Reserva de emergência: entenda por que ela é importante

por Débora Duarte | 14/12/2017

Reserva de emergência: entenda por que ela é importante

Falando sobre finanças pessoais, você já deve ter escutado o termo “reserva de emergência”. Como o próprio nome já diz, é uma expressão usada para se referir a um dinheiro que pode ser utilizado a qualquer momento (em uma emergência).

Se acontecer qualquer coisa que não era esperada, você tem aquela quantia lá, pronta e disponível para ser usada. É uma maneira muito bacana de você ter um pouco mais de tranquilidade na sua vida financeira.

Infelizmente, os brasileiros não têm a cultura de cuidar do seu próprio dinheiro. Em muitos casos, quando chega o final do mês, não sobra nada na conta (ou até mesmo falta!). Muita gente pode ler sobre reserva de emergência e pensar que isso é um sonho inalcançável. Mas não é! Ter o controle sob as suas finanças é muito mais simples do que você imagina e, dessa forma, investir pode ficar muito mais fácil.

O valor da reserva de emergência é algo muito pessoal. Se você corre o risco de perder seu emprego, talvez possa planejar e guardar o correspondente a seis meses de salários. Já se é aposentado e pode precisar ajudar um de seus filhos, a quantidade será outra... É a pessoa que define quanto precisa ter guardado para ter uma segurança maior - ou seja, varia muito de caso a caso!

Se você já tem um dinheirinho guardado e já é um investidor, ótimo! Criar uma reserva adequada para o seu perfil e poder viver com mais tranquilidade está perto da sua realidade.

Caso esteja começando a pensar nisso agora, vale lembrar que é necessário ter determinação e paciência. Por exemplo, seu salário é de R$ 3 mil e você acha que a sua reserva de emergência ideal seria de quatro salários, ou seja, R$ 12 mil. Infelizmente, esse dinheiro não vai surgir do nada ou em um mês. Você vai precisar de foco para ir poupando aos poucos e, no final, alcançar o objetivo.

Como você já percebeu, ter uma a reserva de emergência é extremamente importante por diversos motivos. No infográfico a seguir, eu e o Bernardo Pascowitch, fundador e CEO do Yubb, resumimos os principais motivos pelos quais é ideal ter uma reserva de emergência. Além disso, detalhamos cada um deles na sequência. Vem com a gente!​

INFOGRÁGICO: Reserva de emergência

1. Salva com os imprevistos

Como dissemos, o objetivo da reserva é te preparar para uma emergência. Sabe aquele imprevisto que te deixa sem saber o que fazer? É isso! Exemplos do que pode ser uma emergência: perder o emprego, uma doença com tratamento muito caro, parente passando por necessidade, consertar o carro.

Esse tipo de “surpresa” pode ser bastante desesperadora se a sua vida financeira não estiver bem planejada. Você pode até acabar se afundando em dívidas caso não tenha esse dinheiro sobrando - e ninguém quer ter dívidas!

Planejar a vida financeira não é só pensar nas rendas e receitas fixas. Muito menos pensar só nos objetivos bons! A vida também é feita de momentos inesperados que, nem sempre, são positivos. Ter um dinheirinho guardado para essas emergências é essencial para viver mais tranquilamente.

Vale lembrar que emergência não é satisfazer a um desejo, hein. Se o seu carro quebrou e você precisa dele para trabalhar, pode usar a sua reserva. Mas, se você viu um carro bacana no anúncio e ficou com vontade de comprar, não use a reserva!!! É muito importante entender que, para realizar seus sonhos e objetivos, você precisa juntar uma outra quantia e não sair usando o dinheiro que era para emergências.

2. Ajuda a poupar

Poupar dinheiro não é fácil, né? Quando você está começando a guardar, surge aquela vontade de gastar com alguma besteira.

Como dissemos lá em cima, para criar a sua reserva é preciso ter paciência. Troque o restaurante por comida em casa, vá de transporte público ao invés de táxi, compre remédios genéricos… São muitas opções que podem parecer pequenas mas que, no fim do mês, fazem muita diferença.

A reserva de emergência vai te ajudar a poupar dinheiro e ver os seus gastos com outros olhos. Depois de ter separado a sua reserva, pode ter certeza de que você vai passar a dar mais valor para o seu dinheiro e a vai ter aprendido a poupar muito mais do que antes.

3. É o primeiro passo para começar a investir

Vamos ao que interessa: reserva de emergência tem tudo a ver com os investimentos! Se você está começando a investir agora, ter uma quantia reservada para imprevistos é, sem dúvidas, o primeiro passo para começar.

Isso porque é essencial que você tenha um “respiro” na hora de investir, principalmente se você é iniciante! Quando se está começando, tudo é motivo de insegurança e se você tiver dinheiro guardado para emergências, fica muuuito mais tranquilo na hora de investir.

Se você já é investidor, também é super importante pelo mesmo motivo. É uma forma de você poder investir o seu dinheiro em qualquer tipo de aplicação sem ficar com aquele medo de “E se eu perder tudo?” ou “E se acontecer uma emergência e eu precisar desse recurso?”. Como sua reserva está ali, quietinha, é muito mais gostoso e seguro investir.

Aliás, a própria reserva de emergência deve ser investida. É o que vamos ver no próximo item =)

4. Traz uma renda extra

Como você já viu, ter uma reserva de emergência é o primeiro passo para começar a investir. Mas onde deixar esse dinheiro?

Deixar o dinheiro parado na conta-corrente, embaixo do colchão e até mesmo na poupança podem ser formas de guardar essa reserva. Mas isso não é uma boa, né! Existem investimentos seguros e que possuem liquidez diária, ou seja, você pode resgatar quando quiser.

Ter um dinheirinho guardado para emergências e ainda fazer esse dinheiro render? Não existe coisa melhor! Depois de separar a sua reserva, você pode usar o buscador de investimentos do Yubb para encontrar uma aplicação. Ele permite que você filtre por valores e por quanto tempo você quer guardar. No caso de uma reserva de emergência, basta selecionar o filtro do lado esquerdo “liquidez diária” e selecionar um bom investimento para rentabilizar sua reserva de emergência.

Dessa forma, o seu dinheiro estará sempre rendendo e ainda disponível para quando você quiser retirar.

5. Ajuda na hora de investir

Você decidiu começar a investir, definiu quanto seria necessário para criar a sua reserva de emergência, poupou, criou a reserva, investiu a reserva para o dinheiro não ficar parado, continuou poupando, continuou investindo. Olha que ciclo incrível!

A reserva de emergência ajudou você a controlar melhor o seu dinheiro e ainda auxiliou na escolha dos seus investimentos. Agora você possui muito mais conhecimento e experiência para continuar investindo e alcançar seus objetivos.

Por exemplo, você encontrou um LCI com boa rentabilidade e quer investir R$ 5 mil. Em LCA e LCI, só é possível retirar o dinheiro no prazo de vencimento (liquidez no vencimento). Se você já possui a sua reserva de emergência, pode investir com tranquilidade. Se você não possui, provavelmente vai acabar desistindo de investir.

A reserva de emergência te ajuda muito para sempre conseguir a melhor rentabilidade nos investimentos!

Agora ​que você já entendeu a importância da reserva de emergência, o que está esperando para criar a sua e começar a investir? =)

Débora Duarte, do Yubb

Débora Duarte é produtora de conteúdo do buscador de investimentos Yubb. É formada em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Reserva de emergência: entenda por que ela é importante
5 (100%) 1 vote[s]