Como alcançar a prosperidade financeira: veja 7 passos essenciais!

por Malena Oliveira | 31/12/2018

prosperidade financeira

Alcançar a prosperidade financeira é o desejo de muitas pessoas. Porém, poucas são as que conseguem descobrir o segredo para enriquecer. É bem verdade que não existe uma fórmula milagrosa para ter dinheiro do dia para a noite. Mas há sim um método de geração de riqueza acessível para qualquer pessoa.

Chegar lá exige planejamento, esforço e disciplina. Essas práticas são muito poderosas para quem mantém o hábito de poupar. A partir daí, conquistar a independência financeira é apenas uma questão de tempo

E você? Também quer alcançar a prosperidade nas finanças? Confira, então, estes sete passos para atingir esse objetivo!

1. Monte o seu planejamento financeiro

O ato de planejar as finanças envolve tomar decisões antecipadas sobre determinado assunto. Quem realiza essa tarefa passa a ter um roteiro a seguir, de modo a evitar fugas da rota traçada. A vantagem do planejamento financeiro, então, é estabelecer destinos para o dinheiro sem sequer ter obtido a renda ainda.

Dessa maneira, a pessoa tem condições de pensar racionalmente e, com isso, evitar gastos por impulso. Uma forma de executar tal plano é por meio do orçamento doméstico, em que se listam as receitas e as despesas para, geralmente, o período de um mês. Na sequência, a pessoa distribui sua renda entre diversas categorias de despesa, como moradia, alimentação, transporte, saúde, educação, lazer etc.

Além disso, também é importante ter uma quantia reservada para emergências e outra para investir nos seus objetivos de longo prazo. Esses dois destinos das receitas são pilares fundamentais para chegar à prosperidade financeira.

2. Tenha objetivos claros

Em certa medida, ficar rico é algo simples. Quem tem objetivos claros pode chegar lá caso invista, desde cedo, a quantia necessária. O prazo maior aumenta muito as chances de você conquistar a independência financeira de modo mais rápido.

Quando uma pessoa sabe exatamente onde quer chegar, ela evita ao máximo as distrações no meio do caminho. Nesse sentido, note que a trajetória para ficar rico compreende o esforço para economizar e poupar, o que não é segredo para ninguém. Entretanto, colocar essa estratégia em prática é algo que requer disciplina constante.

Via de regra, a prosperidade financeira é adquirida no longo prazo. Por isso, é preciso manter-se focado nos seus propósitos, como juntar dinheiro para viver de renda, ter uma casa própria, garantir a educação dos filhos e assim por diante.

Perceba, então, que muitas vezes o maior inimigo de quem quer ficar rico é a própria pessoa. Ou seja, se a pessoa não consegue dominar os próprios impulsos, as chances de fracassar durante o caminho são maiores.

3. Defina metas de curto, médio e longo prazo

Uma maneira de não perder o foco durante a sua jornada de enriquecimento é dividir os objetivos em metas de curto, médio e longo prazo. Por exemplo, se alguém quer acumular R$ 50 mil em cinco anos, pode dividir essa meta por ano: juntar R$ 10 mil a cada doze meses.

Com isso, as conquistas pequenas passam a ficar mais claras e há um estímulo para continuar. Assim, você sentirá que está cada dia mais perto do seu objetivo e trabalhará com cada vez mais afinco para chegar à prosperidade financeira. Caso contrário, quando o objetivo é muito grande ou distante no tempo, é mais fácil perder a motivação, pois os avanços não são notados.

4. Evite o endividamento

Dívidas podem ser consideradas buracos no cofre do enriquecimento, por onde vazam as moedas de prosperidade financeira. Tenha em mente que o endividamento afasta você da conquista dos seus objetivos. Assim, antes de começar a investir para a formação de patrimônio, é indispensável que você quite todas as suas dívidas.

Os juros do cartão de crédito, do cheque especial e do financiamento são muito maiores do que o rendimento das aplicações financeiras. Então, antes de comprar , é recomendável que você já tenha quitado tudo o que deve, de modo a não atrapalhar seu caminho rumo à independência financeira.

A propósito, cuide-se para não cair no chamado efeito sanfona do endividamento. Da mesma forma que as pessoas emagrecem e engordam de tempos em tempos, uma pessoa que passa um longo período sem adquirir bens pode se sentir tentada a comprar mercadorias por acreditar que merece essa recompensa depois de um período de esforço. Entretanto, tal atitude geralmente é a porta de entrada para um novo endividamento.

5. Gaste menos do que você ganha

Viver um degrau abaixo do que a sua renda permite é uma estratégia eficiente para se chegar à riqueza. Por isso, planeje-se para realizar compras, aproveite descontos e consuma só o que de fato você precisa. Desse modo, você evita gastar mais do que ganha e comprometer a formação do seu patrimônio.

6. Desenvolva o hábito de poupar

A criação do hábito de poupar é fundamental na sua jornada de enriquecimento. Quem adquire a capacidade de sempre guardar parte do que ganha não só consegue manter o equilíbrio das finanças, como também acelera a formação de patrimônio, já que pode investir com mais frequência.

7. Compre ativos que gerem renda

Desde já, saiba que adquirir casa ou veículo não é sinônimo de investimento, mas sim de despesas. Ao contrário, um verdadeiro ativo vai gerar renda no futuro, como títulos de renda fixa, aluguéis de imóveis, rendimento de ações de empresas etc.

Tenha em mente, porém, que você deve buscar sempre o melhor investimento para cada objetivo. Logo, uma aplicação adequada para a reserva de emergência possivelmente não será recomendada para guardar dinheiro para a aposentadoria.

Lembre-se também de que quanto mais ativos você adquirir, mais geradores de riqueza você terá. No caso das aplicações de renda fixa, além dos aportes mensais, o tempo pode ser crucial para acelerar a construção de patrimônio, graças ao efeito dos juros compostos. Por isso, quanto antes você começar a fazer investimentos, melhor.

Como você pôde notar, o caminho para buscar a prosperidade financeira não é muito complicado, basta poupar e investir. Entretanto, para colocar isso em prática, é preciso manter o foco em economizar e fazer aplicações financeiras de forma recorrente. Gostou das dicas? Se você quer receber mais conteúdo para melhorar a sua vida financeira, cadastre-se em nossa newsletter e não perca as próximas novidades!

Luciano

Malena Oliveira é jornalista especializada em Finanças Pessoais e redatora na Magnetis.

Avaliar o post