Como ganhar dinheiro? Descubra como você pode mudar a sua vida

por Magnetis | 02/06/2015

Como ganhar dinheiro

“Como ganhar dinheiro?” é a pergunta na cabeça de dez entre dez pessoas atualmente. Em tempos de crise, baixo crescimento econômico e constantes riscos de demissão ou incertezas no seu negócio, você passa a se perguntar exatamente o que está a seu alcance para atingir a tão sonhada riqueza. Afinal, o que fazer para ganhar dinheiro? Como colocar esse sonho em prática?

Nós podemos te ajudar nessa tarefa! Confira essas oito dicas sobre como ganhar dinheiro:

1. Ame seu trabalho

O que fazer para ganhar dinheiro e manter-se motivado para trabalhar? Escolha a profissão que mais te faz feliz! Sim, é importante ver a situação do mercado de trabalho e considerar aquelas áreas mais valorizadas atualmente. Ainda assim, quando você realmente ama o que faz e tem completo interesse pela área em que atua, fica mais fácil atuar profissionalmente e buscar novos postos de destaque nessa carreira. Trabalhar com algo que te faz infeliz e que não estimula seus conhecimentos e habilidades práticas é fonte de frustrações, má qualidade dos serviços prestados e, consequentemente, pouco reconhecimento em termos financeiros. Por essas razões, muito cuidado ao escolher a área em que pretende atuar: procure algo que efetivamente te agrade!

Seu trabalho vai preencher uma parte grande da sua vida, e a única maneira de ficar realmente satisfeito é fazer o que você acredita ser um ótimo trabalho. E a única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que você faz.” Steve Jobs

2. Enriqueça por meio de crescimento profissional

Quer saber como ganhar dinheiro sem precisar acertar os números da Mega Sena? Invista em sua carreira! Seja por meio de cursos de especialização e atualização, seja por meio de um foco no aumento de produtividade dentro de seu próprio local de trabalho, o objetivo é se destacar em meio a outros profissionais de sua área. Ao crescer profissionalmente, ganhar experiência, ser promovido e aumentar seu respaldo entre os executivos da empresa, você tem maiores condições de demandar salários mais altos e de alçar novos voos profissionais.

3. Seja mais produtivo

Profissionais produtivos são mais valorizados no mercado de trabalho, por isso acabam ganhando mais que seus colegas, bem como sendo a primeira escolha no momento de promoções de carreira. Além disso, a produtividade está diretamente relacionada à obtenção de resultados. Seja você empreendedor individual, trabalhando em favor do próprio negócio, ou empregado de uma empresa, quanto mais produzir, mais dinheiro trará para a empresa. Isso reflete diretamente em seus benefícios como profissional e te garante maior poder de barganha no mercado de trabalho.

4. Coloque o seu dinheiro para trabalhar para você

Poupar é diferente de investir e como já abordamos em outro post, atualmente, ter dinheiro na poupança seria quase como deixar seu dinheiro guardado em baixo do colchão. Faz com que você perca poder de compra pois o rendimento atual da poupança não supera a inflação. Mas buscar alternativas melhores não significa necessáriamente que você tenha que fazer investimentos mais arriscados. Comece procurando alternativas de investimento de similar perfil, atentando-se a rentabilidade líquida dos investimentos (rendimento após impostos e taxas). Por exemplo, se você tem dinheiro na poupança ou investe em CDB que paga menos do que 90% do CDI, existe alternativas mais rentáveis e com o mesmo perfil (baixo risco e alta liquidez) como, Fundos DI (com taxa de 1% ou menor ao ano) e Tesouro Direto Selic (LFT). Mas não fique restrito a estas alternativas, o mais indicado é que você diversifique a sua carteira de investimentos de acordo com o seu perfil de risco.

consultoria de investimento

5. Lembre-se de que tudo que você economizar pode ser um ganho

Já parou para pensar que, quando somados, os pequenos gastos do dia a dia podem ser bastante significativos em seu orçamento? A maioria das pessoas negligencia a importância de economizar também nas pequenas coisas. Por exemplo, sempre que estiver no supermercado se pergunte se realmente precisa comprar a marca mais tradicional de um produto, em vez de outra versão mais barata. Podem ser R$ 2,00 de diferença, mas se você somar isso com a economia de abastecer no posto mais barato, de pagar as contas em dia, entre outras coisas, vai perceber que esses gastos representam uma parte importante de seu orçamento. Outra alternativa que pode ajudar a economizar é diminuir as refeições que você faz fora de casa, conseguir levar comida feita em casa para o trabalho pode ser uma excelente fonte de economia.

6. Mude sua maneira de pensar sobre dinheiro

Você trabalha em função do dinheiro, ou procura que o dinheiro trabalhe por você? Um dos pontos mais importantes e positivos de quem consegue atingir a estabilidade financeira é justamente a capacidade de mudar a maneira com que lida com o dinheiro. É imprescindível deixar de ser escravo de suas finanças, fazendo investimentos e decisões que contribuem para a expansão de seu patrimônio, não o contrário. Uma boa solução para te ajudar a se organizar financeiramente é fazer um orçamento pessoal e familiar. Identifique suas fontes de receita, detalhe suas despesas (gasto fixo, variável e desejos/supérfulos) e defina seus objetivos (exemplo: poupar 10% da minha renda mensal; trocar de carro no fim do ano; poupar para a aposentadoria, etc). Feito isto, assim que receber o seu salário guarde e invista a parcela que você estipulou em seus objetivos ao invés de tentar guardar o que sobra no fim do mês. Será muito mais fácil você conseguir atingir seu objetivo desta forma.

7. Admire e aprenda com o sucesso de outras pessoas

Ao lidar com o sucesso profissional e financeiro das pessoas ao seu redor, procure não sentir inveja e frustração com sua própria situação. Em vez disso, admire e aprenda com o sucesso dessas pessoas, que podem servir como exemplo e mentoras em sua jornada pela tão sonhada segurança financeira. Aproveite a proximidade para fazer perguntas sobre investimentos e experiências pessoais que eventualmente essas pessoas queiram compartilhar.

8. Empreenda!

Grandes histórias de sucesso financeiro decorrem de ideias simples, que surgiram de empresas iniciantes e com poucos recursos, como é o caso da Apple e da Microsoft. Por que não empreender você também? Ainda que seja com sócios e apenas no tempo livre, começar o próprio empreendimento é uma chance de você colocar suas ideias em prática e, quem sabe, aumentar sua renda. Caso os resultados sejam positivos, será possível investir mais tempo (e dinheiro) em algo que se tornou lucrativo e efetivamente satisfatório para você.

Agora que você já tem todas essas dicas em mãos, que tal coloca-las em prática? Você viu o que fazer para ganhar dinheiro e agora é preciso realizar algumas mudanças em sua rotina para fazer o dinheiro trabalhar por você, e não o contrário. Ainda tem dúvidas? Sugestões? Deixe aqui seu comentário!

Avaliar o post