Como buscar o melhor investimento para cada objetivo

por Débora Duarte

Para economizar dinheiro, as pessoas precisam de uma motivação. Na maioria dos casos, essa motivação é uma meta que querem realizar dali a alguns meses ou anos. Ter um objetivo financeiro é algo que ajuda muito na hora de guardar dinheiro e criar uma carteira de investimentos voltada para essa meta. Mas a dúvida que muitos têm é: como escolher o melhor investimento para cada objetivo?

Essa tarefa parece complexa, mas é mais simples do que você imagina. Neste post, o Yubb, seu buscador de investimentos online e gratuito, está aqui no blog da Magnetis para te ajudar a realizar seus objetivos com os investimentos mais adequados para seu perfil. Vamos começar?

Como buscar o melhor investimento para cada objetivo

1. Estabeleça seu objetivo

O primeiro passo é definir seu objetivo. Nós sabemos que parece óbvio, mas é necessário e isso nem sempre é feito da forma correta. “Guardar dinheiro para o futuro” ou “quero aumentar meu patrimônio” não são objetivos muito claros e podem mais atrapalhar do que ajudar.

É preciso que você defina exatamente o que quer. O importante é especificar ao máximo para facilitar a definição das suas metas. Exemplos: fazer uma festa de casamento em 2019, pagar a faculdade dos filhos daqui a 15 anos, fazer um intercâmbio em 2020, viajar nas férias para a Ilha de Bora-Bora, se aposentar com uma renda mensal de R$ 5 mil, e muitos outros. Quanto mais específico, melhor!

Vale dizer que não precisa ser apenas um objetivo. Você pode, por exemplo, estabelecer três metas: uma de curto prazo, uma de médio prazo e uma de longo prazo. Ter isso bem definido vai te ajudar muito na hora de escolher o melhor investimento.

2. Determine valor e prazo

Torne seu objetivo em algo palpável. Quanto você vai precisar para concretizar aquela meta? Quanto tempo você precisa trabalhar e guardar dinheiro? Quanto você pode economizar mensalmente para chegar ao seu objetivo? É muito importante que você determine valores e prazos.

Se você quer comprar um apartamento daqui a um ano, por exemplo, não adianta apenas determinar isso em sua cabeça, porque existem apartamentos para todos os bolsos. É preciso definir onde será o imóvel, fazer a cotação de preços, estabelecer quanto você vai investir por mês para conseguir fazer a compra, em quanto tempo você já quer estar morando naquele imóvel e assim por diante.

Nesse exemplo, um objetivo mais específico seria: comprar um apartamento de 80 metros quadrados (m2) na região da Avenida Paulista, em São Paulo, no valor máximo de R$ 500 mil, aplicando R$ 1,5 mil por mês durante 10 anos. Assim,você  terá uma noção melhor do tempo e do dinheiro que você vai precisar para fazer a compra.

3. Escolha o tipo de investimento ideal

Agora que você já sabe valor e prazo, chegou a hora de escolher o tipo de investimento que vai ajudar a alcançar sua meta. Você pode investir por conta própria ou pode ter alguém que faça isso por você (como fundos e robôs).

Mas antes de optar por um determinado tipo de investimento, procure saber quais deles mais se encaixam no seu objetivo.

Se for um objetivo de curto prazo, por exemplo, é melhor escolher investimentos mais seguros, como em renda fixa, por exemplo. Se o seu objetivo é montar uma reserva de emergência, uma aplicação com liquidez diária é a solução. Se for um objetivo de longo prazo, talvez dê para arriscar um pouco mais na renda variável. E assim por diante.

Os atributos da aplicação vão depender das características que você mais precisa para realizar o seu objetivo. Com uma breve análise dos produtos existentes no mercado, você já consegue definir qual é o tipo de investimento é mais adequado para os seus objetivos.

4. Compare as condições oferecidas

Escolher o produto é relevante, mas o essencial é encontrar qual instituição financeira oferece as condições mais vantajosas para você. De volta à reserva de emergência, as aplicações ideais para isso são aquelas que têm liquidez diária.

Mas entender só esse detalhe não basta. Se for um fundo de investimento, por exemplo, vale a pena pensar na taxa de administração que ele cobra. Se for um CDB com liquidez diária, é preciso prestar atenção na rentabilidade que ele oferece.

Muitas pessoas ficam “apegadas” ao seu banco tradicional ou à corretora de sempre, mas procurar novas instituições é um fundamental para encontrar as melhores rentabilidades do mercado e ganhar mais dinheiro. Talvez você não saiba, mas uma empresa de investimento não possui todas as opções do mercado, por isso é importante fazer essa comparação na hora de investir.

No Yubb, por exemplo, é possível buscar investimentos por valor, prazo e tipo de aplicação. Nos seus resultados, você vai saber o que as empresas estão oferecendo (entre bancos, corretoras, financeiras e fintechs). Isso vai te ajudar a conhecer novas opções e, consequentemente, fazer melhores escolhas.

5. Planeje-se para investir

Objetivo, valor, prazo, tipo de investimento e instituição financeira definidos: chegou o momento de dar o primeiro passo. Para fazer isso, basta transferir o dinheiro para a instituição de sua escolha e começar a investir, já que muitas oferecem procedimentos online.

Um ponto muito importante e que deixa algumas pessoas com medo é o custo de abertura e manutenção da sua conta de investimentos. Boa notícia: você pode abrir quantas contas quiser, não usar nenhuma delas e não vai pagar nada por isso. No entanto, cada instituição financeira tem a sua política de cobrança e é importante prestar atenção a esse detalhe.

6. Diversifique sua carteira

Diversificação é a palavra-chave para investir melhor. Como dissemos no começo, é legal que você tenha mais de um objetivo financeiro. Para realizar todos esses objetivos, você precisa de uma carteira diversificada com diferentes tipos de aplicação e em diferentes prazos.

Ter todo o seu patrimônio em um único tipo investimento é muito mais arriscado e diminui a sua rentabilidade. Ao diluir os seus recursos em diferentes aplicações, você tem mais chances de aproveitar a rentabilidade de vários ativos e deixa a sua carteira mais resistente aos momentos ruins do mercado.

magnetis invista no que importa simule gratis

Entrar no mundo dos investimentos é um caminho sem volta. No bom sentido, é claro! Quando você percebe que está acumulando cada vez mais dinheiro, sente vontade de investir mais. A dica aqui é que você nunca pare! Tenha disciplina: economize todos os meses para investir pelo menos uma parte da sua renda e mantenha essa prática para ter um futuro mais confortável.

E é claro, se precisar de uma mão dos especialistas conte com o Yubb ou com a Magnetis para alcançar todos os seus objetivos!

Agora queremos te ouvir! Quais são as suas metas financeiras? Deixe um comentário aqui embaixo!

Débora Duarte, do Yubb

Débora Duarte é produtora de conteúdo do buscador de investimentos Yubb. É formada em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Como buscar o melhor investimento para cada objetivo
5 (100%) 2 votes