Qual é o rendimento do CDB?

por Mariana Congo

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um tipo de investimento de renda fixa e perfil conservador. A rentabilidade varia de acordo com o tipo de título escolhido e com o banco emissor, sendo que, em bancos grandes, a rentabilidade é pior que nos bancos médios.

Há diferentes títulos com diversos vencimentos e formas de remuneração. Normalmente, quanto maior a duração da aplicação, maior o rendimento CDB. Como é provável que você já saiba o que é CDB, a seguir exploraremos mais acerca das possibilidades de rentabilidade desse popular investimento em renda fixa.

Rentabilidade do CDB?

Como introduzimos, o rendimento do CDB dependerá das características do título. Alguns tipos prefixados, por exemplo, só possibilitam o resgate no dia do vencimento, enquanto outros títulos permitem o resgate em qualquer período, ou seja, têm maior liquidez, por vezes até diária.

Na ocasião do resgate ou vencimento do CDB, o Imposto de Renda (IR) será deduzido do valor do rendimento acumulado pelo CDB naquele período. De forma geral, a alíquota do IR varia de acordo com o tempo de investimento, sendo inversamente proporcional a ele, ou seja, quanto maior o tempo com o título, menor será a alíquota aplicada. Já o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), é cobrado somente nos casos de títulos resgatados em um curto período (de até 30 dias).

Dada a influência de um número considerável de variáveis, existem ferramentas que facilitam o trabalho de simular o investimento no CDB, privilegiando o tipo mais comum, que é o pós-fixado. Para estimar o quanto seu investimento irá render, é necessário estipular quanto tempo o valor permanecerá investido e incluir a variação percentual equivalente à remuneração do título escolhido e outros dados.

O tipo mais comum de CDB pós-fixado está associado à variação do CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Para quem não está familiarizado com esse termo, trata-se de uma taxa que reflete os juros médios dos empréstimos feitos de uma instituição financeira para outra por meio de títulos.

Como é o cálculo da aplicação CDB?

Para calcular o rendimento de uma aplicação em CDB, muitas vezes é utilizada como referência a taxa corrente do CDI, que equivale por sua vez à média dos juros cobrados nos empréstimos entre bancos em determinado dia.

Uma vez que não se trata de um valor fixo, a simulação dos rendimentos de uma aplicação pós-fixada pode não ser exata, mas é suficiente para dar uma noção ao investidor do quanto esperar, já que esses títulos geralmente estipulam uma remuneração que equivale a um percentual do CDI (como 115%, por exemplo, ou seja, 15% acima da variação média deste índice verificada no período).

Para os investidores que estão aplicando para atingir um objetivo em médio ou longo prazos, os CDBs com vencimento mais longo (acima de 2 anos) são mais interessantes pois o Imposto de Renda é menor e a rentabilidade oferecida é melhor. Já para quem precisa de dinheiro no curto prazo, como para acumular uma reserva de emergência, é possível encontrar CDB com vencimento em prazos menores e liquidez diária (ou seja, você pode sacar o dinheiro a qualquer momento). Em contrapartida, a rentabilidade oferecida será menor.

Todo perfil de investidor pode se beneficiar de um CDB. Para um perfil mais conservador o CDB é bastante interessante, dadas as suas características de ser mais rentável a longo prazo e, no casos dos bancos médios, a rentabilidade ficar bem acima do CDI. Para quem tem um perfil mais agressivo e prefere aplicar no mercado de ações, o CDB pode ser usado como um investimento para compor uma reserva de emergência.

Quais são as taxas do CDB?

Ativos de renda fixa como CDBs têm o IR retido na fonte pela instituição intermediária. Ou seja, no vencimento do título, ao solicitar o resgate ou receber pagamentos periódicos de cupons de juros, o cliente já recebe o valor líquido de imposto. A alíquota devida é determinada pela tabela regressiva do Imposto de Renda, que varia conforme o prazo do investimento:

O Imposto de Renda sobre os lucros varia de acordo com o prazo aplicado.

  • Até 180 dias é cobrado 22,5% sobre o lucro do investimento.

  • De 181 dias até 360 dias é cobrado 20% sobre o lucro.

  • De 361 dias até 720 dias é cobrado 17,5% sobre o lucro.

  • De 721 dias em diante é cobrado 15% sobre o lucro.


CDB e os bancos 

Pelo fato dos títulos de Certificado de Depósito Bancário serem emitidos individualmente por cada banco, o rendimento também irá variar de título para título e de banco para banco. Logo, em um mesmo banco poderão existir CDBs com rendimentos distintos.

