Quanto custa investir com a Magnetis (e por que os benefícios são maiores)

por Luciano Tavares, CFP® | 31/08/2018

quanto-custa-investir-com-a-magnetis

“Quanto custa?” é a primeira pergunta que você faz quando vai comprar alguma coisa, certo? E você sabe que é necessário ficar atento a esse custo para aproveitar as melhores oportunidades de ter o que você precisa por um preço que você pode pagar.

Com os investimentos, funciona do mesmo jeito. Eles também têm um custo, ainda que muitos bancos e corretoras disfarcem isso oferecendo taxa zero nas aplicações. 

Aqui na Magnetis, o nosso principal objetivo é guiar você no mundo das aplicações financeiras, tornando o ato de investir mais simples e sem pegadinha. Por isso, é nossa missão deixar sempre claro o quanto você paga pelo nosso serviço. 

custo médio total de investir com a Magnetis é de 0,59% ao ano sobre o valor total aplicado. Isso significa que a cada R$ 100 investidos, você paga em média R$ 0,59 por ano pelo nosso trabalho.

Quanto custa investir com a Magnetis? Explicado os cálculos

O principal diferencial de todas as Carteiras Magnetis é a diversificação dos investimentos.

Elas oferecem, a partir de uma aplicação de R$ 1 mil, vários tipos de investimentos que se complementam para proporcionar a melhor rentabilidade, com o menor risco e o menor custo para você.

Dependendo do nível de risco da sua carteira, ela pode ter ou não determinados ativos, como investimentos de renda variável, por exemplo (veja aqui os ativos que formam cada Carteira Magnetis).

É por isso que falamos em custo médio: ele pode mudar um pouco dependendo dos ativos que estão na carteira. A tabela a seguir mostra o custo mínimo e máximo de cada carteira:

quanto custa investir com a magnetis

O que é a taxa Magnetis?

A taxa Magnetis é a remuneração pelo nosso trabalho de montar e acompanhar a sua carteira de investimentos de acordo com o seu perfil e os seus objetivos. Ela inclui os seguintes serviços:

  • compra dos ativos do plano de investimentos que você simula grátis em nosso site;
  • monitoramento constante da sua carteira;
  • acesso ao seu Painel de Controle, via computador ou aplicativo;
  • rebalanceamento automático da sua carteira para adequação ao seu perfil de risco;
  • cálculo automático dos valores necessários para investir dentro do limite de cobertura do FGC;
  • renovação automática dos seus investimentos em títulos de renda fixa;
  • suporte do time de consultoria por e-mail e chat.
Qual é a taxa de consultoria Magnetis?

A taxa Magnetis incide sobre o valor total dos recursos investidos, capital e rendimentos. Ela é cobrada da seguinte forma:

  • quando o cliente faz a sua aplicação inicial;
  • a cada seis meses após essa data.

Se você não tiver dinheiro disponível em sua conta na ocasião da cobrança, sem problemas! O valor só será debitado em caso de algum resgate ou vencimento de aplicação financeira. Jamais resgataremos seus investimentos para recolher a taxa Magnetis.

Como funciona a isenção da taxa Magnetis nos primeiros R$ 5 mil investidos?

Como mencionamos no início deste post, todos os clientes Magnetis, novos e antigos, possuem isenção da taxa Magnetis nos primeiros R$ 5 mil aplicados conosco.

Assim, se você tem uma carteira de R$ 15 mil, pagará a taxa Magnetis apenas sobre R$ 10 mil. Essa isenção vale para cobranças de taxa realizadas a partir de 29 de junho de 2018, sem efeito retroativo.

Por que custo baixo é importante?

Custo é uma das poucas variáveis sobre as quais você pode ter 100% de controle no mundo dos investimentos.

Se investimos em qualquer aplicação financeira, não sabemos de antemão sua rentabilidade futura, a não ser que seja um investimento pré-fixado. Mas conseguimos saber exatamente quanto vamos pagar nas taxas sobre esse investimento.

Por esse motivo, custo baixo é muito importante! Ele permite que a sua carteira tenha uma rentabilidade líquida melhor no longo prazo (veja o efeito prático de se gastar 0,5%, 1,5% ou 2,5% ao ano com taxas).

Vale deixar claro que custos são diferentes dos impostos. Os impostos incidem sobre o quanto o investimento render e as regras são padronizadas, independentemente se você investir via Magnetis, diretamente na corretora ou em bancos (saiba mais sobre impostos).

A Magnetis tem os menores custos

Nós sabemos que um dos desafios do legado de custos escondidos na indústria dos investimentos é que, ao tentar ser transparente, muitas vezes você acaba sendo visto como mais caro – apesar de não ser!

Pensando nisso, fizemos um estudo e comparamos a Magnetis com os bancos e corretoras.

Preparei essa tabela comparativa entre benefícios e custo total médio para investir em uma carteira de R$ 100 mil diversificada entre renda fixa, fundos de curto prazo e ações.

No caso da Magnetis, usamos a Carteira Magnetis 3 (a mais pedida por nossos clientes). Ela é composta por 66% de ativos de renda fixa, 14% de fundos multimercado e 20% de ações).

Quanto custa investir com a Magnetis? Comparação

Em um estudo que fizemos em junho de 2016 sobre esse tema, levantamos uma base de dados de 530 tipos de investimento.

Na análise, consideramos fundos de investimento (curto prazo, renda fixa, multimercados, ações e ETFs) e títulos privados (CDBs) que estavam sendo vendidos pelos cinco maiores bancos e duas grandes corretoras na época.

A partir dessa base de dados, simulamos os custos para investir em carteiras com a mesma estrutura das indicadas pela Magnetis, só que nos bancos e nas corretoras.

Na média de todos os valores e perfis de risco, investir com a Magnetis é 56% mais barato do que a média dos bancos e 8% mais barato do que nas corretoras.

Custo total médio Magnetis, bancos e corretoras

Esse resultado acontece pois o nosso algoritmo é otimizado para sempre escolher as aplicações financeiras com os menores custos, ou seja, que têm a melhor rentabilidade líquida.

Como a taxa Magnetis é a nossa única fonte de receita, você tem a tranquilidade de saber que estaremos sempre ao seu lado e de que o custo total dos seus investimentos será o menor para o seu perfil.

Nos bancos e corretoras há o risco deles te empurrarem os produtos mais caros, já que eles ganham dinheiro por meio de comissões escondidas (saiba mais sobre conflito de interesses).

O nosso estudo apurou que o custo máximo para investir por meio dos bancos é 4,18% ao ano e nas corretoras pode chegar a 2,21% ao ano. 

Os melhores investimentos para você!

Investir pode parecer complicado à primeira vista, mas com disciplina e um pouco de conhecimento, qualquer pessoa pode atingir seus objetivos financeiros com tranquilidade.

Sabemos que dar o primeiro passo não é fácil e pode demandar algumas escolhas difíceis, como abrir mão de alguns gastos hoje para investir em algo que você conquistará no futuro.

Nós da Magnetis estamos aqui para ajudar você nessa jornada. Somos especialistas que auxiliam você a fazer as melhores escolhas para o seu momento de vida, sempre respeitando o seu perfil de risco e colocando em primeiro lugar as metas que você quer alcançar.

Por isso, buscamos sempre a transparência em nossa relação com você. Se restou mais alguma dúvida sobre os custos das nossas carteiras ou qualquer outro tópico, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco. 

E caso você ainda não seja cliente Magnetis, que tal montar hoje mesmo o seu plano de investimentos? É grátis e leva apenas alguns minutos!

Luciano

Luciano Tavares é fundador e CEO da Magnetis. Administrador de carteiras credenciado pela CVM e planejador financeiro CFP ®, tem mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro.

*Post originalmente publicado em junho de 2016

Quanto custa investir com a Magnetis (e por que os benefícios são maiores)
5 (100%) 2 vote[s]