Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Os desafios da retenção de talentos e como superá-los

As pessoas são os principais ativos de qualquer organização. Quanto mais eficientes, engajados e qualificados forem os colaboradores, melhores serão os resultados. Hoje em dia, vale a pena prezar a retenção de talentos que demonstram boas habilidades e muitas capacitações. Isso é tão – ou mais – importante quanto fazer uma boa contratação.

Contudo, nem sempre é fácil oferecer condições de trabalho e salário superiores às da concorrência. Para evitar surpresas, vale a pena investir diariamente na satisfação e na evolução dos seus colaboradores

Aqui, selecionamos informações importantes sobre o assunto. Continue a leitura para entender como melhorar a retenção de talentos e otimizar seus recursos. Confira!

Por que é importante reter talentos na empresa?

Por mais automatizada que seja a sua empresa, é praticamente impossível pensar em um negócio que não dependa da atividade direta de pessoas. São elas que tomam as decisões mais relevantes e fazem com que o negócio caminhe nos trilhos.

Afinal, quando o cliente chega à sua empresa, tem que lidar diretamente com os colaboradores. É deles que os clientes esperam respostas e soluções para suas necessidades. 

Isso significa que os colaboradores são o reflexo da cultura da sua organização. As atitudes dos profissionais demonstram a maneira como a sua marca se relaciona com o mundo. E esse é o maior diferencial que a sua empresa pode ter.

Além disso, todas as vezes que você perde um talento, precisa gastar tempo e recursos para encontrar outro. Após o processo, o novo colaborador passa por uma curva de aprendizado e só irá performar em plenitude a partir do quarto ou sexto mês de trabalho.

E lembrando sempre que não necessariamente, esse novo profissional irá se ajustar à cultura e aos padrões da sua organização. O que pode levar o setor de RH a voltar a procurar um colaborador adequado.

Por isso, acaba sendo muito mais vantajoso investir em estratégias para que essas pessoas vistam a camisa do negócio e permaneçam satisfeitas com suas funções no time.

Prestar atenção nisso vai garantir que você reduza seus custos com processos seletivos e proporcione experiências melhores aos clientes. Além disso, vai consolidar sua reputação no mercado, gerar um melhor aproveitamento dos programas de capacitação e muitos outros benefícios.

Vale a pena, não é mesmo?

Quais são os desafios atuais para a retenção de talentos na empresa?

Por mais que você reconheça a importância da retenção de talentos, montar um time eficiente e engajado não é um trabalho tão simples. É preciso encontrar as pessoas certas e fazer com que o time funcione bem. 

Agora, imagine ter todo esse trabalho e precisar recomeçar o processo toda vez que alguém decide aceitar uma proposta melhor em outra organização? É exaustivo e contraproducente, certo?

Engana-se quem pensa que basta oferecer um aumento de salário para manter os colaboradores engajados. O maior desafio dos gestores na atualidade é lidar com uma juventude apressada e pouco resiliente.

A geração atual, os chamados Milleniuns, já são a maior parte da força de trabalho nos Estados Unidos, segundo a PwC. E eles priorizam o bem-estar, a qualidade de vida, a autonomia e a realização profissional. Essas pessoas querem trabalhar em locais com valores semelhantes aos seus. Além disso, desejam ter prazer na sua atuação, além de progressões bem-determinadas na carreira.

Logo, encontrar os meios de nutrir a motivação dessas pessoas exige um trabalho diário. Quando você consegue promover a valorização dos colaboradores como um todo, pode ter certeza de que os resultados compensam o esforço!

Quais ações contribuem para a retenção de talentos?

Existem muitas ações que podem ser realizadas visando a retenção de talentos. Tudo vai depender do seu tipo de negócio e do perfil da sua equipe. Mas, com exceção das eventuais peculiaridades, há algumas estratégias que costumam funcionar bem em qualquer segmento. É sobre elas que vamos comentar a seguir!

Promova um clima organizacional mais positivo

Cada vez mais as pessoas têm a consciência de que passam a maior parte do seu dia no trabalho. Por essa mesma razão, valorizam muito um clima organizacional positivo e colaborativo. Para ganhar pontos nesse aspecto, o ambiente de trabalho deve ser tranquilo, leve e amigável.

Medidas simples melhoram bastante o clima na sua empresa, como celebrar conquistas e metas atingidas, e realizar confraternizações. Além disso, é possível apostar em atividades de lazer e investir em uma cultura de feedbacks para melhorar a comunicação interna.

Mantenha uma comunicação transparente

A comunicação é um ponto fundamental para diminuir o turnover na empresa e favorecer a retenção de talentos. Os colaboradores precisam saber com clareza o que a instituição espera e os pontos de erros e acertos. Para isso, a cultura de feedbacks é um excelente recurso.

Ela contribui para eliminar rumores e deixar o indivíduo sempre a par da sua relevância para a instituição. Além disso, metas e atividades devem ser descritas e delegadas com muita objetividade.

Vale ressaltar que os feedbacks negativos devem ser oferecidos sempre com discrição e respeito. Evite levantar todos os erros anteriores do colaborador: quanto mais pontual você for, melhor!

Essas atitudes podem evitar frustrações e inseguranças, que criam um clima de tensão. Dessa forma, o colaborador sabe o que precisa fazer para alcançar seus objetivos dentro da organização — seja ela uma bonificação ou uma promoção no longo prazo.

Crie planos de carreira

O plano de carreira é basicamente um programa que determina o que um colaborador precisa fazer para progredir na organização. Isso inclui metas a serem cumpridas, tempo de serviço, grupo de competências e muitos outros critérios.

Essa proposta é muito importante porque os colaboradores atuais não desejam passar a vida inteira realizando as mesmas funções. A maioria sonha com promoções a cada dois ou três anos, além da obtenção de mais benefícios.

Quando você cria um plano de carreira objetivo e preciso, o colaborador tem os subsídios necessários para correr atrás das suas metas pessoais. Isso acaba gerando uma ambição positiva que impulsiona a produtividade e o planejamento de longo prazo com uma empresa.

Ofereça benefícios realmente atrativos

Foi-se o tempo em que bastava um bom salário para a atrair talentos e retê-los. Hoje em dia, as pessoas buscam os melhores benefícios possíveis. Isso quer dizer que planos de saúde, passes para academias e o acesso a clubes privados podem chamar a atenção dos profissionais. 

Outros bons exemplos são o auxílio para cursos, previdência privada e cursos de educação financeira. Assim, é possível ajudar o colaborador a encontrar seu perfil financeiro e a gestão pessoal ideal para ele.

Faça uma pesquisa entre a sua equipe para entender o que esses profissionais mais buscam em uma empresa. A partir daí, crie um bom pacote de benefícios.

Trabalhar a retenção de talentos é um dos grandes desafios dos gestores e profissionais de Recursos Humanos. A boa notícia é que existem empresas especializadas em consultoria e aprimoramento dessa atividade, para que você tenha sempre os melhores resultados na sua organização!

Gostou das sugestões e quer saber de mais ideias para melhorar a qualidade de vida da sua equipe? Aproveite e veja também como ajudar seus colaboradores a saírem das dívidas!