Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Separamos uma lista com os 9 melhores países para viajar em 2020. Confira!

Viajar é bom e todo mundo gosta, não é? É a melhor forma de expandir nossa mente, conhecer outras culturas e costumes e entender história e geografia na prática. A diversão começa já no planejamento, quando procuramos os melhores países para viajar.

No entanto, para que tudo saia como sonhamos, é preciso levar em consideração também nossas finanças pessoais.

Sabemos que uma viagem pode ser bem cara, especialmente com a cotação do dólar alta em relação ao real. Se o seu plano for viajar para a Disney ou para a Europa, a dedicação ao planejamento financeiro deve ser maior. Mas também existem muitos outros lugares incríveis que podemos visitar sem gastar tanto.

Neste artigo, separamos os 9 melhores países para viajar em 2020 e dicas de como juntar dinheiro para viajar. Confira!

1. Uruguai

Não é por acaso que nosso vizinho encabeça a lista de melhores países para viajar. Uma das principais vantagens é o preço da passagem, que pode sair por menos de R$ 1 mil. Os custos por lá não são tão baixos, mas existem diversas formas de economizar na viagem.

A alimentação está entre os gastos mais altos, por isso dê preferência a hotéis que oferecem café da manhã ou que tenham cozinha. Assim, você pode comprar os alimentos no mercado e consumi-los no hotel.

Depois, é só aproveitar os atrativos locais — como os vinhos, que são ótimos e mais baratos do que cerveja. Às vezes, podem custar menos do que uma garrafa de água!

2. Vietnã

Um dos diversos destinos asiáticos que vamos citar neste artigo, o Vietnã está na moda e não é para menos. O custo de vida lá é mais baixo do que no Brasil, o que faz seu dinheiro render e torna possível planejar uma viagem de férias com pouco dinheiro. Para ter uma ideia, é possível se hospedar em um resort 5 estrelas por menos de R$ 300 e achar hotéis 3 estrelas por até R$ 30.

Com isso, aproveite para conhecer a deliciosa culinária típica, as praias paradisíacas, a beleza dos campos de arroz, a mistura de tradição e modernidade nas grandes cidades e os belos templos religiosos.

3. Curaçao

Uma das grandes vantagens de escolher Curaçao quando se pensa no Caribe é que o país fica fora da rota dos furacões. Além das praias perfeitas que esse pedacinho de terra entre Aruba e Bonaire oferece, você vai encontrar uma gastronomia com pegada indonésia que faz muito sucesso.

Aproveite para conhecer também a rica cultura da ilha, que foi ocupada por espanhóis no século 15 e colonizada por holandeses a partir do século 17. Para se hospedar, escolha um dos charmosos bangalôs. É possível conseguir uma ótima hospedagem com diárias a partir de R$ 150.

4. Polônia

A maior parte dos países mais tradicionais da Europa não entraria numa lista de melhores destinos de 2020, dado que a cotação do euro encarece demais a viagem.

No entanto, mesmo fazendo parte da União Europeia, a Polônia não adotou o euro e manteve a sua moeda, o zloty. A vantagem é que ele é menos valorizado que o real, o que torna a estadia por lá bem barata.

Com isso, você pode optar por ficar mais dias ou fazer mais passeios sem maltratar sua conta bancária. A capital, Varsóvia, foi totalmente reconstruída nos anos do comunismo e é bonita e moderna.

Não deixe de conhecer Cracóvia, uma cidade medieval que hoje é polo estudantil. Se tiver interesse histórico, visite também o antigo campo de concentração de Auschwitz.

5. Egito

As pirâmides do Egito fazem parte do imaginário de todo mundo, não é? Só isso já valeria a visita a um dos países com história mais rica do mundo. No Museu do Cairo, você vai aprender mais sobre a época dos faraós.

Depois, pode rumar para Gizé, terceira maior cidade do país — onde estão localizadas as famosas pirâmides, além da Grande Esfinge.

Uma dica para controlar os gastos é escolher um hotel que fique perto da maioria das atrações. Apesar de pagar um pouco mais pela localização, você vai economizar em transporte e em tempo, podendo conhecer mais lugares e se cansar menos.

6. Índia

Conhecer a Índia é um estudo antropológico. Estamos falando do segundo país mais populoso do mundo, com 1,34 bilhão de habitantes, e da maior democracia do planeta. Ali convivem a extrema pobreza e o que existe de mais avançado tecnologicamente, tudo permeado pela religiosidade que se vê por todo lugar. É um país colorido, com animais pelas ruas e uma culinária incrível, além da história milenar.

No seu planejamento financeiro para a viagem, considere que os itens mais caros são a passagem (que pode ficar entre R$ 3 mil e R$ 5 mil) e os deslocamentos internos — uma vez que é recomendado contratar um motorista para viagens curtas a cidades próximas da capital. Em compensação, os preços das hospedagens são similares aos do Brasil e a comida é muito barata.

7. México

Quem já visitou outros países da América Latina sabe que somos, ao mesmo tempo, muito parecidos e muito diferentes deles. O México reserva várias surpresas aos viajantes, inclusive pirâmides! O país tem mais de 37 mil sítios arqueológicos, a maioria de origem maia e com fácil acesso para visitantes.

Aproveite também para conhecer os vilarejos coloridos e cheios de história e provar a culinária local, com seus tacos, tamales e tostadas. Outra vantagem para quem está planejando as férias de 2020 é que o México é um dos destinos mais baratos que existem e dá perfeitamente para adequar os gastos ao orçamento.

8. Chile

Junto com a Argentina, o Chile é um dos principais destinos dos brasileiros. O país oferece atrações para todos os gostos e bolsos. É possível ver neve, esquiar, curtir as muitas vinícolas, passear nos lagos andinos, conhecer as praias e o mar gelado do oceano Pacífico e muito mais.

De toda a nossa lista, é também o país que tem as passagens mais baratas. Se pesquisar bem, dá para encontrar bilhetes com preços em torno de R$ 800.

9. Tailândia

Fechando nossa recomendação de melhores países para viajar em 2020, voamos de volta para a Ásia e desembarcamos na Tailândia — conhecida tanto pelas praias paradisíacas quanto pelos bons preços. Não podia ser melhor, não é?

É um povo acolhedor, e quase toda a população é budista, então espere encontrar templos maravilhosos. O único item caro mesmo é a passagem, que varia de R$ 3 mil a R$ 5 mil, mas também é possível achar bilhetes promocionais por menos do que isso.

Agora que você já conhece os 9 melhores países para viajar, basta fazer um bom planejamento financeiro, dentro do seu orçamento, guardando um pouco por mês. Você vai ver que é perfeitamente possível fazer a viagem dos seus sonhos! Precisa de uma ajuda para se organizar? Aproveite, então, para baixar nossa planilha de gastos.

Malena Oliveira

Especialista em Finanças Pessoais e membro do Grupo Consultivo de Educação Financeira da Anbima.

leia mais desse autor