[Vídeo] Investir fora do banco? Dá sim! – 12 passos para mudar sua vida financeira

por Malena Oliveira | 30/08/2018

Investir fora do banco? Dá sim! - 12 passos para mudar a sua vida financeira

Você tem medo de investir fora do banco? Sente um frio na barriga quando pensa em tirar aquele dinheiro da poupança, mesmo sabendo que o rendimento é ruim? Saiba que você não está sozinho. Muitas pessoas estão deixando de ter um rendimento melhor justamente por causa dessa limitação. Mas é possível investir fora do banco? Vamos explicar tudo para você!

No 7º vídeo da série "12 passos para mudar a sua vida financeira", chegou a hora de falar sobre a realidade dos grandes bancos. Eles estão tão confortáveis com a própria situação que não fazem a menor questão de oferecer os melhores investimentos para você.

Eles se aproveitam do pensamento bastante difundido de que investir com um grande banco é mais seguro para, literalmente, empurrar aplicações financeiras nas pessoas. Muitas vezes, essas aplicações oferecem baixa rentabilidade ou não têm nada a ver com os objetivos de quem está investindo.

Neste vídeo, eu vou mostrar três opções para investir bem o seu dinheiro sem depender de um grande banco. Você vai ver que existe um mundo de possibilidades para explorar e você não precisa arriscar o seu patrimônio para isso.

Só lembrando: se você ainda não viu os outros episódios da série, pode acompanhar aqui pelo blog ou pelo canal da Magnetis no YouTube. Já falamos sobre vários temas para ajudar a desfazer mitos e verdades sobre o mundo dos investimentos, entre eles:

  • como organizar as contas de uma forma prática;

  • como usar os juros compostos a seu favor;

  • como a diversificação pode ajudar em seus investimentos.

Nesse trabalho, contamos com o apoio da BlackRock, a maior gestora de recursos do mundo.

Não deixe de acompanhar a nossa série de vídeos. Na semana que vem, vamos falar sobre alternativas de investimentos tão seguras quanto a poupança. Inscreva-se para ser avisado quando os próximos vídeos forem liberados!

Espero que você goste! 😀

Veja aqui a transcrição completa do vídeo:

Acomodar:

  • tornar cômodo, confortável.

Essa é exatamente a posição dos grandes bancos no Brasil. Eles estão acomodados com uma situação bastante confortável: muitos clientes, pouca concorrência.

Por isso, é muito comum vê-los oferecendo as coisas mais absurdas para as pessoas: um "creditozinho" para viajar, um consórcio para a mãe, um fundo "basicão" com taxa de administração altíssima…

É verdade, já faz alguns anos que as pessoas começaram a descobrir outros caminhos, como o Tesouro Direto, por exemplo. Mas ainda não é suficiente. A grande maioria dos brasileiros não investe e isso precisa mudar!

É por isso, aliás, que você está assistindo a este vídeo. Nós precisamos mudar essa realidade. Juntos.

No vídeo de hoje, eu vou mostrar que dá sim para investir sem um banco e se libertar dessas amarras bancárias. Vem comigo?

Opção número 1: abra uma conta em uma corretora

A grande dúvida de muitas pessoas é: "será que é seguro investir fora do meu banco?”

A resposta é sim! Basta se cadastrar na corretora de sua preferência e começar a estudar as opções de investimento disponíveis.

Veja mais: Conheça as corretoras com a menor taxa de corretagem

Uma corretora funciona como um supermercado dos investimentos. Ela oferece diversos produtos para diferentes tipos de consumidor. Ou seja, o investidor é quem deve escolher os produtos do seu “carrinho de investimentos”.

Algumas dicas para facilitar as suas compras:  

  • Número 1: verifique sempre a reputação da corretora em que você está investindo;

  • Número 2: cheque também como funcionam os investimentos em que você pretende aplicar o seu dinheiro, da mesma forma como você checa a procedência dos produtos que você compra no supermercado: fabricante, data de validade, e assim por diante.

No site da CVM, o órgão que regula o mercado de investimentos no Brasil, você encontra muitas informações que precisa para fazer seus investimentos com segurança.

Mas vale pesquisar também nos próprios sites dos emissores das aplicações em que você pretende investir.

Se você tiver mais alguma dúvida, cheque o blog da Magnetis. Lá você vai encontrar vários conteúdos completos sobre cada tipo de investimento e como eles funcionam. Você também vai encontrar várias dicas de como checar a procedência de um investimento.

Opção número 2: busque ajuda profissional em seus investimentos

Não é fraqueza nenhuma delegar a um especialista aquilo que você não consegue fazer sozinho. Por isso, vale estudar a possibilidade de contratar uma consultoria de investimentos.

Antigamente, ter um consultor de investimentos não era nada barato. Porém, graças à tecnologia, cada vez mais pessoas têm acesso a esses serviços.

Ebook grátis: Insatisfeito com o seu banco? Saiba o que fazer!

Uma consultoria de investimentos vai indicar os investimentos mais adequados para o seu perfil, dando prioridade aos seus objetivos financeiros.

O custo será um porcentual do valor aplicado, e não uma comissão sobre os produtos, como fazem os bancos. Isso evita o chamado conflito de interesses: é aquela aplicação que é empurrada em você só para o gerente bater a meta dele.

Opção número 3: que tal investir com uma fintech?

A tecnologia também está permitindo uma revolução na forma como as pessoas investem. Basta fazer o cadastro em uma fintech e aproveitar esses benefícios, como a facilidade de investir sem fila, sem burocracia e sem sair de casa!

E se você pensa que uma fintech é uma empresa descolada em que as pessoas tomam bastante café e não tem tanta responsabilidade assim com o seu dinheiro, há uma distorção aí! (Quer dizer, a parte do café é verdade).

A missão de uma fintech é usar a tecnologia para melhorar os serviços financeiros e trazer a melhor experiência para você.

A Magnetis é uma dessas empresas, e é possível começar a investir melhor com apenas alguns cliques. Rápido, fácil, sem burocracia.

Quer experimentar? Acesse o nosso site e faça grátis o seu plano de investimentos!

Luciano

Malena Oliveira é jornalista especializada em Finanças Pessoais e redatora na Magnetis.

consultoria de investimento
[Vídeo] Investir fora do banco? Dá sim! – 12 passos para mudar sua vida financeira
5 (100%) 1 vote[s]
consultoria de investimento