Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você pode investir de um jeito melhor, e nós podemos provar.

Baixe o app!

Como fazer o planejamento da sua sucessão patrimonial?

Falar sobre o planejamento de sucessão patrimonial pode assustar muita gente, mas esse é um assunto muito importante para garantir que os seus bens sejam distribuídos de acordo com a sua vontade.

Já vimos inúmeros casos de desentendimentos envolvendo heranças, capazes de separar famílias. Para evitar que isso aconteça, o melhor caminho é pensar e determinar desde já como o seu dinheiro será dividido, garantindo que todos fiquem bem assistidos no futuro.

Para entender como fazer isso, acompanhe o post completo!

O que é a sucessão patrimonial?

Trata-se da organização de como os bens serão transferidos para os herdeiros e os descendentes após o falecimento do titular.

Embora muitas pessoas acreditem que a herança pode ser passada de acordo com a sua preferência, a lei determina que pelo menos 50% do valor seja destinado aos filhos, pais e ao cônjuge.

O que é o planejamento da sucessão patrimonial?

O planejamento sucessório nada mais é do que determinar, ainda em vida, como os bens serão distribuídos.

Como a divisão de uma herança pode provocar desentendimentos e demorar muito tempo, o planejamento deixa a família mais segura e com menos problemas para lidar.

Embora o assunto ainda seja um tabu, é essencial pensar nele racionalmente. Trate-o da mesma forma como outros aspectos importantes são planejados, como uma mudança ou a compra de uma casa.

Com essa preparação, além de proteger os bens conquistados durante toda uma vida, a sua família pode economizar com taxas de inventário e de Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD).

Quais são as opções para fazer o planejamento sucessório?

Quem quer organizar a divisão de bens, geralmente adere à alguma das seguintes opções:

Outra boa alternativa é pensar em investimentos, que permitem o rendimento do valor e facilitam muito a sucessão após o falecimento do titular.

Com essa estratégia, o capital sofre valorização ao longo do tempo, e a família não precisa se preocupar com toda a burocracia do inventário. Os títulos são passados automaticamente, garantindo, assim, o acesso a recursos que podem ser essenciais para um momento tão difícil.

Como planejar a sucessão patrimonial?

Confira alguns passos para que essa transmissão de bens seja bem-sucedida.

1. Liste o patrimônio

O primeiro passo consiste exatamente no levantamento do que você herdou, conquistou e acumulou ao longo da sua vida, para ter uma visão clara do que será repassado.

Considere absolutamente tudo: investimentos, veículos, imóveis, empresas, dinheiro em conta, etc.

2. Defina os beneficiários

Após saber exatamente o que você tem, é hora de determinar quem receberá o que. Pense com carinho nas possibilidades, considere os 50% obrigatórios por lei para os membros da família (herdeiros necessários) e avalie como a outra metade será dividida.

Você pode deixar para um funcionário que foi o seu braço direito, um amigo especial, uma instituição de caridade e muitas outras possibilidades.

3. Avalie as alternativas disponíveis

Depois de levantar o valor acumulado e escolher para quem será distribuído, é hora de definir qual instrumento será usado para a divisão.

Com essa decisão, você já pode tomar providências que aumentem a liquidez ou viabilizem o acesso aos ativos, tornando a sucessão muito mais fácil.

4. Documente tudo

Para aumentar a segurança e obter respaldo jurídico caso ocorram desavenças entre os herdeiros, procure documentar todo esse planejamento.

Essa é a melhor forma de garantir que as suas escolhas serão respeitadas, e que as pessoas que você mais gosta terão direito ao seu patrimônio.

Como o Magnetis Infinity pode te ajudar?

Entendendo a necessidade de criar carteiras de investimentos que ofereçam uma boa rentabilidade e resiliência diante das oscilações do mercado, para valores a partir de R$ 1 milhão, a Magnetis criou o Infinity.

Esse produto conta com alta tecnologia para a gestão dos investimentos, por meio de algoritmos que buscam as alternativas mais rentáveis entre mais de 20 mil ativos.

A tecnologia também está presente no acesso por parte do cliente, que consegue acompanhar os seus rendimentos pelo smartphone, de maneira simples e prática.

A Magnetis ainda possui parceria com o Julius Baer Family Office (JBFO), gestora conhecida por manter o foco na multiplicação do patrimônio com sofisticação.

Ou seja, com esse produto, você consegue o mix ideal entre os fundos mais conservadores e outros mais arrojados, de rentabilidade maior, para que o seu patrimônio alcance uma ótima rentabilidade e proteção, para garantir que seus bens sejam repassados com segurança.

A transmissão dos ativos que compõem a carteira do Magnetis Infinity acontece automaticamente, após o falecimento do titular. Além disso, os seus herdeiros contarão com uma gestão altamente especializada, para que o capital continue rendendo mesmo que eles não tenham nenhum conhecimento sobre a administração do próprio dinheiro.

Neste artigo, apresentamos o conceito de planejamento da sucessão patrimonial e demos um passo a passo de como fazer o seu. Lembre-se de organizar a questão o quanto antes, para que a sua família tenha respaldo financeiro caso seja necessário.

Aproveite para conhecer o Magnetis Infinity e saber como ele pode ajudar você não só nessa questão, mas também na multiplicação do seu patrimônio!

Andressa Siqueira, CEA
Andressa Siqueira, CEA

Formada em Economia pela PUC-SP, é analista de conteúdo, especialista em investimentos na Magnetis desde 2019, possui certificação CEA pela ANBIMA e trabalha no mercado financeiro há mais de 8 anos.

leia mais desse autor