Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

Day trade não funciona: entenda o porquê

Vamos direto ao ponto: na prática, o day trade não funciona. Ele é apresentado como uma ótima oportunidade de ganhar muito dinheiro em operações na bolsa de valores – mas a verdade é que não se trata de uma operação tão lucrativa assim.

Leia este post para entender melhor o que é essa operação e por que ela oferece grandes riscos para a sua carteira de investimentos.

O que é day trade?

O day trade é uma modalidade de investimento na bolsa de valores, com promessas de retorno em curtíssimo prazo. Através dessa abordagem, são realizadas a compra e a venda de ações de uma mesma empresa, em um único dia.

Por isso, um dos principais diferenciais da modalidade é que as operações podem durar apenas alguns minutos. Nesse ponto, diferencia-se do swing trade, que conta com um espaço de até dois dias entre a compra e a venda dos papéis.

A modalidade chama a atenção dos investidores pela chance de obterem retorno rápido e por dar espaço para a alavancagem, que é o uso de um limite liberado pela corretora, em um crédito exclusivo que se assemelha ao cheque especial.

Na teoria, há chances de ganhar um bom dinheiro em um curto período. Porém, a realidade se mostra um pouco diferente.

Quais são os principais riscos do day trade?

O day trade traz diversos riscos e requer muito sangue frio dos investidores. Ele é fortemente influenciado pelos cenários nacional e mundial, o que impede uma previsão segura ou uma preparação para as oscilações. Isso significa que, apesar das vantagens de ganho, existe uma série de ameaças presentes na modalidade, listadas a seguir.

Liquidez

Embora o day trade se baseie na compra e venda rápida de ações, o trader pode não conseguir vender os papéis e, com isso, não obter a liquidez esperada na operação. 

Mercado

O risco de mercado é a possibilidade de oscilação do papel adquirido, resultando em uma movimentação diferente da esperada pelo trader. Em outras palavras, o investidor aposta que determinados papéis vão subir, mas eles acabam por sofrer queda na bolsa de valores.

Sistêmico

O risco sistêmico acontece quando uma crise afeta todos os ativos do mercado. Um exemplo próximo é a pandemia da COVID-19, que provocou um recuo em boa parte dos investimentos e assustou a economia em todo o mundo.

Embora o day trade traga a rapidez necessária para que as operações acompanhem essa volatilidade, os prejuízos nesse caso são incalculáveis, já que se trata de algo totalmente inesperado, que foge da curva da normalidade.

Conflito de interesses

Em sites de corretoras, é possível encontrar conteúdos que, apesar de alertarem sobre os riscos do day trade, também destacam as possibilidades de ganho.

No entanto, há interesses envolvidos nisso. Além da venda de cursos sobre o assunto, as corretoras ganham dinheiro com essas operações, através da indicação de ativos que podem não ser as melhores opções para o investidor.

Por isso, para essas empresas, é conveniente que mais pessoas queiram operar com day trade – mesmo que, a longo prazo, a operação não seja positiva para quem investe.

Entenda de vez por que o day trade não funciona

Ao lidar com esse tipo de movimentação financeira, o investidor lida não apenas com questões externas, mas também mentalidades que podem contribuir para a rápida queima de um patrimônio.

Relacionamos aqui os problemas mais comuns, para que você entenda melhor por que o day trade pode ser uma verdadeira armadilha.

Acreditar que é possível prever o futuro utilizando o passado

A análise de dados pode se basear nos acontecimentos passados para prever o futuro. Porém, essa dinâmica não é aplicável para o day trade.

Diversos fatores impactam as operações e fazem com que uma simples mudança provoque uma grande perda.

Ignorar os altos riscos da operação

Muitas pessoas se empolgam para começar o day trade ao observar cases de sucesso. Mas não se deixe levar pelas aparências: de maneira geral, as pessoas que apostam o capital nessa modalidade também sofrem perdas consideráveis de dinheiro.

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou que 92% dos traders pessoa física desistem de operar antes de um ano. Fora isso, dos 8% que permaneceram na ativa para além desse período, 91% tiveram prejuízo.

Achar que possui mais conhecimento que o mercado

Um dos argumentos usados para vender cursos de day trade afirma que, com mais conhecimento, é possível fazer operações melhores.

A verdade é que essa curva de aprendizado não existe. Você até pode saber mais sobre o assunto e melhorar as suas escolhas de compra e venda – porém, alguns fatores ainda permanecem obscuros mesmo para o trader profissional.

Esquecer que, na verdade, o day trade é uma aposta

No day trade, é possível ter contato com algumas técnicas e sequências que podem aumentar a possibilidade de ganhos. No entanto, o investidor não tem uma visão macro da situação, de maneira que ele basicamente aposta em uma movimentação, sem ter a certeza sobre o resultado.

Na prática, é como um jogo de azar, inclusive em relação aos efeitos no cérebro. Quando as operações de day trade dão certo, o corpo libera uma grande quantidade de dopamina (hormônio do prazer e da recompensa). A tendência é que o trader não consiga mais lidar com isso racionalmente, podendo até mesmo ficar viciado em realizar as operações.

Como investir de uma forma mais confiável?

A melhor maneira de garantir o crescimento do seu patrimônio é contar com especialistas que realmente saibam o que estão fazendo, escolhendo investimentos que tenham a ver com as suas metas, mas que também considerem a realidade do mercado.

Por isso, é melhor optar por investimentos seguros e não se deixar levar pela promessa de ganhos rápidos.

Com uma carteira pensada de maneira estratégica, as chances de multiplicar o seu patrimônio aumentam. Você também consegue dormir de maneira tranquila e preservar a sua saúde, sem se expor a todo o estresse e à gangorra de emoções que o day trade traz.

Ficou claro por que o day trade não funciona? Não se deixe seduzir por promessas de ganhos astronômicos em pouco tempo. Quando se trata de dinheiro, o melhor é manter os pés no chão e pensar cuidadosamente em cada passo.

Se deseja fazer o seu capital trabalhar para você de maneira inteligente, baixe o aplicativo da Magnetis e descubra como podemos indicar o caminho certo, fazendo a diversificação da sua carteira com base em forte expertise, diversificação única e total apoio de uma tecnologia inovadora.

Andressa Siqueira, CEA
Andressa Siqueira, CEA

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019, possui certificação CEA pela ANBIMA e trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor