Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

O que é minimalismo? Como ele pode ajudar você a atingir a independência financeira?

O minimalismo vem chamando a atenção nos últimos tempos. E, sim, esse conceito pode ser aplicado no meio financeiro e se encaixa em várias realidades. Por isso mesmo, essas dicas são excelentes para você.

Algumas pessoas abordam o assunto de forma exagerada ou equivocada, uma vez que interpretam o conceito como um estilo de vida caracterizado pelo abandono dos bens materiais e a escolha de uma existência sem prazer. 

Mas, como podemos interpretar o minimalismo financeiro?

A verdade é que o minimalismo é definido como um modelo de vida. Ou uma tendência estética que ajuda as pessoas a se livrarem dos excessos e do consumo desenfreado. Podemos também categorizá-lo como uma estrutura de inteligência financeira. Afinal, você vai priorizar seus sonhos e dispensar pushes de desconto do Ifood.

Quer aprender como se livrar da necessidade de acumular bens desnecessários e melhorar sua vida financeira? Veja este artigo! 

Entenda o minimalismo no mundo contemporâneo 

O consumo desenfreado é uma das características do mundo contemporâneo. Diariamente, somos expostos a anúncios que estimulam a aquisição de produtos e bens de consumo. 

Diante desse cenário, é comum que as pessoas utilizem o dinheiro adquirido mensalmente para adquirir esses pertences e se realizarem, mesmo que momentaneamente. 

O problema é que os gastos excessivos podem gerar dívidas e outros problemas financeiros. 

Portanto, o minimalismo se apresenta como uma alternativa interessante para quem deseja ter hábitos que auxiliam a estabilidade de suas finanças, uma vez que esse conceito ajuda a cortar os gastos desnecessários e a usar o dinheiro e os produtos adquiridos de forma mais consciente. 

Como vive um minimalista? 

Os adeptos do minimalismo costumam viver com simplicidade e liberdade. Por isso, é comum ver pessoas que possuem apenas as roupas necessárias, conservam somente poucos livros que consideram imprescindíveis e estendem esse mesmo comportamento para outras áreas da vida. 

No entanto, é importante destacar que não existe uma receita de bolo: cada pessoa precisa avaliar racionalmente quais são suas reais necessidades para, assim, encarar as melhores possibilidades de adotar esse lifestyle.

Minimalismo: viva com aquilo que é necessário 

O minimalismo não prega que você elimine a vontade de usufruir de bens materiais. Você deseja ter um carro confortável, residir em uma bela casa, usar roupas legais, viajar e comer em restaurantes sofisticados? 

Se a resposta for sim, ótimo! Afinal, se essas coisas fazem você feliz, não há motivos para retirá-las da sua vida. 

A questão é: se você tem um carro que atende todas as suas necessidades, precisa adquirir outro? Vai utilizar todas as roupas que comprou? 

Dicas de como ser um minimalista 

Como dissemos, não existem os “10 mandamentos” que devem ser seguidos à risca para tornar-se um minimalista. 

Entretanto, há algumas dicas para quem deseja assumir esse estilo de vida, como desvencilhar-se de objetos desnecessários, desfazer-se de móveis e roupas antigas e comprar apenas os alimentos indispensáveis para as refeições, entre outras coisas que podem não ser mais úteis. 

Como esse estilo de vida ajuda a alcançar a independência financeira? 

O minimalismo oferece diversos benefícios para quem o aplica: liberdade, consciência ambiental, desapego do consumo, percepções diferentes do que é e do que não é primordial, etc. 

Além disso, proporciona a facilidade a independência financeira a curto ou médio prazo, já que elimina a necessidade de consumo descontrolado e gastos irrelevantes no dia a dia. 

Confira como esse modelo de vida ajuda a melhorar a vida financeira. 

Independência financeira: adeus às dívidas

É comum observar em relatos de pessoas que adotaram o minimalismo em suas vidas que as dívidas, outroras habituais, hoje já não fazem parte do cotidiano. 

É fácil compreender os motivos: 

  • o cheque especial deixou de fazer parte do salário mensal; 
  • prestações deixaram (ou diminuíram) no orçamento do mês; 
  • valor da fatura do cartão de crédito diminuiu; 
  • gastos com bens materiais foram reduzidos. 

Organização das finanças 

Conforme os custos e as dívidas diminuem, a organização das finanças torna-se mais simples. Com isso, fica mais fácil constituir uma reserva financeira, guardar dinheiro e realizar investimentos para aumentar o patrimônio

Aceleração da independência financeira com a rentabilidade das aplicações 

Os lucros obtidos por meio dos investimentos em títulos de renda variável – ações, fundos de ações, derivativos, fundos imobiliários, commodities – ou renda fixa, como Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA, debêntures, fundos de investimento podem ajudar a acelerar o patrimônio. 

Inclusive, muitas pessoas vivem apenas dessas rendas, já que não necessitam de grandes quantias de dinheiro para manter o estilo de vida. 

Como escolher o melhor investimento? 

O investimento ideal está muito atrelado ao perfil do investidor. Se você tem um estilo mais conservador, o ideal é que você invista seus recursos em uma carteira de investimentos mais segura. Conte majoritariamente com ativos de renda fixa pós fixados.

Por outro lado, se você é mais ambicioso, não tem medo de se arriscar e possui uma capacidade financeira para isso, uma carteira de investimentos com uma exposição maior em renda variável pode ser a opção ideal para você. 

É importante ter em mente que não existe um único investimento que vai ser o melhor. Você deve sempre manter uma carteira de investimentos diversificada e alinhada ao seu perfil e objetivos financeiros. 

Deseja investir e acelerar a sua independência financeira? Venha para Magnetis! Nós montamos uma carteira personalizada para você e executamos todas as etapas do processo de investimentos. Esperamos por você! 

Andressa Siqueira, CFP®
Andressa Siqueira, CFP®

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019. Possui as certificações CEA pela ANBIMA e de planejadora financeira CFP®, trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor