Tudo que você precisa saber sobre liquidez diária

por Malena Oliveira | 07/05/2019

Tudo que você precisa saber sobre liquidez diária
consultoria de investimento
curso de investimento

A liquidez é sempre um dos principais aspectos que devem ser levados em conta, não importa o tipo de investimento que você escolher. Mas falando em liquidez diária, o que exatamente significa?

Essa característica define a facilidade com que um ativo pode ser negociado, voltando a ser efetivamente um capital disponível a ser resgatado. Continue a leitura deste post e fique por dentro do assunto!

O que é liquidez diária?

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que os investimentos nada mais são do que negociações de ativos do mercado financeiro, como títulos, ações e moedas.

Quando investimos, nós compramos ativos. Por isso, quando queremos que eles voltem a se tornar dinheiro, é preciso vendê-los a pessoas interessadas em pagar o que eles valem no momento da operação.

Dessa forma, um investimento que tem liquidez diária é aquele que pode ser resgatado a qualquer momento, sem que seus rendimentos sejam prejudicados.

Isso acontece porque o fluxo de negociação desses ativos é grande, de modo que sua venda é realizada sem grandes dificuldades. Portanto, os ativos de liquidez diária são os mais fáceis de serem negociados e resgatados pelo investidor.

Na prática, é possível ter o dinheiro disponível na conta-corrente de forma imediata se a solicitação for feita durante o expediente bancário. Caso contrário, o investidor recebe a quantia resgatada no próximo dia útil.

Qual é a importância de saber a liquidez dos investimentos?

Você sabe que o planejamento financeiro é algo fundamental para quem busca fazer bons investimentos, não é mesmo?

Ao traçar seus planos, é preciso considerar a liquidez dos seus ativos para que seja possível definir metas de forma eficiente e alinhadas às suas necessidades.

Se você pretende que seus recursos investidos estejam sempre disponíveis para resgate, é imprescindível optar por investimentos que ofereçam liquidez diária.

Esse é o cenário ideal para quem não conta com uma reserva financeira além dos investimentos e quer ter a possibilidade de acessar a quantia investida em caso de uma eventual necessidade.

Por outro lado, papéis que têm baixa liquidez podem fazer com que o investidor leve um certo tempo até conseguir negociá-los.

Em alguns casos, eles remuneram apenas no prazo contratado. Durante esse período, o valor fica indisponível para resgate, já que ainda está em forma de ativos.

Quais investimentos oferecem liquidez diária?

Se a sua intenção é ter fácil acesso aos seus investimentos, confira na lista a seguir as opções que contam com liquidez diária.

Poupança

Uma das características que fez a caderneta de poupança se tornar popular por muitas gerações é justamente a sua liquidez diária. Isso permitia que pequenos poupadores pudessem investir suas economias com a garantia de que poderiam solicitar o resgate na hora que precisassem.

Nos dias atuais, os baixos rendimentos da poupança têm feito com que muitos investidores busquem opções semelhantes, mas mais rentáveis para suas aplicações.

Por isso, apesar da liberdade de contar com a retirada de recursos a qualquer momento, a poupança perde cada dia mais espaço na preferência de muitos investidores.

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

Boa opção para pequenos investidores, os CDBs são aplicações de baixo risco, que funcionam como se fosse um empréstimo feito para a instituição financeira.

Seus rendimentos podem ser pré ou pós-fixados, sendo possível também escolher entre liquidez diária ou uma aplicação com prazo de resgate definido.

consultoria de investimento

Para quem opta pela alta liquidez, é possível acessar seus recursos corrigidos a qualquer momento. Essa é uma grande vantagem em relação à poupança, uma vez que os rendimentos só são creditados após ciclos mensais, contados a partir da data de cada aporte.

Fundo de renda fixa

Quem se preocupa com a diversificação da carteira de investimentos sem correr grandes riscos certamente já pensou em aderir aos fundos de renda fixa.

Os mais recomendados para esse perfil de investidor são os fundos DI, que realizam aportes, em sua maioria, em títulos públicos atrelados ao CDI ou à taxa Selic, além de permitirem o resgate sempre que o investidor precisar.

O segredo para fazer uma boa escolha em fundos de renda fixa é se certificar de que eles contam com uma boa gestão e observar as taxas praticadas — que não devem ser maiores do que 0,5%.

NuConta

Com as fintechs em alta, os serviços oferecidos por essas empresas têm atraído muitas pessoas. A NuConta é um novo conceito de conta-corrente oferecido pela NuBank, totalmente digital, gratuita e que garante bons rendimentos e baixos riscos sobre o valor depositado.

O acesso aos seus recursos é instantâneo, mas é preciso observar que os saques só podem ser realizados por meio de caixas eletrônicos da rede 24 Horas, a um custo de R$ 6,50 por operação. Para fugir dessa taxa, há a opção de transferir os recursos para uma conta de outro banco.

Qual é a relação entre liquidez e rentabilidade?

De forma geral, é possível dizer que a liquidez e a rentabilidade de um investimento caminham em sentidos opostos. Para desfrutar da liberdade oferecida pela liquidez diária, é inevitável abrir mão de um rendimento mais atrativo.

Se você não terá problemas em deixar seus recursos aplicados por médio ou longo prazo, vale a pena escolher ativos que deixam a liquidez em segundo plano para potencializar os ganhos.

Quais investimentos oferecem liquidez média e bons rendimentos?

Também há alternativas para quem quer equilibrar liquidez e rentabilidade. Com a liberação do valor um dia após a solicitação, o Tesouro Direto disponibiliza títulos públicos de bons rendimentos.

Já as LCIs e LCAs permitem ao investidor optar por ter liquidez após o prazo mínimo de 90 dias de aplicação e resgatar parte de seus investimentos sem prejudicar seus ganhos.

Os CDBs também oferecem ativos com liquidez apenas no vencimento como uma alternativa para quem busca mais rentabilidade.

Outra vantagem de manter a aplicação por mais tempo é que as taxas de impostos costumam ser reduzidas, como o IOF e o Imposto de Renda.

Os fundos multimercados e fundos de ações podem resultar em ganhos muito maiores do que os papéis de renda fixa, mas será preciso encarar mais riscos e menos liquidez.

Os prazos para resgate são definidos pelos gestores dos fundos, por isso é preciso conhecer essa informação para definir se esse tipo de investimento é adequado ao seu perfil.

Contar com a diversificação de uma carteira de investimentos também pode ajudar a amenizar situações onde a liquidez é menor.

Isto é, quando você conta com vários tipos de investimento, cada um deles terá uma liquidez diferente.

Ao montar uma carteira diversificada, você pode priorizar uma porcentagem dela apenas para investimentos com alta liquidez.

Assim, pode contemplar tanto de bons rendimentos, quanto da segurança de conseguir resgatar seu dinheiro quando for preciso.

Contar com a segurança e a liberdade da liquidez diária é algo importante para muitos investidores. Se você também não quer se descuidar da rentabilidade, confira agora quais são os investimentos que rendem mais do que a poupança!

Tudo que você precisa saber sobre liquidez diária
5 (100%) 1 vote[s]
curso de investimento