8 filmes sobre o mercado financeiro que você deveria assistir

por Mariana Congo

O cinema vai muito além do entretenimento. Os filmes têm o poder de transmitir novos conhecimentos e experiências. E não apenas os documentários!

Muitas obras de ficção também são capazes de inserir o espectador em um universo novo durante algumas horas e, assim, proporcionar percepções diferentes sobre determinado assunto. É o caso, por exemplo, de filmes que falam sobre economia e sobre o mundo das finanças e dos investimentos.

Escolhemos uma lista com oito filmes que falam sobre esse universo. Muitos deles retratam momentos relacionados à crise de 2008 ou a fraudes no mercado financeiro. São obras que nos ensinam muito sobre esse mercado, mas também reforçam estereótipos - como o da ganância. Ficou interessado nesse universo? 🙂 Prepare a pipoca e vamos lá!

1. Inside Job (2010)

Este documentário venceu o Oscar em 2011. Dirigido por Charls Fergunson e narrado por Matt Damon, "Inside Job" tenta expor e analisar os fatos que acarretaram a crise econômica de 2008, que levou abaixo a economia de diversos países e repercute até hoje.

Por meio de extensa pesquisa e entrevista com jornalistas, economistas e políticos, a produção mostra como a combinação de desregulamentação, negligência, ganância e cinismo levaram o mercado ao colapso. Dividida em cinco partes, começa no cenário econômico mundial no começo do século 21.

No decorrer do filme, chegam-se às consequências do estouro da bolha e apontam-se o que podem ser considerados os responsáveis por ele. Embora o excesso de informação e detalhes o transformem em uma escolha mais indicada para já iniciados no mercado financeiro, "Inside Job" é uma aula de economia que não pode ser ignorada.

2. Grande Demais para Quebrar (2011)

Baseado no livro homônimo do jornalista Andrew Sorkin, "Grande Demais para Quebrar" é a dramatização da crise de 2008 pelos olhos de Henry Paulson, Secretário de Tesouro dos Estados Unidos à época. O enredo se concentra na busca de Paulson e sua equipe, junto com grandes nomes de Wall Street, para salvar a economia norte-americana em meio aos momentos de maior instabilidade daquele período.

O nome do filme vem de uma tese que ganhou força em meio às perturbações econômicas do fim da década passada. A expressão "grande demais para quebrar" transmite a ideia de que a ruína de algumas empresas, como instituições financeiras gigantescas, pode trazer consequências devastadoras para toda a sociedade.

3. Quants: os Alquimistas de Wall Street (2010)

"Quants: os Alquimistas de Wall Street" é um documentário dirigido por Marije Meerman que retrata as atividades dos quantative analysts (quants). Esses profissionais são especializados em estabelecer modelos matemáticos e estatísticos avançados para definir valores e riscos em alguns setores do mercado financeiro, como nos hedge funds.

Baseado em uma pesquisa acadêmica, o filme questiona a atuação dos quants e se as análises desenvolvidas por eles são calcadas em dados confiáveis. Além disso, até que ponto estratégias financeiras podem ser elaboradas a partir de modelos matemáticos que não consideram diferentes perfis, personalidades e realidades? Essa é a pergunta-chave que a obra tenta responder.

4. Jogo do Dinheiro (2016)

"Jogo do Dinheiro" conta a história de Lee Gates, um excêntrico apresentador de TV que dá dicas de investimento em seu programa. Interpretado por George Clooney, Gates é sequestrado enquanto está ao vivo. O sequestrador é um homem indignado por ter perdido seu dinheiro ao seguir as indicações do apresentador.

Por trás do prejuízo, está um esquema de corrupção mundial, que mostra como o mercado financeiro global é interligado. Em meio à tensão do sequestro, existe o espaço para alívios cômicos, críticas ao sistema capitalista e à espetacularização promovida pela mídia.

5. A Grande Aposta (2015)

O que você faria se fosse capaz de prever que uma grande crise abalaria o mercado financeiro em pouco tempo? Essa é a questão que leva adiante "A Grande Aposta", mais um filme inspirado na crise de 2008.

