O que é um robô advisor? Entenda por que investir com essa tecnologia

por Mariana Congo

Você sabe o que é robô advisor? O robô advisor é uma plataforma digital que oferece o serviço de consultoria e gestão de investimentos de forma automatizada. “Advisor” em inglês significa consultor. Ou seja, o robô advisor faz o mesmo papel de um consultor de investimentos, só que de maneira online e automatizada.

Em vez da figura do tradicional consultor financeiro, com o robô advisor o cliente contrata um serviço digital. Por trás dele, existem algoritmos que analisam o perfil do investidor, seus objetivos e compararam diversas aplicações para recomendar uma carteira de investimentos.

Assim como a Netflix aposentou as videolocadoras, e o Waze transformou o guia de ruas em um item de antiquário, o robô advisor trilha o caminho para transformar o modo como as pessoas de todo o mundo lidam com o (complicado) mercado financeiro.

Você vai entender agora em mais detalhes por que os serviços de investimento e consultoria automatizados - o robô advisor - são um divisor de águas no mercado financeiro e por que você não pode nem pensar em abrir mão deles na formação de sua carteira!

O que é um robô advisor?

Robô advisor é um sistema formado por algoritmos que automatizam cálculos, decisões e análises de investimentos.

O serviço de assessoria de investimentos, que há alguns anos era feito por profissionais do mercado financeiro de forma manual ou com auxílio de planilhas, agora passa pelo crivo de sistemas automáticos, que cruzam centenas de milhares de dados simultaneamente.

Com o robô advisor, fica possível montar uma carteira de investimentos mais alinhada com as melhores oportunidades do mercado e com o perfil de cada investidor -- e pagar pouco pelo serviço!

Por causa da automatização, o serviço do robô advisor permite que milhares de clientes sejam atendidos ao mesmo tempo. É um ganho em escala relevante na comparação com a consultoria tradicional. Um consultor de investimentos comum só consegue atender poucos clientes e precisa cobrar uma alta taxa pelo seu serviço. Por esse motivo que a consultoria de investimentos era um serviço restrito somente a investidores com muitos milhares ou milhões para investir.

Isso mudou agora. O robô advisor democratiza o acesso das pessoas a uma consultoria de investimentos ao usar a tecnologia para reduzir o custo pelo serviço.

Qual é a diferença entre os robôs de investimento?

Existem diferentes tipos de robôs investidores e o robô advisor é um deles. Vamos agora falar qual é a diferença entre robô advisor e robô trader, que são os tipos mais comentados por aí. Embora ambos sejam considerados robôs de investimentos, há distinções:

Robô advisor

O robô advisor faz a consultoria e gestão de carteiras de investimentos de forma automatizada. Os algoritmos utilizados analisam o perfil do investidor e os investimentos disponíveis do mercado no intuito de concluir qual o melhor mix de ativos para compor uma carteira de investimentos. Essa carteira pode incluir aplicações em renda fixa (CDBs, Letras de Câmbio, títulos do Tesouro Direto) e renda variável (ações, câmbio e ouro). Cada empresa que oferece o serviço de robô advisor também terá sua própria estratégia de investimentos. No caso da Magnetis, o foco é na diversificação de ativos com baixa correlação entre si. A diversificação minimiza riscos e maximiza o retorno ao longo do tempo.

​Robô trader

Robô trader é um sistema usado para realizar operações de curto prazo, principalmente em renda variável, programadas previamente pelo investidor. Muito comum nas operações diárias (day trade), esses robôs permitem, por exemplo, que um investidor programe uma venda de emergência caso o valor de uma ação fique abaixo de certo patamar (stop loss) ou estipule uma venda caso suas ações alcancem determinada valorização (stop gain). Ele é útil para quem não tem tempo de acompanhar a volatilidade do mercado e quer tentar ganhar no curto prazo.

Investir com robô advisor: onde fica a análise humana?

Como comentamos acima, por trás de cada robô advisor existe uma equipe de especialistas que cria a estratégia que será executada pelo robô.

