Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Como estão seus investimentos? Faça o teste

“-Será que eu escolhi as melhores aplicações para investir meu dinheiro?”

Você já se pegou pensando nisso?​

Existem milhares de tipos de investimentos e escolher os melhores não é simples, ainda mais para quem não é especialista em finanças.

Para te ajudar nessa tarefa, a Magnetis e a BlackRock se uniram para criar uma ferramenta inédita de checkup de carteira de investimentos.

É simples: responda algumas perguntas e em poucos minutos você verá um diagnóstico da saúde dos seus investimentos.


Aliás, vale lembrar que  ninguém precisa ser expert em finanças para investir bem, basta ter a consultoria adequada para te mostrar como diversificar, conseguir boa rentabilidade (e baixas taxas) e construir uma carteira alinhada aos seus objetivos de vida.

Como funciona a ferramenta​

São basicamente três passos:

1) Responda apenas seis perguntas para a ferramenta registrar seu perfil e objetivos como investidor.

2 )Informe alguns dados financeiros. Com eles, a ferramenta irá analisar o status atual dos seus investimentos. As informações são tratadas de maneira confidencial.

3) Receba um diagnóstico detalhado da sua situação: diversificação de investimentos, perfil de risco, seleção de ativos e custos. Você também verá sugestões para melhorar suas aplicações financeiras.

Diagnóstico e análise dos investimentos​

Veja os itens que a ferramenta de checkup de carteira analisa para você:

1) Diversificação: será que você diversificou o suficiente na hora de selecionar seus investimentos?

Exemplo: se você é um jovem com perfil de risco moderado e que pretende investir com foco no longo prazo (para a aposentadoria, por exemplo), deixar todo o dinheiro em renda fixa pode ser não o adequado. O diagnóstico te indicará o que fazer.

2) Perfil de risco: a sua carteira de investimentos está adequada ao seu objetivo ou você está correndo riscos desnecessários? 

Exemplo: Se você tem 55 anos e pretende se aposentar daqui há 5 anos, manter todo o seu dinheiro aplicado em ações de uma única empresa pode ser arriscado demais para o ser perfil e momento de vida.

3) Seleção de ativos: será que você tem aplicações financeiras de baixa rentabilidade?

Exemplo: alguém que tem todo o dinheiro em poupança com certeza não está recebendo uma rentabilidade adequada. Como já falamos no blog em outro texto, o rendimento da poupança hoje é ruim.

4) Custos: você está pagando caro para investir através de produtos com altos custos e taxas?

Exemplo: fundos de investimentos e planos de previdência privada podem cobrar altas taxas de administração, dependendo do montante investido. A ferramenta mostra se você tem muito dinheiro parado em investimentos com baixo custo-benefício.

Mariana Congo

Mariana Congo é Gerente de Comunicação da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais.

leia mais desse autor