X
Magnetis Week

a black friday da

Magnetis Logo
Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Fee based: saiba tudo sobre o modelo e como investir sem conflito de interesses!

Quando pensamos em objetivos financeiros, automaticamente pensamos também em investimentos para alcançá-los. E para começar a investir, muitas pessoas buscam empresas especializadas nisso, como gestoras e corretoras, que têm seus próprios modelos de cobrança pelos serviços prestados. Um deles é o modelo fee based.

Quando lidamos com o dinheiro de outras pessoas, transparência é um fator inegociável e é um dos principais benefícios quando você investe em instituições que adotam esse modelo. 

É o que acontece também na Magnetis: você conta com a forma mais transparente de taxa de gestão de patrimônio, graças ao modelo fee based.

Para saber mais sobre o fee based e por que ele não se relaciona com um dos maiores problemas do mundo dos investimentos, o conflito de interesses, continue a leitura!

O que é fee based

Fee based é um modelo de cobrança referente à gestão de patrimônios de pessoas que investem com corretoras de valores ou gestoras de investimentos. Implementado em 2017 por meio da Instrução CVM 592, o modelo é baseado em uma taxa única sobre o patrimônio investido.

Isto é, com o modelo fee based, a cobrança da taxa de gestão ocorre por um único valor, sem entrelinhas, taxa de rebate ou custos extras, que incide sobre o valor investido. Além da transparência que o modelo traz aos investidores, outro grande benefício é a inexistência de conflitos de interesse, já que não é acrescido quaisquer comissões para a instituição ou os assessores que lá trabalham.

Aqui na Magnetis a nossa taxa única representa 0,6% ao ano sobre o valor investido. A exceção é para quem investe em objetivo de reserva de segurança, que tem taxa zero.

A taxa Magnetis engloba os seguintes serviços de gestão de patrimônio:

  • Análise de mais de 20 mil ativos financeiros para criar uma carteira personalizada e adequada aos perfis e objetivos de cada cliente;
  • Monitoramento constante das carteiras;
  • Criação e edição de objetivos ilimitados no app da Magnetis, gráfico dos objetivos e a possibilidade de alcançá-los, acompanhamento da rentabilidade dos investimentos em tempo real, transações de aporte ou resgate com um clique.Rebalanceamento da carteira para adequação aos perfis de risco;
  • Cálculo automático dos valores necessários para investir dentro do limite de cobertura do FGC;
  • Renovação automática dos investimentos em títulos de renda fixa;
  • Suporte do time de consultoria em horário comercial.

Como podemos ver, o maior propósito do fee based é o melhor resultado da carteira para o cliente, deixando de lado comissões que corretoras autônomas e bancos tradicionais costumam taxar por indicações —  tendo, neste caso, conflito de interesse entre comissões e desempenhos dos ativos. 

Esse é um modelo 100% transparente, já que o cliente sabe exatamente o valor que vai pagar desde sua primeira aplicação, contando com uma gestão completa do seu patrimônio, sem precisar ser especialista em investimentos.

Fee based ou commission based: qual a diferença?

Até aqui explicamos o que é o fee based e como ele revolucionou a forma de taxar os clientes no mercado financeiro. Porém, nem sempre foi assim: uma boa porcentagem das instituições financeiras ainda não implementam esse modelo que visa transparência e foco total na rentabilidade dos clientes.

Corretoras autônomas e bancos tradicionais adotam o chamado commission based, bem diferente da proposta do anterior, já que se baseia no lucro da instituição e dos assessores de investimento, cobrando altas comissões, mas entregam poucos resultados efetivos aos clientes.

análise de investimentos

Commission based

Ao contrário do fee based, que cobra uma única taxa,, o commission based é um modelo de remuneração na qual corretoras e bancos recebem comissões pela venda ou recomendação de determinado produto financeiro.

Na prática, os produtos indicados podem ser aqueles que renderão uma comissão mais generosa para o profissional da corretora ou agente de autônomo de investimentos, indo em contramão ao que é melhor para o cliente e à rentabilidade da sua carteira.

Devido a taxa de comissão, é gerado um conflito de interesse, que não ocorre apenas quando se pensa em fundos de investimento e títulos de renda fixa: o investidor de ações também pode passar por esse tipo de influência e, eventualmente, perder dinheiro com suas aplicações na bollsa de valores

Isso porque, uma grande parte das corretoras e os grandes bancos cobram taxas por cada transação realizada no mercado de ações. Isso significa que, em diversas oportunidades, pode ocorrer um incentivo para que você realize várias operações, pagando taxas de corretagem sucessivas.

Assim, por ser extremamente conflituoso e não voltado para a melhor rentabilidade do patrimônio investido, o commission based não é o mais vantajoso para o cliente, mas sim para as instituições financeiras que adotam o modelo.

Como o fee based funciona na Magnetis?

Aqui na Magnetis cobramos apenas uma única taxa de 0,6% anual pelo nosso serviço, para que você tenha certeza de que nós trabalhamos 100% focados para o que é melhor para você, seus objetivos e seu patrimônio.

Nosso maior objetivo é garantir que a Magnetis entregue os melhores produtos financeiros, sempre levando em consideração o perfil de investidor e o retorno gerado por cada ativo escolhido para compor a carteira de cada cliente.

Em nenhum momento recebemos comissões ou rebates em cima dos produtos indicados. Assim, você tem certeza de que está adquirindo os melhores investimentos, e não aqueles que seu gerente tenta te vender para bater metas.

Outra grande vantagem da Magnetis é que nossos clientes não precisam ser especialistas em investimento: ao aplicarem seu dinheiro, não precisam mais se preocupar, porque fazemos todo o resto!  

Ou seja, você não precisa passar horas monitorando o mercado para fazer a compra e venda dos seus investimentos. 

Nosso algoritmo vasculha milhares ativos e escolhe os que possuem menores custos de administração e maiores desempenhos para você. Isso garante uma melhor rentabilidade líquida e maiores chances de você alcançar seus objetivos!

O que achou do modelo fee based? Se você se interessou e quer ter a certeza que está investindo pelo caminho certo, marque uma conversa com um dos nossos especialistas e entenda mais como montar uma carteira personalizada para você!

Letícia Nonato

Letícia Nonato é analista de SEO na Magnetis. Publicitária, investidora e apaixonada pelo mercado financeiro.

leia mais desse autor