​Também é possível, na maioria dos casos, realizar uma simulação de rendimento a partir de ferramentas (calculadora CDB) disponibilizadas nos sites das próprias instituições financeiras. A seguir, selecionamos algumas informações pertinentes sobre rentabilidade dos títulos emitidos pelas principais instituições financeiras:

Rendimento CDB Bradesco

O site do Banco Bradesco não informa exatamente qual taxa prefixada nem qual percentual do CDI que baseia a remuneração das suas modalidades de CDB. A negociação da rentabilidade deve ser feita diretamente com o gerente da conta.

A rentabilidade proposta varia de acordo com o perfil e relacionamento do correntista com o Bradesco. Ou seja, de forma mais clara: quanto maior for a sua disponibilidade de recursos e quanto maiores forem as aplicações que você já possui no Bradesco, maiores serão as chances de conseguir uma boa rentabilidade.

Rendimento CDB Caixa

As três opções de rentabilidade dos CDBs da Caixa são:

  • CDB prefixado da Caixa: é possível conhecer a taxa de rentabilidade antes mesmo de investir seu dinheiro, mas não é possível resgatá-lo antecipadamente. Nesse caso, é de 12,7% ao ano;
  • CDB Flex da Caixa: como o próprio nome diz, é uma combinação de renda fixa e juros flutuantes. A rentabilidade é calculada no vencimento ou no resgate antecipado, por meio da porcentagem de 94,0% do CDI,
  • CDB Caixa Progressivo: é bastante simples, pois quanto maior o tempo de investimento, maior a rentabilidade. Ideal para pessoas físicas e jurídicas, com rentabilidade de 96,0% do CDI.

Rendimento CDB Santander

O Santander oferece a seus clientes cinco opções para investimento em CDB, a saber:

  • CDB Prefixado Santander, como o próprio nome indica é uma aplicação com rentabilidade prefixada, na qual a rentabilidade é definida no momento do investimento e não varia com o tempo.

  • CDB DI Santander: apresenta rentabilidade pós-fixada e atrelada ao CDI.

  • CDB Recompensa Santander: rentabilidade pós-fixada (CDI) e progressiva com o tempo.

  • CDB Recompensa Fácil Santander: rentabilidade pós-fixada (CDI) e progressiva com o tempo.

  • CDB Recompensa Mais Santander: rentabilidade pós-fixada (CDI) e progressiva com o tempo.

O site do Banco Santander não apresenta as informações sobre as rentabilidades de cada uma das opções de CDB.

Rendimento CDB Banco do Brasil

Cada modalidade de CDB oferecido pelo BB possui prazo diferente. O banco disponibiliza, em seu site, uma tabela de rentabilidade com as informações específicas, o investidor pode acessá-la através do seguinte caminho: site BB -> Investimentos e Futuro -> Investimentos -> CDB -> Rentabilidade dos CDB Banco do Brasil.

As remunerações dos títulos variam de acordo com o valor aplicado e o prazo de investimento. O vencimento é definido na contratação do investimento. Quanto ao valor mínimo para aplicação em CDB é diferente para cada modalidade:

BB EXTRAPOUPER$ 200,00
BB CDB DIR$ 500,00
BB CDB PRÉR$ 500,00
BB CDB DI SWAPR$ 1.000,00
CDB PREFIXADO COM SWAPR$ 500.000,00

Rendimento CDB Banco itaú

Atrelada a um percentual CDI, a rentabilidade do CDB Itaú é definida no instante da aplicação. Segundo informações disponíveis no site do banco, esse rendimento é progressivo e admite novas taxas que valem para todo o período retroativo quando o investidor mantém o valor aplicado.

O acesso às informações atualizadas e específicas sobre os tipos de CDB ofertados pelo banco podem ser consultadas por meio da tabela de Índices de Rentabilidade de Investimentos.

Qual é o banco com melhor rendimento do CDB?

Como já dito anteriormente, os bancos menores possuem, de maneira geral, mais vantagens perante bancos maiores. A aplicação em CDB também vai ser influenciada pelo valor mínimo a ser investido, o prazo para resgate e o perfil do investidor.

Com isso, o ideal é realizar uma pesquisa de investimento para avaliar qual é o melhor banco e, nele, qual é o CDB mais adequado para te ajudar na realização dos seus objetivos. Vale lembrar que para investir em CDBs de bancos menores você pode abrir uma conta uma corretora de valores, que oferece CDBs de diversos emissores em um só lugar.

Restou alguma dúvida sobre o rendimento do CDB? Então, entre em contato com nossa equipe. A Magnetis pode ajudá-lo a encontrar as melhores opções de títulos para o seu perfil de risco, ao sugerir uma seleção diversificada de investimentos customizada para você.

Mariana Congo é Gerente de Conteúdo da Magnetis e jornalista especializada em finanças pessoais.

Assine a Newsletter Magnetis e saiba tudo sobre finanças pessoais

Avaliar o post