Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

O que é e como investir em mini dólar?

Entre as opções disponíveis na Bolsa de Valores, o mini dólar costuma ser um dos investimentos mais procurados, sobretudo pelas pessoas que desejam ganhar no curto prazo. 

Além de toda acessibilidade e praticidade desses investimentos atualmente, investir na moeda americana também chama atenção por causa da força desse ativo no mercado e no mundo como um todo. 

Mas você sabe exatamente o que é o mini dólar? Entende o funcionamento e as vantagens desse investimento? Ao longo desse conteúdo, você encontra a resposta para essas e outras questões que aparecem quando esse é o assunto. 

O que é mini dólar?

Mini dólar é a forma como são chamados os minicontratos da moeda americana negociados diariamente no Mercado Futuro da Bolsa de Valores. 

Para que essa explicação fique ainda mais simples, precisamos falar sobre os minicontratos. Essa é uma alternativa de investimento que possui o lote mínimo menor do que os contratos cheios. 

Na prática, os minicontratos de dólar, que chamamos de mini dólar, correspondem a  20% do valor de um contrato cheio. Olhando para a média atual do mercado, enquanto o preço de um contrato cheio de dólar está na casa dos U$ 50.000, a versão reduzida custa cerca de U$ 10.000.

O principal objetivo da criação dessa alternativa de investimento é fazer que mais investidores tenham acesso à modalidade. Portanto, o mini dólar é a forma de negociar uma parte menor da moeda no mercado futuro. Abaixo, vamos explicar melhor como funciona essa negociação.

Como funciona o mercado futuro?

Como falamos, entender sobre o mercado futuro é essencial para saber como operar mini dólar. 

O mercado futuro é o ambiente onde as negociações, tanto de compra como de venda, envolvem derivativos, ao invés de ativos financeiros. Já os derivativos são contratos financeiros futuros que oficializam o direito de comprar ou vender um ativo em uma data definida. 

Os principais exemplos desses ativos são as moedas (como dólar e euro, por exemplo) e as commodities (como ouro e petróleo, por exemplo).

Assim, o mercado futuro é o ambiente da Bolsa onde os investidores negociam pensando no preço futuro desse ativo, no caso, do dólar.

Como funciona o código do mini dólar?

Assim como qualquer outro ativo da Bolsa de Valores, o mini dólar também é negociado por meio de códigos. 

Diferentemente de ações e outros ativos, o código desse ativo é estabelecido com base na data de vencimento. Ao comprar um contrato de mini dólar, você escolhe o mês limite para essa venda, levando em consideração todo o primeiro dia útil de cada mês. 

Desse jeito, na Bolsa de Valores do Brasil, (B3), além da sigla WDO (padrão para mini dólar), o código também é formado por uma letra que representa o mês de vencimento e o número referente ao ano. 

  • Janeiro: F
  • Fevereiro: G
  • Março: H
  • Abril: J
  • Maio: K
  • Junho: M
  • Julho: N
  • Agosto: Q
  • Setembro: U
  • Outubro: V
  • Novembro: X
  • Dezembro: Z

Veja abaixo qual a letra para cada mês do ano:

Seguindo essa lógica, se você encontrar um minicontrato de dólar com o código WDOZ20, significa que o vencimento desse investimento será no primeiro dia útil do mês de dezembro de 2020.  

Como funciona os pontos do mini dólar?

Assim como o contrato cheio de dólar, a movimentação do mini dólar no mercado é marcada pela pontuação. Assim, a oscilação dos pontos gera lucros ou prejuízos para os investidores. 

Cada ponto do mini dólar representa R$ 10,00. Assim, se o valor de um contrato de mini dólar está valendo 5 mil pontos, quer dizer que seu preço é R$ 50 mil. Seguindo a lógica, a oscilação dessa pontuação representa lucro ou prejuízo. 

Como investir em mini dólar?

Para negociar mini dólar, ou qualquer outro ativo do mercado futuro, o primeiro passo é abrir conta em uma corretora de valores. Essa instituição é a responsável por possibilitar que você escolha esses contratos. 

Olhando especificamente para esses ativos, é preciso que você analise os prazos, o preço e a disponibilidade dos contratos. 

Quais as vantagens de operar mini dólar?

Como falamos no começo desse post, uma das principais vantagens do mini dólar é a acessibilidade. Esse tipo de investimento foi pensado para que investidores com menos quantidade de capital consigam investir. No entanto, esse não é o único benefício. 

Podemos destacar outros:

  • Liquidez: diariamente, o mini dólar é um dos ativos mais negociados na Bolsa, assim, a liquidez desse ativo é considerada alta. Desse jeito, caso você escolha desfazer do contrato, é bem provável que encontre um comprador rapidamente.
  • Alavancagem: caso você conte com uma margem de garantia, é possível operar no mini dólar utilizando a alavancagem. Essa forma de operar, permite que você invista com um valor superior ao que possui em conta, aumentando a sua possibilidade de retorno. Por outro lado, também aumenta seu risco. 
  • Ganhar na queda do mercado: uma outra vantagem é a possibilidade de obter bons rendimentos em momentos de queda do mercado. Essa estratégia é conhecida como operar vendido e consiste no investimento que prevê a queda do ativo. 

Devo investir em mini dólar?

Assim como qualquer outro investimento, a resposta depende. Se esse ativo estiver de acordo com o seu perfil, é considerado uma boa alternativa. Por isso, sempre recomendamos que você conte com o auxílio de uma consultoria de investimentos

No entanto, é preciso considerar que trata-se de um tipo de investimento de renda variável, por isso, há risco do mercado não corresponder às suas expectativas e gerar prejuízos. Esses riscos acontecem, principalmente, por conta da forte oscilação da moeda. 

É claro que, constantemente, acompanhamos notícias sobre a alta do dólar. Porém, há uma máxima no mercado que é: a rentabilidade passada não garante um retorno no futuro. Assim, é preciso considerar os riscos e utilizar estratégias adequadas para proteger seu investimento.

Você viu neste post quais as vantagens e o funcionamento do mini dólar. No entanto, viu também que esse é apenas um tipo de investimento e que só é indicado se for condizente com o seu perfil. Confira nosso guia com tudo o que você precisa saber sobre os diferentes tipos de investimento e encontre uma alternativa que mais combina com você e com seus objetivos. 

análise de investimentos