Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

O que é Letra de Câmbio? Investimento em LC vale a pena? Descubra!

A LC ou Letra de Câmbio é um tipo de investimento de renda fixa. Mas ao contrário do que o nome sugere, não se trata de um investimento em dólar ou qualquer outra moeda estrangeira.

A Letra de Câmbio é um título emitido por financeiras, ou seja, instituições que não são classificadas como bancos. Alguns exemplos são Fininvest, BV Financeira, Cacique, Crefisa e assim por diante.

Essas empresas (sociedades de crédito, financiamento e investimento) são muito menores do que os bancos e emitem as LCs para captar recursos para suas operações.

Como elas são menos conhecidas, acabam tendo que oferecer rentabilidade melhor em seus investimentos para atrair mais clientes.

Mas calma! Não se trata de um investimento mais arriscado que a renda fixa tradicional. Mais adiante, você vai entender melhor por quê.

Neste artigo, você vai descobrir quais são as principais características e os tipos de LC que existem no mercado.

Além disso, também vai entender as informações mais relevantes a respeito desse produto financeiro para escolher o melhor investimento. Continue a leitura!

O que é LC? Como funciona a Letra de Câmbio?

Tal como um investimento em CDB, a LC funciona como um empréstimo para uma instituição financeira.

O termo câmbio vem do sentido de trocar o investimento feito agora pela rentabilidade que será recebida no futuro pela financeira.

Dessa maneira, em troca de deixar o seu dinheiro com a instituição por algum tempo, as pessoas recebem juros no momento da devolução da quantia.

Do ponto de vista de quem investe, há pouca diferença entre o funcionamento da LC e de outros títulos privados de renda fixa, como CDB, LCI e LCA.

A única diferença é como as instituições usam o dinheiro investido. No caso da LCI, por exemplo, os recursos só podem ser empregados em operações no mercado imobiliário.

Já a LCA só pode ser usada para o agronegócio e a LC tem seus recursos direcionados para financiamentos.

Quanto à segurança, o investimento em LC é garantido pelo FGC em aplicações de até R$ 250 mil por instituição, assim como outras aplicações de renda fixa.

Quais são os tipos de Letra de Câmbio disponíveis no mercado?

É mais comum encontrar LCs com rendimento em percentual (%) do CDI, a principal referência dos investimentos seguros no Brasil.

No entanto, existem três formas de calcular a rentabilidade das Letras de Câmbio, que são:

Letra de Câmbio pré-fixada

Nessa modalidade, você sabe exatamente o quanto irá receber no vencimento do título. Por exemplo: LC que renda 8% ao ano.

Letra de Câmbio pós-fixada

A rentabilidade do título está relacionada a uma outra taxa. Você não sabe antecipadamente qual rendimento a aplicação terá, mas sabe qual índice vai norteá-la.

Por exemplo, pode ser um percentual do Certificado de Depósito Interbancário (CDI), índice que está sempre próximo ao da Selic. Nessas LCs, paga-se um percentual do CDI (por exemplo, 115% do CDI).

Existem também Letras de Câmbio vinculadas a outros referenciais, como IPCA ou IGPM.

Letra de Câmbio híbrida

Como o próprio nome diz, uma LC híbrida ou mista funciona como um mix das taxas pré-fixadas e pós-fixadas.

A LC híbrida está atrelada a mais de um indicador. Por exemplo, Letras de Câmbio vinculadas ao CDI e ao IPCA (como, por exemplo, CDI + 2% ou IPCA + 6% ao ano).

Existe um valor mínimo para quem quer investir em Letras de Câmbio?

O valor inicial para investir em Letras de Câmbio varia de instituição para instituição, mas é possível encontrar investimentos a partir de R$ 1 mil.

Porém, é importante ressaltar que alguns papéis exigem carência, ou seja, você deverá manter os recursos aplicados dentro de um certo período.

Sobre o rendimento das LCs, é preciso levar os impostos em consideração. Afinal, essas aplicações estão sujeitas ao Imposto de Renda retido na fonte.

Esse imposto incide de forma regressiva sobre o investimento. Dessa forma, quanto mais longo for o prazo da aplicação, menor será o imposto devido, conforme a tabela a seguir:

imposto de renda sobre investimentos de renda fixa

A vantagem é que, como o tributo é descontado na fonte, o investidor não precisa realizar nenhum trâmite burocrático para pagar seu Imposto de Renda.

A instituição responsável pelo investimento enviará um informe de rendimentos para que você insira os dados na Declaração de Ajuste Anual.

Como é o resgate do dinheiro?

O prazo para realizar o saque da Letra de Câmbio também varia de acordo com a instituição escolhida, sendo que é possível obter títulos com prazos que vão dos 6 meses até cinco anos ou mais, ou para mais de 5 anos, por exemplo.

O tipo de Letra de Câmbio mais comum no mercado é o sem liquidez, ou seja, independentemente do prazo escolhido, você somente poderá resgatar o dinheiro após o vencimento.

Caso faça o resgate antes do prazo estipulado, o investidor poderá perder parte da rentabilidade no período.

Resumindo: vantagens e desvantagens da Letra de Câmbio

Vantagens

  • baixo risco;
  • ​proteção do Fundo Garantidor de Créditos (será explicado abaixo);
  • ​podem ser pré ou pós-fixadas;
  • ​rentabilidade, em geral, bem maior do que a poupança.

Desvantagens 

  • sofre incidência de Imposto de Renda (IR);
  • pode ter carência (o que exige do investidor a aplicação de recursos que ele não necessite no curto prazo).

Como investir em LC?

Agora que você já sabe como esse investimento funciona, pode pesquisar qual é a opção mais vantajosa para você.

Para facilitar a sua decisão, tenha sempre em mente os seus objetivos financeiros e o prazo em que você vai precisar do dinheiro.

Nem sempre o melhor investimento é aquele que deu certo para outras pessoas. Tudo depende das condições que você definiu e do risco que você aceita correr para fazer seu dinheiro render mais.

Dito isso, o primeiro passo para investir em LC é abrir uma conta em uma corretora de valores que ofereça esse tipo de aplicação.

Depois, é o momento de escolher a sua aplicação com base nos critérios que você definiu. Nesse momento, você pode contar com o auxílio de uma consultoria de investimentos (como a Magnetis, por exemplo) para analisar seu perfil e te ajudar escolher as melhores alternativas.

Por fim, já que você conhece um pouco melhor as característica da Letra de Câmbio, que tal entender mais sobre outras aplicações em que você pode aplicar seu dinheiro? Baixe grátis o nosso Guia Completo sobre Tipos de Investimentos e tire suas dúvidas!

Mariana Congo

Mariana Congo é Gerente de Comunicação da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais.

leia mais desse autor