[Bate-papo com André Massaro] Investimentos: como não errar em época de eleições

por Mariana Congo

Em épocas instabilidade no mercado, tal como em tempos de eleições, muitas pessoas ficam com os nervos à flor da pele sobre seus investimentos. É natural ver muitas dúvidas sobre qual é a hora certa de investir ou sobre quais são os melhores investimentos.

No entanto, cada pessoa tem um perfil de investidor diferente e possui objetivos diferentes ao aplicar seu dinheiro. Isso faz com que não haja uma resposta pronta e definitiva sobre essas questões. Resolvê-las sempre dependerá de fatores mais particulares, que variam de pessoas para pessoa.

Mas existem alguns conceitos chave que podem ajudar e muito na sua escolha. É sobre eles que falamos em um bate-papo especial com André Massaro, consultor e palestrante especializado em finanças e professor do curso Blueprint - Formação de Investidores.

Em nossa conversa, abordamos os seguintes tópicos:

  • Vale a pena mudar meus investimentos neste momento?

  • É mais seguro deixar seu investimento no banco?

  • O que é melhor? Esperar a definição das eleições ou começar a investir agora?

  • Os benefícios da diversificação de investimentos.

Veja mais: Sabia que dá para investir com a Magnetis a partir de R$ 1 mil? Monte grátis o seu plano de investimentos!

Confira a gravação completa do bate-papo no canal da Magnetis no YouTube:

Qual é o melhor investimento nessas eleições?

Quem já viu o bate-papo sabe que essa é uma pergunta que permite várias respostas diferentes. Existem diversas maneiras de definir qual é o melhor investimento, assim como existem também muitas pessoas que se aproveitam dessa dúvida para enganar quem deseja investir melhor. O clássico caso do gerente que vende uma aplicação do seu banco apenas para bater uma meta é um exemplo.

Assim, a melhor forma de descobrir onde investir seu dinheiro é fazer uma reflexão sobre qual é o nível de risco que você tolera e quais são as suas metas ao aplicar os recursos.

A resposta final é bem diferente para cada pessoa, mas sempre prevalecerá a máxima: o melhor investimento é aquele que respeita o seu perfil de risco e oferece as melhores chances de atingir os seus objetivos.

Qual é a hora certa de investir?

Essa é uma das principais perguntas de quem ainda não tomou uma decisão sobre seus investimentos. 

Porém, se você entende o poder do tempo e dos juros compostos sobre as suas economias, a resposta para essa pergunta sempre será: a hora de investir é agora!

Você pode até estar com algum dinheiro parado na poupança - ainda que você saiba que o rendimento dessa aplicação é ruim -, esperando o “momento certo” de investir. Porém, saiba que seu dinheiro poderia estar rendendo bem mais em aplicações tão seguras quanto a caderneta.

Algumas dessas opções são:

  • Títulos públicos do Tesouro Direto;
  • Títulos privados de renda fixa como CDB, LCI e LCA;
  • Fundos de investimento com taxas de administração mais baixas.

Porém, você pode estar disposto a correr um pouco mais de risco em troca de uma rentabilidade maior. Mesmo em tempos de bolsa em queda, é possível alcançar melhores rendimentos diversificando a sua carteira. Você pode optar por fundos de investimento mais arrojados, como os fundos multimercado, por exemplo.

Alguns desses fundos permitem que a pessoa que aplica o dinheiro fique menos exposta aos riscos do mercado brasileiro, como aqueles que investem em ativos no exterior. Vale a pena pesquisar sobre a política dos fundos que são mais interessantes para você, sempre levando em consideração o seu perfil de investidor e os seus objetivos.

O que pode ser considerado um bom rendimento?

Outra questão bastante polêmica é como buscar o melhor investimento nas eleições. 

Você sabe que existem diversos tipos de investimento e que cada um atende a uma necessidade diferente: alguns têm mais liquidez, outros oferecem mais previsibilidade no rendimento e outros permitem buscar rendimentos maiores no longo prazo.

O ideal é manter em mente qual rendimento é possível obter aplicando nos ativos mais seguros, como os títulos públicos, por exemplo. Hoje, eles oferecem rentabilidade em torno de 6% ao ano. Assim, se houve uma aplicação que ofereça um retorno muito superior, vale a pena desconfiar.

É claro, há momentos pontuais no mercado financeiro que permitem ganhos excepcionais em algumas operações (assim como perdas na mesma proporção ou até maiores). Porém, esses momentos são imprevisíveis.

Acredite, se houvesse uma estratégia infalível de obter sempre um retorno bem superior ao da renda fixa, eu não estaria escrevendo este post!

Invista com 1 mil na magnetis

Como descobrir qual é o seu perfil de investidor?

A reflexão é o primeiro passo para entender quem é você no mundo dos investimentos. Porém existem formas automatizadas de descobrir essas características. A Magnetis, por exemplo, é uma fintech que oferece um serviço online de investimentos personalizados para você. Por meio de um rápido questionário (leva apenas alguns minutos!), descobrimos qual é o seu perfil de investidor e montamos um plano de investimentos com as melhores aplicações para você.

Na etapa seguinte, nosso algoritmo monta para você uma carteira de investimentos com os melhores investimentos para o seu perfil e monitora constantemente essas aplicações para garantir que você esteja sempre no caminho para alcançar os seus objetivos. Quer experimentar? Faça grátis o seu plano de investimentos hoje mesmo!

Mariana Congo, da Magnetis

Mariana Congo é Gerente de Comunicação da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais.

[Bate-papo com André Massaro] Investimentos: como não errar em época de eleições
Avaliar o post