Entenda como o efeito avestruz pode afundar a sua vida financeira

por Malena Oliveira | 22/10/2019

efeito avestruz
consultoria de investimento

Garantir que as finanças pessoais estejam em dia requer diversos cuidados, incluindo evitar gastos excessivos e controlar as despesas bem de perto. Apesar disso, é normal acontecerem algumas derrapadas de vez em quando. Nesse sentido, o importante é evitar o efeito avestruz.

Você já ouviu falar desse conceito? Neste artigo, explicamos o que é, como ele se relaciona com a vida financeira e o que é necessário para fugir dessa situação. Continue a leitura para saber mais!

O que é o efeito avestruz?

O efeito avestruz diz respeito ao ato de ignorar informações que podem estar ligadas a situações ou consequências ruins. O objetivo é evitar (ou minimizar) o desconforto e a ansiedade que isso pode gerar.

É como aquela pessoa que, mesmo apresentando alguns sintomas, se recusa a ir ao médico e fazer exames, com receio de descobrir alguma condição de saúde que requer cuidados (ou que seja grave).

Outro exemplo são aqueles estudantes que evitam ver a nota de uma prova para a qual não se prepararam adequadamente.

Entretanto, vale destacar que, quando alguém se recusa a encarar essas situações, a tendência é a de que tudo vire uma grande bola de neve — tornando o caso mais grave e mais difícil de solucionar do que inicialmente.

Como ele se aplica à vida financeira?

O efeito avestruz explica muito bem o comportamento de uma pessoa que evita visualizar os gastos do mês e acompanhar a fatura do cartão de crédito, porque sabe que provavelmente os custos ultrapassaram os ganhos, por exemplo.

Isso ocorre, principalmente, pelo fato de que muitos de nós temos aversão a perdas e a qualquer outra ocasião que demonstre que estamos saindo no prejuízo.

De certa forma, isso também está ligado ao fato de que existe certa esperança de que talvez o problema não seja tão grande assim.

Contudo, vale ressaltar que, se essa situação for recorrente e prolongada, pode levar você a uma situação de risco (do ponto de vista financeiro) e prejudicar consideravelmente o seu orçamento — sem contar que o problema ainda estará lá, sem solução e se tornando maior a cada dia que passa.

Como ele pode ser evitado?

Há diferentes formas de evitar o efeito avestruz e todas as consequências negativas que ele pode trazer para a sua saúde financeira. Mostramos as principais delas nos tópicos a seguir.

Reveja o orçamento sempre que exagerar ou se endividar

Sentiu que teve um gasto além do que esperava ou deveria? Então, esse é o momento certo de sentar e rever todo o orçamento com calma. Anote os custos extras e veja de que forma eles impactam suas receitas.

Pode ser que as coisas continuem tranquilas, como também pode surgir a necessidade de cortar despesas supérfluas ou fazer uma renda extra, por exemplo.

O importante é fazer o diagnóstico, identificar um possível plano de ação e usar isso como o ponto de partida para um novo planejamento financeiro.

Defina prioridades

Se as coisas não estão muito bem financeiramente, é necessário estudar o que é prioridade e o que pode ser reduzido ou eliminado, o que inclui:

  • um pacote de TV a cabo que não é totalmente aproveitado;
  • um plano de celular subutilizado;
  • as refeições frequentes fora de casa;
  • aqueles gastos pequenos (tipo o cafezinho) que não são devidamente controlados, mas que somam uma quantia considerável no fim do mês.

Faça a definição do que de fato é importante e se vale a pena ser mantido. Após, realize os ajustes necessários nos gastos secundários.

consultoria de investimento

Equilibre as aplicações

O efeito avestruz também pode acontecer com os investimentos. Nesse caso, a pessoa evita acompanhar as aplicações que não estão dando o retorno esperado ou apresentaram algum prejuízo no período.

Nessa situação, o melhor a se fazer é procurar o equilíbrio, e, para isso, a diversificação pode ser a melhor estratégia.

Assim, um investimento que apresenta resultados satisfatórios pode compensar o desempenho aquém de outra aplicação.

Também não tenha medo de se desfazer de investimentos que se mostraram uma má ideia com o passar do tempo.

Saiba exatamente como estão as despesas

Faça um controle rigoroso das despesas. Assim, você fica ciente de tudo que sai e de como seu dinheiro é gasto. Com essa organização, as chances de comprar além do seu limite de orçamento diminuem, e se evita a bola de neve que isso pode causar.

Não se esqueça de atualizar seus controles (planilha, aplicativo ou caderno) sempre que uma nova conta for adquirida. Caso contrário, as informações ficam incompletas e podem induzir ao erro.

Evite os gastos por impulso

O problema do gasto por impulso é que ele pode gerar um arrependimento depois.

A partir daí, o efeito avestruz é praticamente inevitável: a pessoa evita checar as contas pois sabe que vai se deparar com algum problema — sem contar o risco de não conseguir honrar com todos os compromissos posteriormente.

Use o cartão de crédito com moderação

O cartão de crédito é um ótimo aliado em momentos imprevistos e em casos de compras de maior valor que precisam ser parceladas.

Entretanto, por outro lado, eles podem dar uma falsa sensação de que temos um poder de compra mais elevado.

Por isso, evite utilizá-lo para gastos supérfluos ou que podem ser adiados. Tente comprar à vista sempre que possível — já que isso ajuda a evitar uma aquisição desnecessária ou fora de hora.

Faça uma reserva de emergência

Quando você poupa determinada quantia e deixa ela disponível para os momentos de emergência, consegue passar por essas situações com mais tranquilidade, pois sabe que tem um montante para ajudar a cobrir uma necessidade.

Como consequência, ainda evita o efeito avestruz, já que, com a solução em mãos, as chances de procrastinar e ignorar a situação são menores.

Porém, lembre-se que ela deve ser usada somente nos imprevistos e em casos em que você realmente está passando por uma emergência, ou ainda quando encontrar uma grande oportunidade em algo que você realmente precisa e que está em promoção, por exemplo.

Quando falamos em organização financeira, evitar o efeito avestruz acaba sendo uma das grandes recomendações, já que ele pode agravar uma situação que inicialmente poderia ser resolvida de forma simples e rápida.

Para aprimorar suas finanças e evitar essas complicações, aproveite para baixar esta planilha de controle de gastos que preparamos especialmente para isso!

Avaliar o post