédito que pode levar até 15 dias. O Digio não solicita comprovação de renda, mas define um limite, que, depois, pode ser aumentado.

A resposta vem por e-mail, assim como o código de ativação para começar a usar o aplicativo para celular do Digio. O cartão chega ao endereço cadastrado em até outros 15 dias e pode ser ativado pelo app (Android ou iOS).

Quais são as vantagens?

Em boa parte, os benefícios do Digio são aqueles vistos em outros bancos digitais, como a isenção de alguns pagamentos. Este cartão de crédito, porém, também apresenta vantagens exclusivas.

Não há cobrança de taxas e anuidade

O cartão é isento das taxas de adesão, emissão do primeiro cartão e anuidade, da mensalidade e de juros rotativos. Dessa forma, os usuários veem economia imediata em relação a bancos tradicionais. 

O Digio se monetiza por meio das taxas recebidas dos estabelecimentos a cada compra. Ainda que não cobre juros rotativos, ele ganha por taxas de saque e outros juros embutidos em financiamentos e parcelamentos. Mesmo assim, as cobranças em caso de atraso costumam ser menores do que as de instituições financeiras maduras.

desafio 52 semanas

Chat 24 horas

O Digio opera de maneira completamente digital, por meio de um aplicativo para smartphone. O usuário confere faturas, ativa ou desativa seu cartão e fala com atendentes a qualquer hora pelo próprio app. Não existem horários fixos ou filas para esse atendimento, como aconteceria em uma agência física.

Avisos de compra

O Digio também permite controlar os gastos diários por meio de seu aplicativo. O neobank manda lembretes sobre o vencimento das faturas e permite acessar a segunda via delas. Também deixa verificar o extrato das compras e envia um SMS ao titular a cada transação realizada no cartão de crédito.

Benefícios específicos

O Digio tem uma funcionalidade chamada digioCash. Ela permite transferir até 40% do limite do cartão para a conta digital. Esse adiantamento cai em até um dia útil e pode ser parcelado em 12 vezes com juros, assim como a própria fatura do cartão. 

Outro benefício é a digioStore. O canal exclusivo para clientes do banco digital permite comprar créditos de empresas como Google Play e Uber. Mais uma funcionalidade é a indicação de amigos. A cada aprovação, o usuário pode ganhar R$ 15.

Bandeira Visa internacional

O Digio é um cartão internacional da bandeira Visa. Além de possibilitar compras no exterior e em mais de 24 milhões de lojas no total, dá acesso a benefícios e promoções da adquirente. Um exemplo é o Vai de Visa, programa que oferece descontos e prêmios.

Quais são as desvantagens?

A maioria das desvantagens do Digio também é comum a outros bancos digitais, especialmente quando falamos de neobanks que foram lançados recentemente. A demora na entrega e a falta de um programa de milhagem próprio são exemplos.

Tempo de entrega

O tempo de entrega é uma desvantagem do Digio. Como escrevemos acima, são 15 dias para a aprovação e outros 15 dias para envio do cartão. Portanto, todo o processo pode levar cerca de um mês.

Não oferece milhas ou pontos

O Digio não tem um programa próprio de milhas ou pontos. No momento, disponibiliza uma parceria com o clube de pontos Livelo. O usuário acumula pontos e troca por produtos ou descontos em viagens.

Não há crédito rotativo

Como também mencionamos, o Digio não oferece crédito rotativo, geralmente concedido automaticamente quando não há saldo na conta. Os únicos empréstimos emergenciais disponíveis são a antecipação do limite de cartão e o parcelamento das faturas. Tendo-se em vista os altos juros cobrados no rotativo, porém, alguns veem como vantagem não permitir que se pague apenas um mínimo nas faturas.

Não tem certos benefícios dos cartões comuns

Por fim, o Digio não apresenta algumas vantagens oferecidas por cartões de crédito tradicionais. Alguns exemplos são locação de veículos e seguros de saúde e de viagens.

O cartão Digio é bom?

O Digio vale a pena principalmente para aqueles que valorizam uma experiência completamente digital, especialmente pelo smartphone. Outro ponto atrativo é obter um cartão válido internacionalmente sem precisar comprovar renda e pagar anuidade. Por fim, ter Banco do Brasil e Bradesco por trás pode dar uma segurança a mais para os que valorizam o histórico de instituições financeiras.

Mas existem desvantagens relevantes, como não poder aproveitar programas próprios de milhas. Outro problema é a falta de serviços associados ao cartão de crédito, como aplicações financeiras ou seguros. Até 14 de outubro de 2020, a conta digital rende 130% do CDI. Quem deseja mais opções de rendimentos sobre seu patrimônio deve buscar outra instituição financeira, pelo menos por enquanto.

O Digio é um cartão de crédito bem procurado, especialmente entre os interessados no movimento dos neobanks. O meio de pagamento apresenta vantagens e desvantagens comuns aos produtos dos bancos digitais. Assim, o cartão Digio é bom para os que procuram uma experiência completamente virtual ou guardar dinheiro em troca de algum rendimento. Agora que você já conhece o Digio, aprenda mais sobre o que é uma conta de pagamento!

Tesouro Direto: como investir?
Mariana Congo

Mari Congo tem paixão por explicar coisas difíceis de forma fácil. É jornalista, educadora financeira, especialista em finanças pessoais e investimentos e gerente de comunicação na Magnetis.

leia mais desse autor