Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Educação corporativa: como auxiliar o desenvolvimento do colaborador

O mercado está cada vez mais competitivo. Novos concorrentes surgem todos os dias, em meios físicos e digitais. Nessa realidade, as empresas que mais se destacam são as que proporcionam a melhor experiência aos clientes. Essa excelência passa por ajudar seus colaboradores a se desenvolverem e encantarem. E uma das formas de garantir que sua equipe esteja capacitada é através da educação corporativa.

Promover uma educação corporativa não serve apenas para treinar sua equipe. É uma parte fundamental na estratégia da sua empresa, aumentando o engajamento dos colaboradores e gerando resultados financeiros positivos. Veremos a seguir o que é a educação corporativa, seus benefícios e quais temas podem ser trabalhados. Acompanhe!

O que é educação corporativa?

A educação corporativa é a prática de desenvolver o lado profissional de seus colaboradores em consonância com seus objetivos corporativos.

Você gerencia o conhecimento adquirido e repassado na sua empresa, ao mesmo tempo em que promove o crescimento do negócio. Além disso, assume o papel de instruir sua equipe, sem depender de outras instituições acadêmicas e educacionais. Essa capacitação vai além de um treinamento pontual. Ela precisa ser um processo de reciclagem constante.

A educação corporativa permite a implantação, o desenvolvimento e a consolidação de competências essenciais para sua empresa. Enquanto isso, o colaborador tem suas necessidades de desenvolvimento profissional atendidas e fica mais motivado e engajado com a empresa.

Por cobrir tantos pontos necessários ao sucesso da sua empresa, a capacitação deve fazer parte da sua política de gestão de pessoas. É preciso criar uma cultura sólida de qualificação, tendo a educação corporativa contínua como pilar.

Quais são os benefícios da educação corporativa?

O primeiro benefício é qualificar sua equipe para desempenhar atividades e processos com a maior qualidade e otimização possíveis. A capacitação pode ser específica para uma determinada competência ou área do negócio ou até sobre temas mais gerais que irão impactar no dia a dia do trabalho. Mas quanto mais personalizada for a educação corporativa, mais perto você estará da excelência organizacional e operacional em todos os departamentos da empresa.

É importante lembrar também que não é apenas um salário maior que motiva seus profissionais. Oferecer a educação corporativa é uma forma de aumentar o engajamento da equipe e a reputação da empresa entre seus membros. Uma empresa que investe no crescimento dos seus colaboradores será mais valorizada por eles.

Uma consequência similar da educação corporativa é atrair e reter talentos. Oferecer capacitações fortalece sua marca empregadora. Profissionais veem sua empresa como uma boa oportunidade profissional, e a competição por suas vagas aumenta. Uma vez contratados, esses colaboradores usufruem da educação corporativa e se sentem menos tentados a procurar um novo emprego.

Membros mais motivados possibilitam uma melhoria no clima organizacional. Inclusive, alguns formatos de educação corporativa envolvem aprendizados em grupo ou outros recursos sociais, como a gamificação. Essa experiência torna o ambiente de trabalho mais leve, com uma relação melhor entre colegas e entre seus colaboradores e clientes.

O conhecimento também torna esses colaboradores mais confiantes e criativos. Seus membros serão mais produtivos em épocas de bonança e de crise. Eles terão um pensamento mais crítico, o que gera autonomia na operação e novas ideias para a empresa. É possível, inclusive, reciclar gerentes antigos e preparar colaboradores para se tornarem líderes.

Com profissionais melhores, sua companhia presta um serviço de maior agilidade, inovação e qualidade. Essas são vantagens competitivas, ou diferenciais sobre os concorrentes. Seu negócio verá uma melhoria em participação de mercado e resultados financeiros no curto, médio e longo prazo.

Por fim, a educação corporativa pode reforçar a cultura da sua empresa. A cultura corporativa é seu conjunto de valores e propósitos. Se os colaboradores não aprendem quais são esses elementos, dificilmente vão se identificar com o negócio. Eles não sentirão vontade de trabalhar além do exigido, não passarão sua missão aos clientes e terão mais chances de sair do emprego.

Banner podcast Papo de Firma

Quais temas podem ser trabalhados?

Para saber quais temas sua empresa trabalhará na educação corporativa, entenda primeiro os objetivos que pretende atingir com ela. Conheça bem os pontos fortes e fracos do seu negócio, para saber em quais áreas é preciso melhorar.

Pode constar nesse planejamento estratégico, por exemplo, a necessidade de aumentar o faturamento, de reduzir os custos, de trazer mais produtividade ou de otimizar processos.

Depois, converse com seus colaboradores e entenda quais lacunas de conhecimento impedem que sua empresa alcance os objetivos. Identifique as dificuldades existentes e quais seriam as qualificações mais adequadas.

Reúna-se com sua liderança e desenhe o plano de educação corporativa. Escreva qual será o tema, a duração e o formato do conteúdo (cursos, palestras ou workshops, por exemplo). Avalie equipes e hierarquias envolvidas, se o conteúdo será dado de forma presencial ou online e qual será o custo de produção ou contratação.

A seguir algumas ideias de conteúdos que você pode trabalhar dentro da sua organização:

Cursos ligados ao negócio

Esses cursos são mais voltados para reciclagem e atualização dos colaboradores em aspectos que são importantes para a empresa. Exemplos são treinamentos sobre regras de compliance, formas de atendimento, valores e cultura da empresa etc.

Treinamentos técnicos

É importante pensar em conteúdos que complementam o desempenho do seu colaborador e contribuam para o dia a dia do trabalho. Aqui você pode pensar em palestras sobre especificidades de Marketing, técnicas das Venda, aprofundamento em linguagem de programação, inovações do mercado de atuação entre outros.

Cursos para aumento de produtividade e engajamento

Os colaboradores têm diversos desafios no dia a dia que podem comprometer a produtividade e engajamento deles com a empresa. Por isso, em uma estratégia de educação corporativa também é interessante considerar assuntos que iram auxiliá-los em outros obstáculos. É o caso de workshops sobre educação financeira, saúde mental e mindfulness, por exemplo.

Workshops de Soft Skills

A educação corporativa não deve parar nesses conhecimentos mais práticos, chamados de hard skills. As soft skills, habilidades comportamentais e subjetivas, são igualmente importantes para que seu negócio entenda os consumidores e obtenha sucesso. Exemplos são capacitações sobre inteligência emocional e liderança.

Além da continuidade, outro aspecto fundamental para uma boa educação corporativa é acompanhar o progresso dos colaboradores. Investir em uma capacitação não traz frutos se não houver a verificação do que deu certo ou errado na absorção e implementação do conhecimento. Converse com sua equipe sobre o que poderia ser melhorado. Essa avaliação será fundamental para garantir boas iniciativas de educação corporativa no futuro.

A educação corporativa pode ser usada para trabalhar diversos temas e apresenta muitos benefícios. Você melhora a satisfação dos colaboradores, aumenta a qualidade do seu capital humano e ainda obtém melhores resultados para sua empresa. Agora, fique por dentro de mais temas que levam seu negócio ao sucesso seguindo a Magnetis nas redes sociais! Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter, no YouTube e no LinkedIn.

Julia Ayres

Julia é jornalista por formação, mas apaixonada por marketing digital, performance e educação financeira. Atualmente, lidera as estratégias de marketing para a área de empresas da Magnetis

leia mais desse autor