Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Confira algumas dicas de como operar na Bolsa de Valores

como investir na bolsa de valores

Saber como operar na bolsa de valores parece um desafio muito grande. No entanto, com a ajuda necessária e algumas dicas essenciais, você pode deixar o medo de lado e começar a investir em renda variável.

Aplicar em ações pode melhorar sua rentabilidade, diversificar a sua carteira e ainda ampliar seus conhecimentos sobre o mercado financeiro. Neste artigo, você vai ver quem pode operar na bolsa, conhecer dicas essenciais para começar e entender qual é o perfil de um trader. Confira!

Quem pode operar na bolsa de valores?

Qualquer pessoa pode operar na bolsa de valores, desde que seja maior de idade e possua cadastro em uma corretora. Essa instituição financeira é essencial, porque a bolsa não pode ser operada diretamente por Pessoas Físicas. É por meio da corretora que você poderá realizar as transações necessárias para aumentar seus rendimentos.

Entretanto, apesar de ser fácil começar, para comprar e vender papéis na B3 é importante ter conhecimento sobre o mercado financeiro

Afinal, como saber qual é o momento ideal de negociar? Como funciona o day trade? Qual é a melhor estratégia a ser adotada? Como obter a rentabilidade desejada? São perguntas importantes para qualquer pessoa que deseja começar a investir em renda variável.

Aplicar em ações envolve riscos, incluindo chances de perder dinheiro. Portanto, antes de operar na bolsa, entender o mercado de ações é fundamental.

Quais são as principais dicas para quem quer começar a operar na bolsa?

Antes de começar a operar na bolsa, veja algumas dicas que podem ajudar você nessa empreitada.

Descubra o seu perfil

O primeiro passo é descobrir qual é o seu perfil. Não adianta começar a investir e perceber tarde demais que aquele tipo de operação não combina com seus objetivos. 

Você tem perfil moderado, conservador ou arrojado? Deseja ser um traderprofissional, que faz operações diárias, ou é alguém que pensa no longo prazo? Qual é a sua tolerância aos riscos? 

Negociar no mercado de ações envolve muito mais do que apenas comprar e vender ativos. Para garantir sucesso nos investimentos, vários critérios devem ser considerados. Por isso, reflita, pense nos seus objetivos, estude e saiba como essa decisão pode impactar sua vida.

Estude constantemente

Após estipular seus objetivos e analisar seu perfil, chega o momento de estudar. O principal foco de quem aplica na bolsa é ganhar dinheiro. Mas, para ampliar os rendimentos, é necessário entender a dinâmica do mercado.

Em primeiro lugar, descubra como o processo funciona, para depois considerar a parte financeira. Separe um tempo para tirar todas as suas dúvidas, converse com especialistas e leia livros e artigos sobre o tema. 

Estudar constantemente é importante também para escapar do efeito manada. Usar outras pessoas como parâmetro é normal, mas seguir o fluxo da decisão de outros indivíduos nem sempre é o melhor caminho.

Defina uma estratégia de investimento

Definir uma estratégia de longo prazo e segui-la corretamente pode melhorar as probabilidades de ganhos. Estipule uma estratégia e tome cuidado para não se deixar levar pelas emoções. A bolsa de valores exige decisões importantes, por isso, tente seguir em frente com foco em seus objetivos. 

Por exemplo: muitas vezes a estratégia demonstra que é melhor abrir mão de certa rentabilidade para não acabar perdendo ainda mais. É fundamental estabelecer uma rotina bem-definida, acompanhar as variações do mercado, criar um fluxo de testes e manter-se fiel às suas metas.

Qual é o seu propósito? O seu perfil está alinhado com a sua estratégia? Lembre-se de seguir as regras e não desistir na primeira vez que seu planejamento der errado. Com os erros, é possível aprender muito sobre o mercado financeiro.