No longa-metragem, quatro homens preveem de formas diferentes que algo de muito grave aconteceria com a economia norte-americana. A partir daí, eles passam a buscar meios para lucrar com a situação enquanto apostam contra o mercado.

O filme tem vários aspectos positivos. O elenco é composto por grandes atores: Christian Bale, Ryan Gosling, Brad Pitt e Steve Carrel interpretam os personagens principais. Além disso, "A Grande Aposta", baseado em livro do mesmo nome de Michael Lewis, venceu o Oscar de melhor roteiro adaptado em 2016.

6. Wall Street: Poder e Cobiça (1987)

Wall Street e seus bastidores parecem ser uma fonte inesgotável de argumentos para filmes. E isso não é de hoje. Já na década de 80, o coração do mercado financeiro mundial era cenário para boas obras cinematográficas. Um exemplo é "Wall Street: Poder e Cobiça".

No filme, Chales Sheen atua como Bud Fox, um ambicioso corretor da bolsa de valores em início de carreira. Seu principal sonho é conhecer seu ídolo no mundo financeiro, Gordon Gekko, um milionário frio, interpretado por Michael Douglas (que levou a estatueta do Oscar pelo papel).

Quando Fox finalmente conhece Gekko, ele se vê inserido em um ambiente extremamente competitivo, em que o lucro sempre fala mais alto, nem que isso traga prejuízo para outros investidores. O filme rendeu uma continuação: "Wall Street: o Dinheiro Nunca Dorme", de 2010.

7. O Lobo de Wall Street (2013)

Se muitas vezes buscamos filmes que nos dão bons exemplos, "O Lobo de Wall Street" é o oposto disso. Ele é ótimo para mostrar o que não deve ser feito. Inspirada nas memórias de Jordan Belfort, um corretor que trabalhava em Nova York, a obra explora desde suas origens aos problemas posteriores com as autoridades, passando por seu rápido enriquecimento graças a práticas criminosas e antiéticas.

O destino do personagem principal não é dos mais felizes. Indicado cinco vezes ao Oscar, a produção tem Leonardo DiCaprio em uma de suas melhores atuações.

8. O Mago das Mentiras (2017)

O filme é inspirado na história real de Bernard Madoff, também conhecido como Bernie Madoff, um dos maiores investidores de Wall Street. Condenado por uma das mais longas fraudes já descobertas, ele foi responsável por uma sofisticada operação, conhecida como Esquema Ponzi, considerada a maior fraude financeira da história dos Estados Unidos. Fica claro entender como funciona o esquema de pirâmide financeira, que promete rendimentos altos, mas no fundo não passa de um golpe.

É interessante ver como ele conseguiu manter o esquema por tantos anos, enganar tantas pessoas com suas mentiras, inclusive reguladores norte-americanos. E como se deu a descoberta da fraude por uma jornalista o que levou a prisão e condenação de Madoff a 150 anos em uma cadeia de segurança máxima.

O renomado ator Robert De Niro interpreta Madoff no papel principal. O filme ainda conta com atuações de Michelle Pfeiffer como a esposa de Madoff, Ruth. Vale a pena assistir!

Filmes sobre o mercado financeiro

A crise financeira de 2008, que teve um impacto global também deixou como legado diversos filmes inspirados nela. Por sinal, depois da crise muitas práticas incorretas (como fraudes e esquemas do mercado financeiro) vieram à tona, o que levou não só a mudanças regulatórias, mas também ao surgimento de novos modelos de empresas como as fintechs ou mesmo formas alternativas de fazer transações, como as criptomoedas

Esta lista é uma pequena amostra de filmes sobre o mercado financeiro. Contudo, ela certamente vai garantir horas de entretenimento e novas visões sobre o assunto de forma bastante interessante. Quer reunir os amigos para ver os filmes? Então chame todos eles: compartilhe este post nas suas redes sociais! Em breve faremos um novo post com dicas de séries sobre o mercado financeiro 😉

Mariana Congo é Gerente de Comunicação da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais.

8 filmes sobre o mercado financeiro que você deveria assistir
5 (100%) 10 votes