Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

Diversificação de investimentos: por que essa é a melhor saída para 2021?

Não é preciso ser especialista para investir com máximo retorno e alcançar todos os seus objetivos. De qualquer modo, prezar pela diversificação de investimentos é uma estratégia eficaz para aumentar os seus ganhos e reduzir potencialmente qualquer perda. A seguir, saiba mais sobre o assunto e descubra como montar uma carteira do seu jeito.  

O que é a diversificação de investimentos?

Antes de descobrir o que é diversificação de investimentos, devemos nos lembrar da imprevisibilidade pela qual o mercado financeiro é conhecido. Especialmente em meio às consequências de uma pandemia, o cenário econômico pode sofrer maior instabilidade nos próximos meses. Ou seja, nem mesmo experts em investimentos podem prever com certeza absoluta quais futuras mudanças podem ocorrer. 

Portanto, para maior controle de riscos em 2021, o ideal é não alocar todos os seus recursos em apenas um produto. Nesse sentido, a diversificação de investimentos com ativos de diferentes classes exerce um importante papel para garantir maior proteção ao capital investido. 

Através do balanceamento entre produtos de renda fixa e renda variável, os riscos — presentes em todo e qualquer ativo financeiro — são amenizados. Dessa forma, aumentam também as chances de atingir resultados consistentes com sua carteira. 

Por que diversificar a carteira é tão importante?

A proteção do patrimônio no longo prazo é uma das principais preocupações dos investidores, mas correr riscos não é mera opção quando se trata do mercado financeiro. Logo, diversificar a carteira é importante para encontrar um equilíbrio entre investimentos com rendimento e risco menores e os mais ousados e arriscados, que garantem rendimento superior. 

A técnica de diversificação permite a inclusão de investimentos de alto risco, aumentando a rentabilidade. Porém, cada carteira deve ser composta de forma única, a partir de estudos sobre cada investimento e a volatilidade do mercado, contemplando o perfil do investidor e seus respectivos objetivos. 

Diversificação x Pulverização

A diversificação neutraliza as possíveis perdas provenientes de um ativo presente no portfólio através da performance positiva de outras aplicações. Construir uma carteira diversificada vai além de reunir uma grande quantidade de ativos sem qualquer técnica, como costuma ocorrer no processo chamado de pulverização

Em outras palavras, a diversificação é uma estratégia que precisa ser elaborada cuidadosamente. Nela, é importante evitar a escolha de ativos com comportamento similar, como ações de bancos. Isso porque a descorrelação — combinar ativos de classes distintas — confere à carteira maior poder em relação à volatilidade do mercado e ameniza ao máximo qualquer risco. 

Então um portfólio com menos produtos, mas bem selecionados, têm maior potencial de sucesso. Por outro lado, acumular ativos, compostos apenas por produtos correlacionados, pode pulverizar o potencial de retorno individual de cada produto.

Como simplificar a diversificação de investimentos?

Parece que há muito trabalho a ser feito para investir de forma diversificada. No entanto, a boa notícia é que existem opções para simplificar a estratégia, através das próprias aplicações ou com auxílio de especialistas em gestão de investimentos

Investimentos entre classes de ativos

Quando os aportes são divididos entre produtos de renda variável e renda fixa, o investidor conta com maior proteção em relação à volatilidade. Esse tipo de diversificação ocorre em diferentes classes de ativos, sob diferentes proporções. Conheça as principais classes de renda variável que podem ser combinadas na carteira para simplificar a estratégia.

  • ações: 
  • fundos imobiliários; 
  • moedas estrangeiras;
  • fundos de investimentos.

Agora, saiba quais são os produtos de renda fixa mais populares, igualmente úteis para investir de forma diversificada com segurança:

  • CDB (Certificado de Depósito Bancário);
  • Tesouro Direto;
  • LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio).

O investidor pode, por exemplo, pesquisar quais são os fundos imobiliários mais rentáveis e combiná-los com ações, assim como escolher fundos de investimento, pois essa classe é naturalmente diversificada. 

Apesar de não ser simples, a diversificação é recomendada para todos os perfis de investidor. Como resultado, a rentabilidade aumenta consideravelmente de acordo com as principais metas e, além disso, o risco é menor.

Diversificação geográfica de investimentos

Em 2021, quem deseja reduzir, ou mesmo driblar o risco sistemático, causado e potencializado pela crise econômica, é aconselhado a reservar uma porcentagem da carteira para investimentos em outros países de moedas fortes


A diversificação geográfica é composta pelos seguintes produtos:

  • ativos de empresas exportadoras em geral;
  • ações americanas (stocks): negociadas na Bolsa de Valores americanas, funcionam da mesma forma que ações nacionais;
  • BDRs (Brazilian Depositary Receipts): fundos de investimentos atrelados à ações de empresas americanas específicas, mas negociados na Bolsa brasileira; 
  • REITs (Real Estate Investment Trust): ativos imobiliários disponibilizados por empresas americanas, com dinâmica similar aos FIIs;
  • ETFs (Exchange Traded Funds): esses “fundos de índices” buscam replicar o retorno de um determinado índice do mercado de ações no investimento.

Diversifique de acordo com seu perfil de investidor

Conhecer a si mesmo, assim como ter ciência dos seus principais objetivos, é um dos caminhos para alcançar alto desempenho com seus investimentos. Antes de mais nada, é necessário descobrir o seu perfil de investidor para então diversificar sua carteira. 

Afinal, o modo como você tolera riscos faz total diferença na construção da melhor estratégia.

Perfil agressivo: como diversificar?

Investidores de perfil agressivo possuem alta tolerância a riscos e a maior parte do patrimônio alocado em renda variável, normalmente nacional e global. Portanto, para garantir equilíbrio, esse perfil pode associar aplicações em fundos de ações e multimercados a títulos pós-fixados e crédito privado

Perfil moderado: como diversificar?

O perfil moderado costuma dividir seus aportes em renda fixa e variável de forma proporcional, por apresentar menor tolerância aos riscos. Nesse caso, a recomendação é continuar a diversificar ao máximo os títulos públicos e privados de renda fixa, além de escolher os ativos de renda variável estrategicamente.

Perfil conservador: como diversificar?

Para o perfil conservador, o risco é pouco tolerado, sendo que grande parte dos ativos estão concentrados na renda fixa. Ao combinar diferentes investimentos em títulos públicos, CDBs, LCIs e LCAs, o investidor garante a diversificação com maior segurança.

Investir em 2021 pode ser mais simples do que você imagina

Dedicar tanto tempo para encontrar os melhores investimentos, além de toda a burocracia envolvida para aplicar seus recursos financeiros, fazem dos investimentos algo complicado.

A Magnetis concorda que investir de forma diversificada, segura e com alta rentabilidade não é das tarefas mais simples, por isso conte conosco para assumir esse papel em sua trajetória financeira. 

Somos pioneiros na hiper diversificação e buscamos entre mais de 20.000 ativos financeiros as melhores opções para os seus aportes. Queremos cuidar dos seus investimentos e provar que você não precisa perder tempo para aprender a aumentar seu patrimônio

Dessa forma, com as escolhas de nossos especialistas, mais do que facilitar a diversificação, você terá acesso a uma carteira financeira desenvolvida de acordo com seu perfil e objetivos, com produtos e condições exclusivas para garantir resultados surpreendentes. Isso significa maior quantidade de ativos em sua carteira, sem deixar de lado a estratégia e a rentabilidade

Baixe o aplicativo da Magnetis e deixe o trabalho de investir com uma gestora livre de conflitos de interesse, com taxas justas e foco total em compor uma carteira de investimentos 100% alinhada com seus objetivos. 

Aplicativo Magnetis
Andressa Siqueira, CEA
Andressa Siqueira, CEA

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019, possui certificação CEA pela ANBIMA e trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor