Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

Promessas milagrosas x riscos financeiros: a verdade por trás das especulações financeiras

Investimento não é um jogo de azar, e quem investe precisa ter isso em mente. Exatamente por isso, precisamos falar sobre as especulações financeiras. Você sabe quais são os riscos por trás dessa prática?

Nesse artigo compartilho um pouco dos meus conhecimentos e experiências importantes sobre o tema. Confira!

O que são especulações financeiras?

A especulação financeira pode ser conceituada como a compra ou venda de um ativo com a intenção de vendê-lo no futuro para obter lucro. Porém, não há certeza de que um cenário irá ocorrer de fato e nem certeza de que ocorrerá lucro com a operação visto que esta não é bem fundamentada.

As especulações financeiras podem ser comparadas a apostas, em que a pessoa busca ganhar muito dinheiro investindo pouco. Se você já investe e estudou um pouco, sabe que a própria definição demonstra um alto risco.

Quanto maior o possível ganho, também maior a possível perda – inclusiva acima do valor incialmente investido. Principalmente nos casos de especulação de operações baseadas em palpites ou padrões de comportamento dos preços, sem uma preocupação com os fundamentos do ativo em questão.

Como funcionam as especulações financeiras?

Como vimos, a especulação é uma operação de investimento sem muita atenção aos fundamentos. Como a pessoa que faz esse tipo de operação tem apenas um palpite ou feeling do que irá se valorizar, ela investe em um ativo esperando um bom retorno. Caso suas projeções estejam certas, é possível conquistar um lucro interessante, mas há o risco de que estejam erradas e isso pode gerar grandes prejuízos.

Para entender melhor essa dinâmica, vamos a alguns exemplos de operações comumente utilizadas para especulação financeira:

  • operações de day trade — compra e venda de ativos no mesmo dia;
  • IPOs — abertura de capital de uma empresa na bolsa;
  • alavancagem — em linhas gerais significa investir mais recursos do que se tem disponível 

Para ter ideia de como pode funcionar a alavancagem, imagine que você tenha R$ 10 mil, mas decida operar alavancando 10 vezes esse valor, ou seja, você faz uma operação de R$ 100 mil.

Se estiver certo, você terá um ganho potencializado. Caso as coisas não saiam como o esperado, as perdas também serão potencializadas, incorrendo em uma perda maior do que a quantidade de recursos que teria em mãos, situação não incomum para quem assume esse tipo de risco..

Quais são os riscos das especulações financeiras?

Não há como falar sobre especulações financeiras sem citar os riscos que a prática traz consigo. Aliás, ter esse conhecimento é essencial para quem pretende investir sem sofrer prejuízos.

O maior risco é o risco da ruína. No caso da alavancagem, conforme mencionado acima, você não perderia apenas o valor que colocou para operar. Por isso, muitas pessoas precisam fazer empréstimos para cobrir as perdas.

Vale dizer que, em um cenário de estabilidade econômica, a especulação financeira costuma funcionar melhor. Isso acontece porque há uma certa previsibilidade nas oscilações nos preços dos ativos. Quando o mercado está instável, o risco é muito maior. A qualquer momento algo pode mudar, o que faz com que todos os ativos negociados sofram uma rápida variação de preços. Além disso, como saber que estamos realmente em um cenário de estabilidade econômica?

Quais são as principais promessas milagrosas em especulações financeiras?

Quando o assunto é especulação financeira, é preciso se atentar às promessas milagrosas que surgirão. Aliás, existem situações completamente absurdas e que merecem ser avaliadas com muita cautela.

O principal exemplo é a oferta de ganhos extraordinários em pouco tempo. Altas rentabilidades, como 200% ou 400% ao mês, estão entre as promessas mais comuns no mercado.

Além disso, retornos de 10% ao mês ou 1% ao dia também não passam despercebidos. Apesar do percentual parecer ser factível, é preciso fazer cálculos para visualizar que a promessa está bem distante do que o mercado pratica.

Como não cair em promessas milagrosas?

Agora que você já entendeu o que é especulação financeira e conhece as principais promessas milagrosas do mercado, é hora de aprender a se livrar dessas armadilhas. Investir com segurança e estratégia é a decisão mais sábia!

Entenda o mercado financeiro

A melhor dica é estudar e entender como o mercado financeiro funciona e o que dá para ter de retorno com o seu dinheiro. Se alguém oferece uma rentabilidade de 4,25% ao dia, enquanto a Taxa Selic é de 2,75% ao ano, é preciso acender o sinal de alerta.

Perceba que essa é uma oferta bem diferente do praticado no mercado. O importante é estar ciente que se essa proposta for verdade, certamente há um alto risco, seja de crédito, de mercado ou outros.

Conheça o seu perfil de investidor

A verdade é que atuar com especulação financeira não é para qualquer pessoa. É necessário ter um perfil de investidor mais agressivo e que aceita correr riscos em busca de altas rentabilidades, com alta capacidade financeira, e muito conhecimento a respeito do que está sendo feito. No português claro: que aceita perder dinheiro.

Ganhar muito dinheiro em pouco tempo não é uma missão impossível, mas  exige estratégia, conhecimento e controle emocional e, na maioria das vezes, sorte.

Atente-se às notícias

Para não cair em armadilhas, é essencial estar por dentro do que acontece no Brasil e no mundo. Como você sabe, diversos fatores podem influenciar a rentabilidade dos ativos, por isso, preste atenção neles!

Uma alteração no cenário político, a aprovação de uma lei nova ou a mudança na diretoria da empresa são situações que impactam seus resultados. O acesso à informação ajudará você a avaliar e a tomar uma decisão mais segura.

Mesmo sendo atraentes, estamos lidando com promessas regadas de incertezas, afinal, as operações realizadas são baseadas em estimativas que podem não se concretizar. Isso não significa que você deva fugir delas, mas prepare-se para o melhor e o pior retorno.

Para não cair em uma armadilha, é válido ter cautela e, claro, colocar em prática o que você aprendeu neste conteúdo. As dicas sobre as especulações financeiras são simples, mas muito valiosas e podem evitar prejuízos. 

E claro, conte com a gente! Com a Magnetis, você conta com a união de especialistas em investimentos e tecnologia para alcançar os melhores resultados para seus investimentos. Comece hoje mesmo a construir seu caminho em busca de seus objetivos.

Lucas Taxweiler, CEA
Lucas Taxweiler, CEA

É certificado pela ANBIMA (CEA), especialista em investimentos na Magnetis desde 2018 e acredita veementemente que ninguém precisa ser um especialista para atingir seus objetivos financeiros de forma segura.

leia mais desse autor