Gestão de benefícios: entenda o que é e qual a sua importância

por Juliana Volpe

A gestão de benefícios estabelece uma série de vantagens e auxílios aos colaboradores de uma empresa. Isso os mantém engajados, motivados e satisfeitos com suas respectivas posições no negócio. No mercado, destaca-se a companhia que consegue implementar esse programa de maneira eficiente, oferecendo o melhor ao funcionário.

Este post vai mostrar em detalhes o que é a gestão de benefícios e como ela é importante para que uma empresa fortaleça sua imagem. Veja também quais vantagens são obtidas e como realizar uma implementação eficiente!

Entenda o que é a gestão de benefícios

Oferecer as melhores condições aos funcionários é uma busca frequente de empresas que prezam pelo engajamento e satisfação. A gestão de benefícios é um mecanismo imprescindível para isso, já que traz vantagens para que seus colaboradores aproveitem.

Ela engloba uma série de medidas e programas que atendem os funcionários em diversas necessidades. Diante disso, a ideia é que esses colaboradores sintam-se satisfeitos e valorizados, com a tranquilidade de que necessitam para ter bons níveis de produtividade.

Além disso, a principal consequência é a lealdade à empresa. Com menor saída de funcionários, a tendência é ter pessoas mais alinhadas à estratégia do negócio. Uma rotatividade grande influencia diretamente a gestão, já que frequentemente novas pessoas precisam se adequar aos objetivos.

Entre os principais benefícios, considerando todos os tipos de necessidade, é possível destacar alguns como:

  • plano de saúde;
  • auxílio-creche;
  • seguro de vida;
  • crédito consignado;
  • parcerias com instituições de ensino;
  • horários flexíveis;
  • ginástica laboral;
  • bônus por metas;
  • participação nos lucros.

A importância para as empresas

Apesar de significar investimentos, a empresa tem a certeza de oferecer melhores condições como contratante. Isso a torna mais bem avaliada no mercado, o que faz diferença no interesse dos talentos que buscam novas oportunidades.

A tendência é atrair cada vez melhores profissionais, que, além de buscarem bons vencimentos, também querem condições adequadas de trabalho. Afinal, os benefícios representam maior segurança e qualidade de vida.

Conheça as vantagens obtidas com a gestão de benefícios

Para as empresas, vale muito a pena ter um programa eficiente de gestão de benefícios. Ele traz inúmeras vantagens que colocam o negócio em posição de destaque. A produtividade cresce, a companhia se desenvolve e as demandas estratégicas são executadas cada vez com mais eficiência.

A seguir, entenda os principais pontos que justificam a gestão de benefícios.

Colaboradores valorizados

Colaboradores valorizados representam uma boa relação de confiança. Quando eles se sentem assim, a tendência é que passem a produzir mais, já que entendem que estão sob uma companhia que preza pelo seu bem-estar emocional e financeiro.

Uma vez que isso é obtido, a tendência é que o funcionário "vista a camisa". Se todos têm o mesmo engajamento, a empresa consegue ter pessoas qualificadas e motivadas para atingirem os melhores resultados dentro da administração estratégica.

Turnover reduzido

As taxas de turnover são indicadores que estão sempre sob análise. É fundamental diminuir a saída dos colaboradores, já que essa rotatividade atrapalha muito o desenvolvimento do negócio. A chegada de novos talentos pode representar um processo de adaptação mais longo, o que sempre é ruim.

Companhias que oferecem bons benefícios são mais atrativas. Do mesmo modo, tendem a ter maior capacidade de reter os seus talentos.

Novos talentos para a empresa

Reter bons colaboradores é bom, mas também é importante ser uma empresa atraente aos talentos que estão no mercado. Vários fatores contam para que um profissional se interesse por uma vaga, e muitos deles vão além dos vencimentos.

Se duas empresas oferecem o mesmo salário para uma posição, quais são os critérios seguintes para a decisão de um talento? Certamente os benefícios! O seu negócio consegue essa competitividade se propõe auxílios, vantagens financeiras e também uma cultura interna atraente.

Clima organizacional adequado

O ambiente da empresa reflete diretamente no seu sucesso. Essa é uma das principais vantagens da gestão de benefícios. O clima organizacional melhora muito se todos os colaboradores estão satisfeitos com as condições de trabalho oferecidas.

Isso interfere na motivação e na aceitação diante de novos desafios e metas propostas dentro do direcionamento estratégico. Colaboradores felizes com o trabalho são mais receptivos a um bom relacionamento interpessoal, o que se reflete positivamente em todo o clima da empresa.

Qualidade de vida aos colaboradores

A vida profissional muitas vezes é desgastante e estressante. Nem todo colaborador sabe lidar com isso, tendo um déficit na qualidade de vida. O programa de benefícios é uma forma de suprir as necessidades físicas e emocionais dos funcionários de maneira pontual.

De nada adianta ter bons salários, uma posição relevante na empresa e não ter saúde para desfrutar disso, por exemplo. Nesse caso, benefícios como a assistência médica e a ginástica laboral são de grande ajuda para equilibrar trabalho e bem-estar.

Saiba como implementar esse programa

Para fazer a gestão de benefícios funcionar, é preciso ter uma implementação precisa. Os colaboradores devem ser atendidos em suas necessidades e entender como desfrutar das vantagens oferecidas. Em contrapartida, as empresas devem oferecer benefícios que sejam compatíveis com a sua cultura.

Entenda do que os colaboradores precisam

A melhor forma de saber do que os colaboradores precisam é conversar com eles. Aproxime essa relação e mantenha contato para entender o que a empresa pode oferecer em termos de benefícios. Isso pode ser feito durante os feedbacks ou até mesmo em momentos mais informais.

Proponha benefícios compatíveis com a cultura da empresa

Os benefícios não podem tornar a empresa refém deles próprios. Não é possível oferecer vantagens que sejam incompatíveis com a cultura da organização.

Oriente os colaboradores sobre o uso dos benefícios

Os colaboradores precisam ter a clareza acerca dos benefícios a que eles têm direito, afinal, só assim eles podem usufruir deles. Além disso, é fundamental orientá-los sobre os termos de uso de algumas dessas vantagens. Um bom exemplo é o crédito consignado, que tem regras bem específicas. Busque clareza e transparência ao definir os termos de uso.

O destaque é natural para as empresas que mantêm uma gestão de benefícios eficiente e com foco na melhora da qualidade de vida do colaborador. Os resultados são vistos diretamente no clima organizacional e nos resultados diante das metas.

A questão financeira é sempre importante para o bem-estar. Como sua empresa tem ajudado seus colaboradores nessa questão? A Magnetis é uma consultoria que oferece o primeiro benefício de bem-estar financeiro do Brasil, ajudando milhares de funcionários a terem uma relação mais saudável com o dinheiro. Entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos serviços!

Juliana Volpe é Gerente de Negócios na Magnetis.

Gestão de benefícios: entenda o que é e qual a sua importância
5 (100%) 1 vote