Pague você primeiro: a lição mais importante de finanças pessoais

por Magnetis | 22/09/2015

pague voce primeiro

Se você espera o saldo restante da sua conta corrente no fim do mês para aplicar o dinheiro que sobra, você está comprometendo suas finanças pessoais. Esse também é o primeiro erro de quem está começando a fazer reservas de emergência ou planejando alguma compra de valor mais alto. O bom planejamento financeiro começa por uma etapa essencial: pague você primeiro.

É uma tendência natural deixar para separar o valor a ser investido somente no fim do mês. Afinal, estamos preocupados com as despesas mensais, de manutenção da casa, transporte, alimentação. De maneira geral, as pessoas separam primeiro o montante para pagar essas contas e custos. Em seguida consideram outros gastos, como lazer e investimentos.

Esse é o momento em que você precisa pensar no seu patrimônio financeiro antes. Definir o quanto será investido é fundamental, assim como reservar (ou "pagar-se") esse valor primeiro. Pagar você primeiro resolve vários problemas, dentre eles a possibilidade que você se esqueça de poupar e investir, que não tenha dinheiro na hora de fazer o investimento e também que você use seu dinheiro considerando só o presente, sem pensar no seu futuro.

(Precisando aprender métodos e formas para poupar? Não deixe de ver nosso Guia Definitivo sobre Como Economizar Dinheiro)

O que significa “se pagar primeiro”?

Esse conceito pode soar estranho, “se pagar primeiro”, mas é a melhor definição para o esforço de economizar dinheiro que será destinado à construção do seu patrimônio. Ou seja, é um dinheiro que sai das suas contas, de toda sua movimentação financeira cotidiana, para ser investido. Essa é a função do “se pague primeiro”: ter um valor cuja única função é fazer seu patrimônio crescer.

Uma boa definição de “se pagar primeiro” é o ato de separar de antemão, de todas as suas receitas, um valor determinado por você, assim que receber um pagamento, e aplicar. Investir antes de comprar ou pagar qualquer conta, inclusive das coisas mais essenciais.

Então, para esclarecer, é importante que você perceba que pagar você primeiro não é comprar o último modelo de celular ou agendar uma viagem espetacular no fim de semana.

Para começar, você deve ter em mente que todas as suas receitas devem entrar no cálculo do valor a ser investido. Isso significa que todo dinheiro que você receber deve ser considerado, a saber: salário, décimo-terceiro, bônus, férias, consultorias, trabalhos extras etc. A cada entrada, você vai separar a porcentagem que você definiu.

Um percentual para seu futuro

Como acabamos de ver, pagar você primeiro significa que uma parte dos seus rendimentos será retirada no momento em que estiverem disponíveis para ser aplicada em seus investimentos. Ou seja, você irá determinar uma porcentagem dos seus ganhos - de todos eles, salário, férias, bônus, extras – que será reservada para você investir.

Quando você reserva automaticamente uma porcentagem está fazendo na prática o “pague você primeiro”. O principal ponto dessa estratégia a se observar aqui é que é preciso cumprir essa meta mensalmente, de forma contínua, para que isso funcione.

É importante lembrar também que a porcentagem deve estar dentro dos limites das suas receitas. Se as suas entradas não são suficientes para suportar valores altos, então opte por investir uma porcentagem pequena.

O que é mais relevante no processo de “pague você primeiro” é a disciplina de cumprir mensalmente o que você decidiu, ou seja, separar e investir o valor definido a cada entrada de dinheiro.

Uma boa dica para que você não esqueça nem arrume uma desculpa para não cumprir seu planejamento é programar a aplicação automática no seu internet banking. Determine o dia (prefira uma data logo após o recebimento das receitas) e o valor a ser investido e deixe o banco fazer o resto para você. Fica mais fácil e confiável.

Por que é importante pagar você primeiro?

Como vimos, o método “pague você primeiro” depende muito do seu envolvimento e comprometimento. É um sistema que visa garantir o seu futuro, que objetiva criar reservas e te dar segurança.E é justamente daí que vem sua importância: somente dessa forma você conseguirá ter uma vida tranquila, preparado para eventuais emergências e pronto para realizar seus sonhos.

Veja abaixo em mais detalhes porquê ter um planejamento financeiro e "pagar você primeiro" são fundamentais para sua qualidade de vida:

Estabelece você como prioridade

Quando você se paga primeiro, estabelece você mesmo e seu futuro como pontos centrais mais importantes das suas finanças pessoais. Normalmente, deixamos de lado essa questão, preferindo usar o dinheiro para diversão, lazer e, em alguns casos, gastos supérfluos.

Isso pode até fazer bem no momento, mas no futuro esse dinheiro gasto sem controle poderá cobrar um preço alto. Por isso, ao deixar um valor separado para investimentos, você garante também seu prazer, que poderá ser aproveitado com mais controle e sem culpa.

Afinal, você já reservou o valor para seu futuro, para o fundo de reserva. O dinheiro que fica disponível serve exatamente para pagar suas contas e para o seu lazer.

Consolida hábitos saudáveis de poupança

O mundo hoje é voltado para o consumismo. Poupar diante de tantas propagandas, ofertas de oportunidades, novos produtos e promoções é uma tarefa um tanto difícil.

Então, quando nós conseguimos criar um hábito de economizar, estamos quebrando um vício que, em muitos casos, nem percebemos que temos. Gastar o necessário, mantendo certo luxo e conforto dentro dos limites das receitas, faz com que você valorize seu trabalho, seu esforço e o dinheiro que recebe.

Esse hábito de poupar é fundamental para que você entenda a relação que você deve ter com o dinheiro, que deve ser um facilitador e não uma preocupação.

Permite que você crie uma reserva financeira

Para evitar preocupações, a criação de uma reserva financeira é um passo fundamental. A reserva é um dinheiro que fica investido, e que deve ser criada para situações de emergência, como por exemplo problemas médicos e eventuais transições profissionais. Quando você tem uma reserva, fica também mais tranquilo para aproveitar a vida e as oportunidades que surgirem.


Pagar você primeiro é a maneira mais inteligente de organizar suas finanças pessoais. Estabelece prioridades, faz com que você tenha segurança financeira e possa planejar o seu futuro. Está pronto para começar a pagar você primeiro? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário para a gente!

Pague você primeiro: a lição mais importante de finanças pessoais
5 (100%) 3 vote[s]