X
Magnetis Week

a black friday da

Magnetis Logo
Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

O que é débito automático? Quais bancos oferecem esse serviço?

Quem se preocupa em manter as finanças pessoais organizadas, sempre busca meios de melhorar o controle do orçamento e evitar problemas como o pagamento atrasado das contas. Uma das alternativas é o débito automático.

Você já conhece essa função oferecida pelos bancos? Ela é bem simples uma grande aliada da organização do pagamento dos seus compromissos mensais.

Veja, a seguir, o que é débito automático, como ele funciona, o que fazer para solicitar e se vale mesmo a pena adotar esse recurso!

Débito automático: o que é?

O débito automático é um serviço oferecido pelos bancos que permite cadastrar uma conta recorrente (geralmente de água, energia elétrica ou TV a cabo) para que o pagamento seja feito automaticamente na data de vencimento.

Em outras palavras, o próprio banco fica responsável por retirar o dinheiro da sua conta e repassar para o fornecedor.

Assim, você não precisa se preocupar com tantos compromissos e pagá-los em datas diferentes — só deve garantir que o dinheiro esteja na conta no dia da cobrança.

Como funciona o débito automático?

Em vez de organizar todas as contas para pagar via aplicativo (ou ter que ir ao banco) todos os meses antes do vencimento, você cadastra a empresa fornecedora na instituição onde você tem conta-corrente.

Além de melhorar o controle sobre as suas obrigações financeiras, essa ainda é uma forma de economizar tempo no dia a dia — principalmente se você ainda faz os pagamentos de maneira tradicional, se dirigindo à agência ou casa lotérica e enfrentando filas.

Dessa forma, sempre que esse fornecedor emitir uma fatura no seu nome, o banco faz o débito na sua conta na data de vencimento e repassa o valor para a empresa. Para isso, é necessário solicitar o serviço junto à instituição e avisar a prestadora dos serviços que a operação foi realizada.

É importante destacar que essa modalidade só pode ser colocada em prática com a sua autorização e também precisa ser monitorada todos os meses para garantir que o débito está mesmo sendo feito pelo banco.

Caso prefira, você pode optar pelas formas de pagamento tradicionais (em casas lotéricas e instituições bancárias), no crédito ou débito. O ideal é escolher a opção que seja mais adequada ao seu perfil e às suas necessidades.

Para cessar as cobranças automáticas, deve-se solicitar o cancelamento do serviço junto à instituição. Se a solicitação foi feita inicialmente para o banco, é com ele que você precisa entrar em contato. Se você solicitou via fornecedor, peça diretamente a ele a interrupção desse modo de cobrança.

Quais bancos oferecem esse serviço?

A maioria das instituições tradicionais oferece essa opção de débito automático. Entre elas estão a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, o Itaú, o Santander e o Bradesco. Alguns bancos digitais também já permitem solicitar o serviço, como é o caso do Banco Inter.

Você não precisa se preocupar em relação à cobrança de algum tipo de tarifa bancária extra na sua conta, visto que essa opção já está incluída no serviço.

Vale a pena utilizar o débito automático?

Ao utilizar o débito automático, economiza-se o tempo necessário para pagar todas as contas do mês — quer seja no aplicativo, quer seja presencialmente no banco.

Também evita-se o risco de esquecer ou quitar em atraso — o que gera multa, juros e também pode interromper o serviço, dependendo do seu contrato com a prestadora.

Além disso, vale a pena citar outras vantagens dessa modalidade:

  • é possível acompanhar o valor da conta via fatura e cancelar o débito caso exista alguma divergência nos valores;
  • existem empresas que oferecem descontos a quem paga as contas em débito automático;
  • alguns bancos oferecem os chamados pontos de relacionamento aos clientes que utilizam o serviço.

Esse recurso é bem vantajoso para quem tem bastante organização quanto ao orçamento familiar — desde que não se esqueça de deixar o dinheiro na conta-corrente na data de vencimento.

Se você ainda está começando a organizar suas finanças pessoais e corre o risco de ter que deixar de pagar a conta no período, essa modalidade ainda não é a mais adequada.

Quais cuidados é preciso tomar com o débito automático?

Antes de tudo, é importante frisar que, apesar de ser um facilitador, o débito automático também exige disciplina financeira, visto que você precisa garantir o montante necessário em conta para que os pagamentos sejam efetuados.

Caso contrário, corre-se o risco de cair no cheque especial ou de sofrer com atraso — e o pagamento de multas e juros. Se você negociou um desconto com a prestadora e esse problema ocorre com frequência, é provável que perca o benefício.

Além desse, outros cuidados que podem ser tomados incluem:

  • verificar mensalmente se o valor está sendo debitado na data de vencimento — o que pode ocorrer a qualquer momento do dia;
  • verificar a existência da informação “conta em débito automático” na fatura enviada pela prestadora — essa é a indicação de que o serviço realmente foi ativado;
  • acompanhar mensalmente o débito por meio do extrato;
  • conferir as faturas enviadas todos os meses, visto que podem ocorrer divergências nos valores. Nesses casos, você deve procurar o fornecedor dos serviços antes da data de vencimento para que a correção seja feita a tempo.

Como solicitar o débito automático?

Você pode solicitar o serviço diretamente à prestadora — entrando em contato via call center ou no momento da contratação do serviço — ou ao banco.

Nesse caso, a operação pode ser feita pelo aplicativo de internet banking (caso exista essa funcionalidade), na agência ou no SAC da instituição.

Na dúvida, sempre verifique qual é o procedimento correto para evitar o desencontro de informações.

Agora que você já sabe mais sobre o débito automático, quer melhorar a sua gestão financeira? Então, aproveite e conheça o nosso curso grátis de investimento!

Luiza Caricati

Luíza Caricati é produtora de conteúdo da Magnetis. Jornalista, tem experiência na área de investimentos, educação e negócios, e lidera nossa estratégia multimídia, traduzindo conteúdos complexos em comunicações didáticas para diversos formatos.

leia mais desse autor