Por que economizar pode (e deve) ser uma diversão

por Magnetis

Por que economizar pode (e deve) ser uma diversão
Avaliar o post

Conhece o Desafio do Closet?

É o método divertido que Ana Claudia Leoni, autora do blog Dinheiro com Atitude, criou para estimular as pessoas a economizar dinheiro. Ana trabalha há 10 anos com educação financeira e escreveu esse artigo com exclusividade para o blog da Magnetis, compartilhando essa experiência.

 

Sempre associamos o dinheiro a algo negativo: avareza, escassez, ambição e por aí vai. Somos influenciados o tempo todo por aspectos culturais, sociais, religiosos e até mesmo políticos, e por isso a confusão se instala em nossa mente. Rico ou pobre, o fato é que poucos lindam com naturalidade quando o assunto é grana.

Mas o que fazer se é fundamental pensar nele e sobre ele? Minha receita é mudar o “mindset“. Juntar dinheiro é preciso, ponto! Mas você pode relacionar a aspectos mais positivos e motivadores, fazendo desta forma, valer a pena esperar por uma recompensa futura.

Quer ver só? Passe a juntar dinheiro não para uma emergência, mas sim para uma oportunidade: uma viagem com um amigo, um período sabático para atualizar sua qualificação profissional, ou até mesmo uma sociedade que possa pintar na sua frente. Você terá mais oportunidades na vida do que emergências, acredite.

O desafio

E foi pensando em associar a economia a algo divertido que convidei as seguidoras do Dinheiro com Atitude a aderirem ao Desafio do Closet. As regras, bastante simples, foram convertidas a mandamentos:

1. Não comprarás artigos de closet (roupas, acessórios, sapatos e bolsas) por 6 meses;
2. Não repetirás o look nesse período (valia repetir a roupa, mas não o look);
3. Convidarás as amigas para participar do desafio;
4. Anotarás tudo que deixar de gastar nesse período.

Imagine o que significa para uma mulher ficar seis meses sem comprar roupas e qualquer outro artigo de closet? DU-RE-ZA. Mas o barato do desafio foi associar a privação da compra a algo divertido e realmente desafiador. Além da abstinência de consumo total por seis meses, era preciso não repetir o look durante todo o período e estimular que as amigas mais próximas também aderissem ao desafio, sempre com caderno (ou aplicativo) à mão para tomar nota do que deixasse de gastar nesse período.

O resultado

O mandamento mais educativo para mim foi, sem dúvida, o segundo. As seguidoras descobriram o legal de olhar para si com criatividade e atenção. Passaram a ter muito mais cuidado com a aparência e zelo na escolha do figurino do trabalho, da ginástica e do fim de semana. Descobriram pérolas esquecidas dentro de seus closets.

Aprendi muito acompanhando pelo Instagram as diferentes fases das seguidoras. Elas saírem do estágio do “impossível”, passando pelo “até que dá, mas não é fácil”, “até que é divertido” e chegando no “realmente eu preciso de bem menos do que imaginava”.  Me surpreendi também com a adesão masculina. Muitos homens marcaram suas namoradas, irmãs, mães, esposas nos mandamentos do desafio e as policiavam para se manterem dentro da meta. E a cada dia ganhamos mais adeptos.

Passados seis meses do Desafio do Closet vejo que colaborei para que muitas mulheres (e alguns homens) aprendessem que o melhor lugar para fazer uma boa compra é no próprio armário, que se preocupar com o dinheiro não deve ser uma moda, mas sim um estilo de vida, e que é muito mais legal consumir menos e se produzir mais.

 


 

AAna Claudia Leonina Claudia Leoni é casada, mãe de dois filhos lindos e também filha! Trabalha há quase 20 anos no mercado financeiro e nos últimos 10 anos com Educação Financeira e qualificação de profissionais do mercado financeiro na Anbima.

É membro do Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF), conselheira da Associação Brasileira de Educação Financeira (AEFBrasil), Diretora do Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF), membro do Advisor Board do IFIE (International Forum for Investor Education) e Chairman do IFIE America’s Chapter. Formada em Comunicação Social pela Universidade Paulista e tenho MBA em Marketing de Serviços pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing).

É autora do blog Dinheiro com Atitude que nasceu da sua vontade de compartilhar todos esses anos de conhecimento adquirido com quem precisa colocar a vida financeira em ordem.

Blog: www.dinheirocomatitude.com.br
Instagram: @dinheiro_com_atitude