Invista agora
a evolução na edução financeira, conheça a Magnetis.

Você sabe o que é stop gain? Descubra aqui como ele funciona!

A bolsa de valores é conhecida pelos altos e baixos das ações negociadas dentro dela, conceito chamado de volatilidade. Mas há mecanismos para proteger quem coloca dinheiro nesses papéis, garantindo mais segurança nas aplicações de renda variável. Um deles é o stop gain.

O stop gain controla a exposição às oscilações no preço das ações. A seguir, confira em mais detalhes o que é stop gain, como essa estratégia funciona e como fazer melhor uso dela.

Quais são os tipos de ordem de compra e venda?

O stop gain é um tipo de ordem de venda. Isso significa que você autoriza uma corretora a realizar a venda de um ativo no seu nome, caso encontre um comprador. Mas a corretora só venderá o ativo (por exemplo, uma ação) a partir de parâmetros definidos por você mesmo. Por exemplo, a quantidade a ser vendida e a que preço.

De forma similar, a ordem de compra é uma autorização para que sua corretora faça a compra de um ativo no seu nome a partir dos parâmetros definidos. Quando a intenção é comprar ou vender uma ação sem definir nenhum limite, você realiza simplesmente uma ordem de mercado.

O que é stop gain?

Quando você compra uma ação, deve determinar qual nível de volatilidade dos preços você pode aceitar. Se você compra uma ação a R$ 50, vai vendê-la quando ela atingir R$ 40? Se ela atingisse R$ 60, você estaria satisfeito com o lucro?

Vamos lembrar que muitos usam as ações como operações de curto prazo, o que requer uma grande disciplina de acompanhamento. Você está disposto a monitorar sua ação a todo minuto? Saberá identificar o momento ideal de venda com tranquilidade? 

O stop gain (ou parada de ganho) surge para quem não tem essa disposição. Ele é uma ordem de venda automática, que ajuda a comercializar certa quantidade de ações a um preço definido anteriormente por você mesmo. 

Você configura uma boleta de venda na sua plataforma de investimento online (também conhecida como home broker) e sai dessa oportunidade com segurança, apenas quando achar que os ganhos já são suficientes.

Como funciona o stop gain?

Vamos supor, por exemplo, que você tenha comprado uma ação a R$ 50, definindo um stop gain de R$ 60. Quando esse papel se valorizar até R$ 60, será comercializado. Caso a ação depois caia para os R$ 50 iniciais ou para um valor ainda mais baixo, você já terá realizado seus lucros.

Mas vale lembrar que o mercado financeiro é dinâmico. Sua ação de R$ 50 pode ter se valorizado e estabilizado em R$ 59. Será que você continuaria vendendo a R$ 60 ou agora está projetando sair quando ela chegar a R$ 70? 

Algumas corretoras oferecem a opção de stop gain em porcentagem. Por exemplo, quando os ganhos forem de 30% em relação à cotação anterior. Avalie com qual das opções de stop gain, absoluta ou relativa, você se sente mais seguro.

Qual é a diferença entre stop gain, stop loss e stop móvel?

O stop loss (ou parada de perda) é uma ordem de venda disparada automaticamente, mas no caso oposto ao do stop gain: quando seu ativo chega ao preço mínimo com o qual você se sente confortável. O stop loss serve para evitar prejuízos descontrolados, encerrando a operação antes que seja tarde demais.

Por exemplo: se você compra uma ação a R$ 50 e não gostaria que ela chegasse a menos de R$ 40, pode colocar uma ordem de stop loss. Você define um preço de disparo de R$ 40,50 e um limite inferior de R$ 40, que é realmente o mínimo que você vai aceitar pelo papel. 

A diferença entre o preço de disparo e o limite inferior permite que a ordem de venda comece a agir antes e tenha tempo para ser executada antes que a ação caia mais do que seu limite inferior. Para realizar o movimento, você deve emitir uma boleta de disparo, e não uma boleta de venda, como no stop gain.

Já o stop móvel permite automatizar seu stop loss quando o preço do seu ativo varia. Você comprou uma ação a R$ 50 e colocou um preço de disparo a R$ 40,50, com limite inferior de R$ 40. Se a ação chegar a R$ 52, o stop móvel permite que o stop loss se ajuste automaticamente. É possível programar que o preço de disparo suba para R$ 41 e o limite inferior suba para R$ 40,50, nesse caso.

Como utilizar o stop gain?

O stop gain é uma estratégia para evitar que um bom momento passe e você deixe de aproveitar a valorização do seu papel.

O mecanismo pode ser configurado no home broker da sua corretora. Na boleta de venda de um ativo negociado na bolsa de valores, provavelmente você verá uma ferramenta chamada stop. É nela que você pode configurar o stop gain. Programe-o durante o pregão da bolsa de valores, para ter certeza de que sua ordem foi validada. Também é possível colocar uma data de validade para o stop gain.

Para usar o stop gain, vale a pena ter alguns cuidados. Primeiro, faça um estudo sobre o potencial de valorização ou desvalorização da ação que você comprar. Coloque um stop gain realista para esse papel, com base em valorizações possíveis. Pense também na liquidez. Ou seja: quão fácil será vender a ação caso você precise? 

Analise ainda a variação de preço que você estaria disposto a sofrer, conhecendo seu perfil de risco. Isso é importante porque, geralmente, aplicações sofisticadas apresentam mais volatilidade em troca da chance de maiores rendimentos.

O stop gain é uma ordem de venda que pode proteger quem está na bolsa de valores, permitindo aproveitar oportunidades de atingir o lucro desejado sem precisar olhar suas ações a todo momento. Tendo atenção a todos os cuidados, trata-se de uma estratégia de segurança eficaz em um volátil mercado financeiro. Agora que você já entendeu o que é stop gain, aprofunde seus conhecimentos com nosso Guia sobre consultoria de investimentos. Boas escolhas!

Mariana Congo

Mari Congo tem paixão por explicar coisas difíceis de forma fácil. É jornalista, educadora financeira, especialista em finanças pessoais e investimentos e gerente de comunicação na Magnetis.

leia mais desse autor