Algumas estratégias comuns são buy and hold, scalping, swing trade, position trade, day trade etc. Depois que você estudar e analisar todas as opções, pode definir aquela cujo resultado será mais interessante para o seu propósito.

Escolha o momento certo para comprar ações

Entender o conceito de oferta e demanda é o primeiro passo para saber o momento certo de comprar ações. Em resumo, se a demanda for maior que a oferta, os preços tendem a subir. Porém, se a oferta é maior que a demanda, os preços caem. 

Na prática, se muitas pessoas desejam comprar uma ação, o preço aumenta e elas pagam mais. Em contrapartida, se muitos papéis estão à venda e ninguém tem interesse em comprá-los, o preço cai. Como resultado, o mercado de ativos oscila bastante. 

Escolher o momento certo é um desafio e requer análises técnicas sobre as diferentes empresas que negociam no pregão. As altas e baixas costumam ser influenciadas por notícias relacionadas à economia ou política de um país. Como as informações são disseminadas rapidamente, o mercado acompanha a tendência.

Por isso, alinhar sua estratégia com as tendências é um dos principais passos para operar na bolsa de maneira satisfatória. Não existe um momento perfeito para comprar e vender ações, mas é possível acompanhar a dinâmica do mercado. 

Se o mercado estiver em alta, pode ser um bom momento de comprar. Se estiver caindo, vender pode ser a melhor opção. Tudo dependerá dos índices de referência e da sua estratégia.

Invista em derrotas

Claro que ninguém quer perder dinheiro, mas investir em derrotas pode trazer chances que você nunca imaginaria se não tivesse arriscado. Portanto, caso você sofra perdas ao final do dia, encare-as como aprendizado. Observe o que você realizou, analise o que poderia ter feito de diferente e anote seus resultados. Assim, você não repetirá o mesmo erro no futuro.

Aproveite o momento para estudar mais, tirar suas dúvidas e repensar a estratégia. Assim, você poderá recuperar aquilo que perdeu e ainda usar sua experiência como ensinamento. Fique atento também às mudanças do mercado bancário, cujas tecnologias e transformações podem impactar o mercado de ações.

Prepare-se emocionalmente

Preparar-se emocionalmente é fundamental. Arriscar demais, tomar decisões sem ter certeza e sofrer com as alterações diárias podem se tornar impedimentos para o sucesso. 

Estipule um método seguro para você e pratique o controle emocional. Saiba que perdas podem ser positivas e lembre-se de que erros trazem aprendizados. Se você criar uma estratégia sólida e não tomar decisões impulsivas, será mais fácil lidar com as incertezas da bolsa.

Qual é o perfil de um trader?

Um trader, ao contrário de uma pessoa que investe ocasionalmente, é um profissional que ganha dinheiro com operações de curto prazo. Seu lucro é obtido com a variação das cotações, independentemente de o mercado estar em alta ou em baixa.

O perfil de um trader geralmente é dinâmico e adaptável. Isso significa que ele deve ser uma pessoa persistente e que saiba lidar com momentos de crise no mercado.

Traders acompanham o pregão diariamente, desde o início até o fechamento da bolsa de valores. É possível trabalhar em qualquer lugar do mundo, desde que exista acesso à internet e ao home broker (o sistema de negociações dos ativos).

Por meio do home broker, que é disponibilizado pelas corretoras, o trader consegue acompanhar as movimentações do pregão em tempo real.

Por falta de tempo ou conhecimento, saber como operar na bolsa pode ser uma tarefa complicada. Porém, com a ajuda de uma consultoria de investimentos, você pode tirar todas as suas dúvidas sobre o tema. Conheça o nosso guia para consultoria de investimentos e saiba como esse serviço pode fazer a diferença na sua vida financeira.

análise de investimentos
Mariana Congo

Mari Congo tem paixão por explicar coisas difíceis de forma fácil. É jornalista, educadora financeira, especialista em finanças pessoais e investimentos e gerente de comunicação na Magnetis.

leia mais desse autor