Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

O que é scalping? Vale a pena usar essa estratégia?

Você sabe o que é scalping? Hoje vamos falar sobre esse importante conceito da Bolsa de Valores. Primeiramente, vamos diferenciar scalping de scalper.

Scalper é um termo que se refere a quem usa as ferramentas de scalping, enquanto scalping refere-se à ação de análise propriamente dita.

No mundo dos investimentos, é importante nos familiarizarmos com os mais diferentes termos e conceitos.

Como se trata de um ambiente em que todo cuidado é pouco, um conhecimento aprofundado tende a ajudar na hora de tomar decisões, evitando os riscos de perdas.

Neste artigo, mostraremos o que é scalping e como essa estratégia deve ser usada. Leia e fique por dentro!

O que é scalping?

Considere que existe o book da ação, que consiste no livro de ofertas de compra e venda. É possível efetuar transações por meio dele.

O book tem gráficos que representam o fluxo das ações, e a finalidade do scalping é ganhar dinheiro no prazo mais curto possível, aproveitando as tendências do mercado.

Assim, o scalping se torna uma ferramenta poderosa para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores, com a compra e a venda de ações.

É uma técnica que requer muito conhecimento, estudo e prática. Embora a recomendação usual seja comprar na baixa e vender durante a alta das ações, é necessário ir além disso.

Scalper trader × day trader

As duas operações, day trading e scalping, são realizadas por um trader profissional.

O scalper trader é o profissional que investe em estratégias ousadas para ganhar dinheiro em períodos curtos, ou seja, ele aplica estratégias mais incisivas que as do day trader.

Como o objetivo do day trader também é ganhar dinheiro em curto prazo, ou seja, durante o prazo de um dia, as pessoas podem confundir um profissional com o outro.

Ambos operam em períodos curtos, por isso fica a dúvida sobre como é possível ganhar muito dinheiro. Na verdade, os retornos são baixos, mas a lucratividade resulta do volume alto de pequenos ganhos.

O day trader e o scalper trader são os profissionais do mercado de ações que operam com estratégias de maior liquidez.

No caso do day trader, ele busca ganhos aproveitando a variação de preços das ações durante o dia, comprando e vendendo conforme o humor do mercado. Não se continua a operação no outro dia. A margem de retorno varia de 1% a 5%.

O scalper, por sua vez, opera geralmente em um período mais curto, chamado superintradiário. São operações de curtíssimo prazo, em que o tempo de compra e venda da ação, ou mudança de posição, é menos de um minuto.

Vale a pena fazer scalping?

Entendendo o que é scalping, fica a pergunta: vale ou não a pena usar essa estratégia?

Entre as vantagens, podemos citar:

  • as centenas de oportunidades para ganhar dinheiro diversas vezes ao dia;
  • as perdas pequenas e programadas;
  • a inexistência do overnight, ou seja, o risco de ficar com uma posição aberta do dia para a noite;
  • o aproveitamento das principais sessões das mais importantes bolsas de valores do mundo, como Nova Iorque e Londres.

Entre as desvantagens, temos:

  • o aumento do estresse emocional e ansiedade;
  • a pressão psicológica;
  • o tempo de reação deve ser rápido;
  • o pagamento por spread, dependendo do par, pode ser muito elevado — ou seja, as comissões dos corretores tendem a ser altas;
  • é preciso ficar mais tempo diante do gráfico, monitorando o par ou os pares que serão operados.

Como operar com scalping?

Agora que você já sabe quais são as vantagens e desvantagens dessa estratégia, é hora de aprender a usá-la. Para operar com scalping, é necessário contar com ferramentas para ler, interpretar, analisar os mercados. Conheça algumas opções a seguir.

O tape reading

O tape reading (o nome e as representações) deriva de máquinas dos pregões do século XX.

Antes, as cotações e negócios efetuados na Bolsa de Valores recebiam impressão em fitas, sendo lidas pelos operadores. Com a ajuda dessas fitas, podia-se compreender todos os processos do pregão.

O fluxo de ordem de compra e venda do mercado estava nas fitas, com seus códigos e numerações. A leitura era feita com a voz do operador entregando os momentos mais intensos.

Com as telas modernas dos computadores, o fluxo de ordens é apresentado na tela em colunas, com a leitura feita em sequência. Mas, como sem operador não há a voz de um guia, é fundamental ler da forma certa o fluxo de ordens.

As análises

Existem basicamente dois tipos de análises: a análise técnica e a análise fundamentalista de ações. Veja a seguir o que são elas.

A análise técnica de ações

Essa análise considera os gráficos, por isso é chamada também de análise gráfica. Ela ajuda a identificar as tendências.

Considerando o que é scalping, percebemos que as operações só terão sucesso se a movimentação do fluxo de compra e venda for bem interpretada. Trata-se de um trabalho mais adequado para o analista que para o operador.

O operador entra em cena quando o scalper penetra no mercado, enquanto o lado analítico tem como finalidade prever tendências (LTA e LTB), tempos gráficos, topos e fundos.

Na análise técnica, vale a pena compreender conceitos, como o de fractais no mercado de ações, proposto por Benoît Mandelbrot.

Os fractais são conjuntos pequenos de formas geométricas que se repetem em um grande volume de informações, podendo ser fundamentais para visualizar as tendências no gráfico, assim como os melhores momentos para comprar e vender.

A análise fundamentalista de ações

A análise fundamentalista tem como objetivo determinar o valor de um título, levando em conta critérios que interferem no negócio da empresa e as expectativas em relação ao futuro.

Algumas das perguntas mais usadas em relação a esse tipo de análise são:

  • A receita da empresa está em crescimento?
  • O negócio está oferecendo bons lucros?
  • A empresa tem recursos para saldar suas dívidas?
  • A posição na empresa é forte o suficiente para vencer a concorrência no futuro?

A partir das respostas encontradas, o analista pode ou não recomendar o investimento nas ações da empresa.

Vimos o que é scalping e como ele pode ajudar você a alavancar suas aplicações em um prazo bem curto. Para descobrir como aplicar seu dinheiro de forma responsável e segura, não deixe de ler o nosso Guia Completo sobre Consultoria de Investimentos.

Malena Oliveira

Especialista em Finanças Pessoais e membro do Grupo Consultivo de Educação Financeira da Anbima.

leia mais desse autor