Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Conta digital: confira 7 opções para fazer transferência gratuita de dinheiro

Uma conta digital pode ajudar muito quem quer investir. Além de oferecer serviços que auxiliam na organização das finanças pessoais, esse tipo de conta permite economizar em taxas como a de transferência.

Ao gastar menos com transferências, a conta digital permite o envio de dinheiro à corretora que oferece mais opções de investimentos e rentabilidade, sem que a pessoa se prenda à instituição financeira que gerencia o seu dinheiro.

Quanto maior for a frequência de aplicação do dinheiro, mais diferença essa isenção de taxa pode fazer no orçamento.

Para saber mais sobre esse tipo de conta e conhecer as vantagens que ela oferece, continue a leitura deste post!

O que é uma conta digital?

A conta digital oferece serviços semelhantes aos de uma conta-corrente tradicional. A diferença é que só pode ser acessada via aplicativos em smartphones ou em caixas eletrônicos.

Isso acontece porque a conta digital não oferece atendimento em uma rede de agências físicas, e esse é o principal motivo pelo qual cobra taxas mais baratas.

Tudo isso dispensa que a instituição financeira que oferece esse tipo de conta repasse aos clientes os gastos com aluguéis, colaboradores e outras despesas necessárias para manter locais de atendimento presencial.

Além disso, os processos de uma conta digital são mais automatizados, o que reduz os custos.

Uma conta digital também é mais barata porque oferece pacotes de serviços mais enxutos, que atendem às necessidades de quem realiza poucas operações mensais.

Uma conta-corrente tradicional costuma embutir mais serviços e, naturalmente, cobra mais por isso.

Como abrir uma conta digital?

O processo de abertura é parecido com o de uma conta-corrente tradicional, só que com menos burocracias e online. Geralmente, basta ter 18 anos e apresentar RG, CNH ou CPF para abrir a conta. Pode ser exigida a transferência de um valor inicial para a ativação do serviço.

É possível receber salários por uma conta digital. Para isso, basta pedir a portabilidade. A modalidade de conta é oferecida por fintechs, bancos de médio porte, bancos de investimento, bancos digitais e plataformas de pagamentos.

Há instituições financeiras já criadas com o intuito de oferecer uma conta digital, como a Nubank. Outras já atuavam no mercado com foco em pessoas jurídicas e investimentos, como Inter e Sofisa, e passaram a oferecer o serviço.

Cada conta digital, portanto, tem uma estratégia diferente. Em algumas, os serviços são inteiramente gratuitos; em outras, pode haver um limite de operações sem custo.

Quais são os serviços oferecidos pela conta digital?

Uma conta digital oferece cartões de débito e crédito (geralmente sem anuidade), pagamento de contas, saques, depósitos e transferências. Algumas também oferecem a possibilidade de contratar empréstimos, seguros e fazer recarga de celular.

As transferências podem ser realizadas entre contas de uma mesma instituição financeira ou entre contas de instituições diferentes (TED e DOC).

Na TED, o dinheiro cai no mesmo dia caso a transferência seja feita até as 17h, e é possível enviar valores maiores do que R$ 5 mil.

No DOC, é possível transferir apenas valores de até R$ 4.999,99 por dia, e o dinheiro cai apenas no dia seguinte se a operação for feita antes das 22h. Não há valor mínimo para o envio do dinheiro em ambos os casos.

Por não oferecer uma rede de agências, geralmente o saque do dinheiro depositado em uma conta digital pode ser feito em caixas eletrônicos, como os do Banco24Horas. Já o depósito de valores pode ser feito por boleto.

Apesar de não ter agências físicas, em uma conta digital os clientes podem buscar atendimento por telefone ou chat. O atendimento online pode ser oferecido 24 horas por dia, durante toda a semana.

Por que abrir uma conta digital?

A conta digital é indicada para quem usa meios eletrônicos para realizar operações com frequência.

Se você não costuma usar o serviço de agências físicas e realiza operações bancárias apenas por smartphones, computadores ou caixas eletrônicos, a conta digital é vantajosa, pois permite economizar em tarifas bancárias.

Parece pouco, mas um pacote de tarifas que custa R$ 20 por mês significa um gasto anual de R$ 240. Em 5 anos, a despesa é de R$ 1.200. Além disso, quem faz 3 transferências por mês e paga R$ 8 por operação gasta R$ 288 por ano.

Ter uma conta digital pode significar uma economia de R$ 528 por ano, considerando apenas esses dois custos.

Com a Selic na mínima histórica, está bem mais difícil rentabilizar investimentos de forma a compensar esse valor gasto com taxas de transferência.

Sendo assim, vale a pena economizar ao máximo para que esses gastos não tenham impacto sobre a rentabilidade do seu investimento.

Quais são as opções de contas digitais que oferecem transferência gratuita?

Para quem decide ter uma conta digital, é importante optar pela opção que ofereça um pacote de serviços mais adequado às suas necessidades. Caso contrário, há o risco de pagar taxas extras.

Veja abaixo quais são as instituições financeiras que oferecem transferências gratuitas e as regras de cada uma para a isenção da taxa.

1. Nubank

A Nuconta não cobra taxas pelas transferências. O saldo parado na conta rende a uma taxa próxima da Selic, hoje em 5% ao ano.

2. Banco Inter

A conta do Banco Inter isenta tarifas de todas as transferências feitas pelos usuários.

3. Modalmais

Na conta digital da plataforma de investimentos, as transferências gratuitas são ilimitadas.

4. Sofisa Direto

Não cobra taxas de transferências por TED ou DOC.

5. Banco Neon

Desde outubro de 2019 o Banco Neon não cobra mais tarifas para transferências de dinheiro para outros bancos.

6. PagBank

A conta digital do PagSeguro oferece 5 TEDs sem taxa por mês para outros bancos, de mesma titularidade ou diferente. Ultrapassada essa quantidade, cobra R$ 1,99 em cada operação. Para outros clientes da plataforma, as transferências são ilimitadas.

7. Agibank

Na conta digital do banco, as transferências gratuitas são limitadas a 4 por mês. Caso o usuário ultrapasse o limite, o banco cobra R$ 1,90 por operação.

Agora que você já sabe qual conta digital oferece transferências gratuitas, que tal começar a investir? Aprenda como dar os primeiros passos neste curso básico de investimentos!

Malena Oliveira

Malena Oliveira é jornalista especializada em Finanças Pessoais e redatora na Magnetis.

leia mais desse autor