O que é um fundo de ações? Tudo o que você precisa saber antes de investir

por Malena Oliveira | 02/05/2019

Fundo de ações: veja como investir

O fundo de ações é uma das formas mais práticas de investir na bolsa se você não tem experiência ou prefere delegar a escolha das aplicações para alguém. Mas como parte da família dos fundos de investimento, ele tem algumas particularidades.

O fundo funciona como um grupo de ações selecionados por uma equipe profissional e é administrado por uma empresa ou por um banco.

Duas das principais vantagens do fundo de investimento em ações são o fato de apresentar um pagamento de imposto facilitado e a possibilidade de contar com a ajuda de um profissional que poderá escolher as melhores ações para você.

Investir no fundo de ações também é uma maneira de contar com uma renda extra, porém, de forma variável, pois seu lucro dependerá do bom desempenho das ações. Quanto melhor renderem, mais lucros você terá.

​Como funciona o fundo de ações?

O investimento em fundo de ações funciona mediante a compra de cotas de uma administradora (empresa ou banco), que investe em diferentes ações de negócios e empreendimentos.

É a instituição que realiza todo o trabalho de “aplicar” o seu dinheiro. A partir do momento que se torna cotista e começa a investir em fundos de ações, automaticamente autoriza a administradora a tomar decisões por você.

Nesse tipo de investimento, no mínimo 67% do patrimônio é investido em ações, por isso o fundo recebe esse nome.

Riscos de investir no fundo de ações

O fundo de ações é considerado um investimento de alto risco, pois flutua de acordo com os valores de ações, podendo ocorrer tanto a valorização como, também, a desvalorização.

Por isso, é importante escolher uma boa administradora para que o seu dinheiro renda da melhor maneira. Ao mesmo tempo, todo investimento é um dinheiro para se pensar a longo prazo, e, portanto, escolher a melhor época para resgatar o dinheiro sem pressa.

Taxas e impostos do fundo de ação

O primeiro tributo que deve ser pago nesse tipo de investimento é a taxa administrativa – alguns fundos também podem cobrar uma taxa de performance sobre o seu rendimento.

Em relação à taxação da receita federal, o imposto pago é fixado com uma alíquota de 15% sobre o rendimento bruto do fundo, e é pago somente ao resgatar suas cotas, convertendo-as novamente em dinheiro.

Tipos de fundo de ação

Fundo de ação aberto

No fundo de ação aberto, o investimento pode ser realizado e resgatado a qualquer momento. Esse tipo de fundo é um dos mais conhecidos. O preço de um fundo de ação aberto tem mais flexibilidade para o investidor do que o fechado. Nele também novos acionistas são sempre permitidos, como também a compra de mais ações por um acionista antigo.

Fundo de ação fechado

Nesse tipo de fundo, o investimento tem um período pré-determinado para ser realizado. Além disso, apresenta um número fixo de ações. O preço desse fundo é variável e segue a lei da oferta e procura. No fundo de ação fechado não há tanta flexibilidade, e você já sabe quando tem que investir e quando poderá resgatar o seu dinheiro. Além disso, depois do tempo previsto não são aceitos mais acionistas e também não é possível aumentar o número de ações.

Outras vantagens dos fundos de ações

Além da tributação facilitada e da ajuda de profissionais qualificados, os fundos de ação proporcionam outras vantagens, entre elas: diversificação de carteira – sem a necessidade de investir muito dinheiro -, liquidez (facilidade para resgatar os seus investimentos) e valores menores para começar a investir.

Como investir em fundos de ações

Para dar início a esse tipo de investimento, é preciso buscar um fundo de ação no qual consiga investir e também verificar a qualidade da administradora. Quanto maior o apoio da instituição, maiores as chances de aumentar a sua rentabilidade.

Analisando esses pontos, você saberá qual o melhor fundo de investimento em ações ideal para alcançar seus objetivos financeiros.

Quer saber mais detalhes sobre o fundo de ações ou outros tipos de aplicação dessa família? Baixe grátis o nosso Guia Completo sobre Fundos de Investimento e aprenda mais sobre o assunto!

Avaliar o post