A verdade é que aplicar seu dinheiro com o auxílio de um robô de investimento não significa a ausência completa de intervenção humana no processo de estudo de cenários e de análise de mercado.

Os algoritmos financeiros não eliminam o trabalho do consultor financeiro. Muito ao contrário, possibilitam seu aperfeiçoamento e fazem com que mais pessoas possam ter acesso ao serviço.

A tecnologia não é rival das consultorias de investimento, é sua aliada. As ferramentas digitais ajudam a minimizar riscos e maximizar os lucros dos clientes. Até porque, por melhor e mais numerosa que seja uma equipe de consultores, não há como chegar nem perto da capacidade de processamento de dados de um sistema automatizado.

Ebook sobre robô advisor da Magnetis

Se quiser saber mais sobre essa história, vai gostar de saber porque o modelo de negócios da Magnetis venceu o Fintech Awards Latam 2017.

Os custos do robô advisor são realmente menores?

O investimento automatizado online é dessas revoluções tecnológicas silenciosas que, anos mais tarde, não sabemos como ficamos sem por tanto tempo.

Nos Estados Unidos, por exemplo, o robô advisor cresce em ritmo exponencial, especialmente pela maior margem de acerto das carteiras de investimento montadas com o auxílio desses robôs. Empresas como Betterment, Wealthfront e Personal Capital são exemplos de robôs pioneiros nos Estados Unidos.

De acordo com a consultoria AT Kearney, os fundos gerenciados por robôs assessores de investimento crescerão dos 0,5%, em 2015, para 5,6%, em 2020. E a tendência é que esse crescimento se intensifique ainda mais na próxima década.

No Brasil, investir com o auxílio de robôs de investimento também se tornou uma constante nos últimos anos, sobretudo porque os custos das consultorias que trabalham com esses recursos são muito mais baixos, o que permite o repasse dessa economia ao investidor. Com isso, ele tem acesso a um serviço mais barato e de qualidade. Na Magnetis, por exemplo, o custo é menos da metade do cobrado nos bancos.

Exemplo do serviço de robô advisor no Brasil

CDB ou LCI pós-fixada? Qual é o prazo de aplicação? Qual a divisão percentual dos ativos de minha carteira de investimentos? Diante de tantas variáveis, a possibilidade de delegar a um robô a configuração de seus investimentos deixou de ser delírio futurista para se tornar uma tendência entre os investidores (Veja os vídeos da série Como é ser cliente Magnetis).

Se você não tem tempo nem quer virar especialista em investimentos, o robô advisor é o serviço de investimentos ideal. Ao automatizar e delegar a gestão dos seus investimentos, você não precisa mais perder tempo tentando monitorar o mercado financeiro em busca de oportunidades.

A Magnetis é um exemplo de robô advisor no Brasil. Seu serviço de consultoria automatizada de investimento foi lançado em março de 2015, pioneiro no Brasil.

Vamos agora dar o exemplo de como funciona o serviço:

O primeiro passo para testar um robô advisor é responder um questionário online que pede informações para determinar seu perfil e objetivos. Por exemplo: investidor conservador que aplica para um plano de aposentadoria.

Na segunda etapa, os algoritmos analisam essas informações para instantaneamente mostrar uma simulação de plano de investimentos. São gráficos e dados que mostram como ficaria a carteira.

O primeiro e segundo passos são gratuitos.

Quem vira cliente abrirá uma conta na Magnetis, que já é integrada à corretora parceira - Easynvest. Depois, é só transferir o dinheiro para a conta na corretora. Também é função do robô advisor realizar todas as ordens de compra dos investimentos. O cliente acompanha tudo pela painel de controle, no computador ou celular. Ao longo do tempo, os algoritmos monitoram os investimentos e realizam rebalanceamentos quando há necessidade.

Se a curiosidade bateu, entre aqui para responder o questionário e receber sua própria simulação. Sucesso e até mais!

Mariana Congo é Gerente de Conteúdo da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais.

Avaliar o post