Entenda como implantar o RH estratégico na sua empresa

por marlon carvalho | 02/01/2019

como implantar o RH estratégico

O cuidado com as pessoas é um dos aspectos mais importantes em uma organização. Afinal, o capital humano é o grande diferencial de um empreendimento moderno, então merece toda a atenção. Dessa forma, saber como implantar o RH estratégico é um dos passos para alcançar o bom desempenho nesse sentido.

Para oferecer os resultados esperados, o processo exige bastante planejamento. É preciso pensar em mudanças estruturadas, fazer o acompanhamento e garantir que tudo saia conforme o estabelecido.

Por isso, para que não restem dúvidas, veja algumas dicas para saber como implantar o RH estratégico no empreendimento.

Conheça os resultados atuais da gestão de pessoas

Para conduzir transformações que realmente sejam benéficas, é preciso entender qual é o desempenho atual da gestão. Fazer um diagnóstico ajuda a compreender quais são os aspectos que demandam mais atenção e quais são os pontos de otimização que devem ser trabalhados.

Uma das maneiras de identificar a performance é conduzir pesquisas internas para entender o cenário.

Vale a pena, por exemplo, realizar uma pesquisa de clima organizacional. Esse recurso permite descobrir as impressões dos colaboradores, como é o contato interno e até qual é o papel do RH.

Também é interessante avaliar alguns indicadores de desempenho. Por exemplo, a taxa de rotatividade ou turnover mostra quantas pessoas saem do negócio em certo período. Se ela estiver elevada, significa que existem problemas com o ambiente e com o relacionamento.

Pesquisas de opinião ajudam a compreender as demandas dos profissionais, as impressões sobre a empresa e quais são os pontos de melhoria do RH. Ao coletar todos esses dados, é possível reconhecer quais são as principais questões e os números da gestão.

Implemente novos processos, ferramentas e parceiros

Para ter sucesso ao implantar o RH estratégico, é indispensável buscar soluções inéditas e que ajudem o negócio a conquistar os resultados esperados. Então, o setor deve estar preparado para realizar uma mudança completa em vários aspectos.

Considere, por exemplo, o modelo hierárquico. Para muitos negócios, a estrutura vertical já não funciona como antigamente. Nesse caso, vale a pena pensar em usar o RH como uma forma de conduzir a transformação para algo horizontal.

Além desse, há muitos outros exemplos que podem ser citados. Talvez seja possível, por exemplo, oferecer flexibilidade de horários para certas funções ou criar um programa de reconhecimento para os melhores profissionais.

A intenção é instituir mudanças que, de fato, ajudem o setor a se tornar mais gerencial e estratégico, em vez de ser apenas operacional. Com essas transformações, a área consegue atuar de modo estratégico e direcionado para a conquista de resultados positivos.

Utilize a tecnologia a favor do setor

Em um ambiente cada vez mais digital, é impossível conquistar uma atuação estratégica sem contar com o apoio da tecnologia. Por isso, é muito importante pensar em soluções tecnológicas diferenciadas para o RH.

O uso de um software de gestão, por exemplo, automatiza tarefas, aumenta a confiabilidade e fortalece a produtividade. É um jeito de reunir informações e executar diversos processos, como o cadastro de profissionais e o acompanhamento de desempenho.

Outra possibilidade consiste em utilizar recursos para a comunicação interna, como redes sociais próprias, intranet e aplicativos específicos. Quanto à capacitação, plataformas de estudo online ajudam a conduzir a uma boa performance.

O importante é selecionar o que faz sentido para as ações de gestão e que possam favorecer a consolidação de bons resultados. Do contrário, a tecnologia não explora todo o potencial estratégico.

Desenvolva treinamentos e capacitações

É interessante procurar meios de aumentar o conhecimento e o preparo dos colaboradores. Afinal, quanto maior for o entendimento deles, melhores serão os resultados. Então, o RH estratégico deve considerar treinamentos e capacitações, de acordo com cada perfil.

Para os novos contratados, um bom treinamento ajuda no onboarding e garante uma performance mais satisfatória já nas primeiras semanas. Para os colaboradores, vale pensar em capacitações sobre novos temas e reciclagens sobre os que já são conhecidos.

Já que a intenção é ser estratégico, é interessante estudar essa proposta de forma inovadora. Em vez de focar apenas nos assuntos ligados ao trabalho, convém incluir meios de estimular abordagens igualmente importantes.

Contar com uma plataforma de educação financeira, por exemplo, ajuda os colaboradores a fazerem mais com o salário. Inclusive, é algo que fortalece até a saúde física e mental, pois problemas com as contas ampliam o estresse e a ansiedade para 60% das pessoas.

O mesmo percentual sofre com dificuldades de autoestima e 65% ficam mais deprimidos. Tudo isso favorece o surgimento de vícios, aumenta os riscos de doenças e afastamentos e ainda eleva o uso do plano de saúde. Cuidar da raiz dos problemas com educação continuada, por outro lado, leva ao bem-estar financeiro, físico e profissional.

Amplie a valorização dos colaboradores

Acima de tudo, é preciso atender às necessidades de quem desempenha as funções. A intenção deve ser construir um ambiente que fortalece capacidades, estimula as pessoas e aumenta as chances de sucesso.

Criar um plano de carreira e programas de reconhecimento ajuda os profissionais a buscarem o crescimento. Dessa forma, com mais motivação, os resultados são melhores e o RH consegue se posicionar de forma estratégica.

Também vale a pena pensar em meios de otimizar o ambiente de trabalho, oferecer flexibilidade e criar modos de as pessoas se conectarem com o negócio. Isso diminui a taxa de rotatividade e faz com que todos se sintam valorizados.

Saiba quais são as necessidades dos times

Mas para ter sucesso em como implantar o RH estratégico, é essencial compreender quais são, de fato, as exigências por parte dos colaboradores. Cada empresa tem suas características, então tudo tem que ser considerado.

Para algumas, não faz sentido pensar em trabalho remoto ou horários flexíveis e para outras pode ser indispensável criar uma cultura de feedback. É por isso que as pesquisas internas ajudam a ter uma ideia clara do que fazer.

De qualquer forma, todos precisam utilizar melhor o seu dinheiro para que obtenham máximo conforto.

Então, vale a pena oferecer uma solução completa, com educação financeira, avaliação de perfil e consultoria de investimentos. Assim, é mais fácil criar um relacionamento fortalecido e uma atuação especialmente estratégica.

Ao colocar essas ações em prática, é possível saber como implantar o RH estratégico no empreendimento. Isso permite que o setor se torne mais relevante e que o negócio colha resultados positivos quanto à gestão de pessoas.

E por falar em desempenho, descubra qual é a relação entre RH e produtividade da empresa e saiba como explorar essa ligação.

Avaliar o post