Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

Ômicron: o impacto nos investimentos e o tempo

Você sabe, sendo investidor ou não, que ao nos aproximarmos do fim do ano, duas coisas são quase inevitáveis: pensar em como o tempo está passando rápido e no que iremos fazer durante as festividades.

Sobre o tempo passar rápido quero fazer apenas um alerta: a maior entrega da Magnetis para você, é tempo. Se você não acha o tempo importante, eu aposto que você não aceitaria receber R$100 milhões (nem 10x mais) para dar em troca seus próximos 20 anos de vida. Pense nisso. 

Novembro estava terminando e todo mundo já estava ficando um pouco mais tranquilo quanto à pandemia. Então, os mercados globais foram surpreendidos por uma nova variante da covid-19, a Ômicron. A variante potencializou o clima de incerteza que já pairava no ar, reforçando que os investidores devem seguir cautelosos e com um bom planejamento diante do cenário atual .

Por que a Ômicron preocupa?

A grande preocupação se dá em torno do risco da nova cepa ser contagiosa até mesmo entre aqueles que, em tese, já estão imunizados pelas vacinas.

Embora os alertas sejam de que os sintomas se apresentam de forma mais leve, existe o receio de que as vacinas atuais não tenham efeito contra a variante. Ocorrendo este cenário, é bem provável que as políticas de distanciamento social precisem ser retomadas em diversos países.

Ainda levaremos algumas semanas para ficar a par de maiores detalhes sobre a nova variante, e até lá, as barreiras geográficas devem atuar de forma importante para a contenção da contaminação. 

Enquanto isso, veja o que fazer com relação aos seus investimentos… 

Movimentações só com planejamento

Você se lembra de algum momento em que fez algo por impulso e se arrependeu? Se você nunca passou por isso, vai por mim, você é uma exceção.

Agir na emoção raramente é uma boa ideia, mas, quando o assunto é investimento, os impactos negativos ficam mais severos. Isso acontece pois envolve seu patrimônio de uma forma direta.

Para manter sua carteira de investimentos rendendo bem e longe de potenciais perdas, a melhor alternativa é não realizar movimentações em momentos onde a emoção esteja no controle. Dado que as emoções podem fazer o investidor tomar atitudes que caminhem na contramão do necessário para realizar seus objetivos e sonhos.

Fique atento: sua carteira deve estar de acordo com o seu perfil e seus objetivos. Se a Bolsa caiu e você entrou em pânico, talvez este seja o primeiro sinal de que seus investimentos podem não estar alocados de maneira ideal para você. 

Como especialista em investimentos, a dúvida que eu mais ouço é: qual o melhor investimento? Deixa eu te contar um spoiler aqui: não existe “o melhor investimento”.

O que existe é uma carteira de investimentos alinhada a cada perfil e objetivos, e isso inclui uma série de características específicas ligadas ao seu estilo de vida, necessidades de liquidez, entre outros, que você só irá entender ao conversar com um especialista em investimentos.

Falando em carteira ideal…

Não seja responsável pelos prejuízos do seu portfólio

Se o mercado está passando por um momento turbulento é importante se acalmar, respirar e retomar os princípios que te levaram a compor sua carteira de investimentos atual.

Os ativos de renda variável, como as ações, BDRs, ETFs e seus fundos multimercados estão caindo demais? Não faça nenhum resgate ou venda. A menos, é claro, que tais ativos não façam mais sentido para o longo prazo ou se não foram escolhidos para o seu portfólio de investimentos de forma criteriosa. 

Quem investe em renda variável costuma ter receio de perder recursos de duas formas: a primeira é ao investir em renda variável e, a segunda, é ter que investir em renda fixa. Mas, você pode notar que nem sempre a renda fixa é sinônimo de deixar dinheiro na mesa. 

Mantenha uma boa reserva

Manter uma boa reserva de segurança sempre será uma boa ideia. Em cenários de grande imprevisibilidade isso se torna ainda mais importante, pois será a sua reserva que te trará a segurança de não precisar se desfazer de bons investimentos, destinados para longo prazo, por conta de alguma eventual emergência.

Aproveite que, hoje, os investimentos em renda pós fixada vão bem, dado a alta da Selic. E, claro, lembre-se de que uma boa reserva de segurança é composta por: Tesouro Selic, fundos DI Simples ou outros títulos de renda fixa com rendimento de 100% do CDI, com liquidez diária.

Diversificar é ser livre

A diversificação nos investimentos é sinônimo de liberdade. Sabe por quê? Ao diversificar, você não dependerá de cenários específicos para construir seu patrimônio. Além de evitar perdas desnecessárias na sua carteira de investimentos. 

Para saber mais como fazer uma boa diversificação você pode conferir esse conteúdo.

O tempo é o amigo dos bons investimentos

Uma carteira de investimentos robusta leva tempo para ser construída e, às vezes, também pode levar um tempo para que você se “convença” de que seus retornos serão consistentes. Isso acontece porque investir é um ato de longo prazo. 


O que nós da Magnetis te oferecemos é a certeza de que nossos especialistas estão fazendo toda a análise de mercado, seleção de ativos, alocação da carteira de investimentos e o todo monitoramento, focada no alcance dos seus objetivos e sonhos. Enquanto a única coisa que você precisará fazer é: viver.

Ganhe mais tempo e dinheiro com a Magnetis. Baixe o app

Andressa Siqueira, CFP®
Andressa Siqueira, CFP®

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019. Possui as certificações CEA pela ANBIMA e de planejadora financeira CFP®, trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor